Imagem do Topo

155 filmes nacionais são exibidos de graça no telão do CCBB

Mostra do Filme Livre chega à sua 18ª edição como a maior mostra de cinema independente brasileiro

Por: Redação Comunicar erro
Até
22
de abril 2019
Segunda - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
De quarta a segunda, em diversos horários

Conhecida por evidenciar a produção independente, a “Mostra do Filme Livre” apresenta filmes nacionais feitos sem verbas públicas ou sem grandes patrocínios, e de viés mais autoral, além de ser a pioneira na exibição de filmes de diferentes formatos, gêneros, durações e épocas.

sessão de cinema da mostra do filme livre em 2018
Crédito: Diego Urbaneja“Mostra do Filme Livre” apresenta filmes nacionais feitos sem verbas públicas ou sem grandes patrocínios, e de viés mais autoral, além de ser a pioneira na exibição de filmes de diferentes formatos, gêneros, durações e épocas

Em 2019, a Mostra do Filme Livre celebra sua “maioridade” e exibe 155 filmes de todo o Brasil. Nesta edição o evento vai promover, além de centenas de sessões, diversas atividades, como debates, cursos e oficinas de cinema.

Sessões como a Mostrinha Livre, com filmes feitos por crianças e para as crianças, Caminhos, com filmes de escola e Biografemas, com filmes sobre outros artistas farão parte da mostra, assim como os Panoramas Livres e os Longas Livres, estas últimas, competitivas.

Os homenageados desta edição da Mostra do Filme Livre são: o cineasta mineiro Sylvio Lanna, e o jornalista e superoitista pernambucano Geneton Moraes Neto – nove de seus filmes restaurados pela Cinemateca Pernambucana, realizados entre 1973 e 1983, são exibidos na Mostra. A programação também conta com o Especial Júlio Bressane, exibindo seus dois trabalhos mais recentes: “Sedução da Carne” e “Nietzsche Sils Maria“.

Para curtir o que tem de mais efervescente na cena autoral do cinema nacional, basta ir ao CCBB SP de quarta a segunda, até 22 de abril, último dia da mostra. A entrada é gratuita e a programação dos filmes pode ser conferida aqui.