12ª Primavera dos Museus tem programação gratuita em São Paulo

É a chance conhecer a Pinacoteca do Estado de São Paulo!
Até
23
de setembro 2018
Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Diversos horários

Cidade

Mais de 50 instituições participam com atividades especiais

Com o objetivo de democratizar a cultura, no dia 17 de setembro começa a 12ª edição da Primavera dos Museus. O tema deste ano é “Celebrando a Educação em Museus”, e a programação busca estimular mais pessoas a frequentarem estes espaços. Até o dia 23 deste mês, mais de 50 instituições paulistanas oferecem diversas atividades especiais, a maioria gratuita.

Crédito: Isabella MatheusPinacoteca de São Paulo

Sendo o museu um local para preservação da memória e para a construção de um patrimônio social, a ideia do evento é fortalecer a cidadania e as noções de pertencimento e identidade, contribuindo para o respeito à diversidade. E celebrar os 200 anos da criação do primeiro museu no Brasil e 60 anos do primeiro documento que tratou do papel educativo dos museus, a Declaração do Rio de Janeiro.

Destaques da programação

No MIS – Museu da Imagem e do Som (Avenida Europa, 158), no dia 23, das 10h às 17h, a equipe do educativo organiza uma maratona infantil, com atividades culturais e lúdicas voltadas para as crianças e suas famílias. Atualmente, está em cartaz na instituição a exposição “Hitchcock – Bastidores do Suspense”.

Cena clássica de
Crédito: reproduçãoA icônica cena gravada em sete dias de "Psicose"
A icônica cena gravada em sete dias de
Crédito: reproduçãoA icônica cena gravada em sete dias de "Psicose"
Uma oportuna troca de identidades em
Crédito: reproduçãoUma oportuna troca de identidades em "Pacto Sinistro"
Filme
Crédito: reproduçãoFilme "Um corpo que cai", de Alfred Hitchcock
Uma oportuna troca de identidades em
Crédito: reproduçãoUma oportuna troca de identidades em "Pacto Sinistro"
O clássico
Crédito: reproduçãoO clássico "Os Pássaros"
Cena clássica de
Crédito: reprodução"Janela Indiscreta", de Alfred Hitchcock
A clássica perseguição de avião em
Crédito: reproduçãoA clássica perseguição de avião em "Intriga Internacional"
A clássica perseguição de avião em
Crédito: reproduçãoA clássica perseguição de avião em "Intriga Internacional"
Filme
Crédito: reproduçãoFilme "Frenesi", de Alfred Hitchcock
Filme
Crédito: reproduçãoFilme "Frenesi", de Alfred Hitchcock
Festim Diabólico e o desafio de um filme todo em plano sequência
Crédito: reproduçãoFestim Diabólico e o desafio de um filme todo em plano sequência
Festim Diabólico e o desafio de um filme todo em plano sequência
Crédito: reproduçãoFestim Diabólico e o desafio de um filme todo em plano sequência
Disque M para Matar, única experiência 3D de Alfred Hitchcock
Crédito: reproduçãoDisque M para Matar, única experiência 3D de Alfred Hitchcock
Disque M para Matar, única experiência 3D de Alfred Hitchcock
Crédito: reproduçãoDisque M para Matar, única experiência 3D de Alfred Hitchcock
Filme
Crédito: reproduçãoFilme "A Sombra de uma Dúvida", de Alfred Hitchcock
Filme
Crédito: reproduçãoFilme "A Sombra de uma Dúvida", de Alfred Hitchcock

Bem pertinho do MIS fica a Fundação Ema Klabin (Rua Portugal, 43), única Casa-Museu da cidade. Além de ter um lindo jardim, a instituição abriga uma coleção rica e diversa reunida por Ema Gordon Klabin. Atualmente, o local apresenta a exposição “Porcelana Europeia”, composta até por peças trazidas por D. João VI quando chegou ao Brasil. Entre os dias 19 e 23, a entrada é gratuita com visitas educativas a cada uma hora.

O MAC – Museu de Arte Contemporânea da USP (Avenida Pedro Alvares Cabral, 1301) preparou três palestras para esta semana especial. No dia 18, das 9h30 às 11h30, o tema é “Arte contemporânea e literatura infantil”. Já no dia 19, das 14h30 às 16h30, a discussão é sobre as artistas mulheres no acervo do MAC. Por fim, no dia 21, das 10h às 12h, o debate é voltado aos profissionais da saúde, educadores sociais e assistentes sociais: Arte e Saúde no Museu: a experiência do Programa Viva Arte! do educativo do MAC USP.

Obra Cortina de Vento
Crédito: Marcelo Arruda - Divulgação - MAMObra “Cortina de Vento”, de Rodrigo Matheus , está na exposição “MAM 70: MAM e MAC USP”

O MAM – Museu de Arte Moderna (Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n° – Parque Ibirapuera – Portão 3), praticamente em frente ao MAC, também participa do evento. No dia 18, oferece visita mediada com experiência poética para a exposição “O Museu e a Escola com Gregório Sanches” (das 10h30 às 12h30) e no dia 19, para a “Educação em Deslocamentos com Fernanda Zardo”, das 13h30 às 15h30. Além disso, no dia 20, a partir das 10h, o museu recebe o lançamento do livro “Educação e Acessibilidade: Experiências do MAM”, seguido por um bate-papo.

Na Pinacoteca (Praça da Luz, s/n°) estão programadas visitas mediadas à exposição “Mulheres radicais: arte latino-americana 1960 – 1985”. Nos dias 17, 19, 20 e 21 elas acontecem às 16h30, no dia 23, às 10h30 e às 15h. Já no dia 22, a visita é ao acervo da instituição, com o tema “Arte no Brasil: uma história na Pinacoteca de São Paulo”, a partir das 14h30.

"Edita (la del plumero), Panamá" por Sandra Eleta
Crédito: Sandra Eleta “Edita (la del plumero), Panamá” por Sandra Eleta, integra exposição Mulheres Radicais

Ainda no centrão, o Museu de Arte Sacra promove no Teatro de Contêiner Mungunzá (Rua dos Gusmões, 43) no dia 21, às 19h, a exibição de curtas produzidos no território Luz Bom Retiro, seguida por um um debate sobre o papel social dos museus na contemporaneidade. Já no dia 22, às 15h, a instituição localizada na Avenida Tiradentes, 676 oferece uma oficina de estamparia para crianças.

Confira a programação completa aqui.

Compartilhe:

Autor: Por: Redação