Apolo Torres comemora 10 anos de carreira com exposição Janelas

Estética de Apolo Torres transita entre o expressivo e o realista
Até
21
de julho 2018
Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado
Terças, Quartas, Quintas e Sextas das 11:00 às 20:00 Sábados das 11:00 às 18:00
array(3) { ["address"]=> string(67) "Rua Peixoto Gomide, 1887 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, Brasil" ["lat"]=> string(11) "-23.5679299" ["lng"]=> string(19) "-46.664036399999986" }

Luis Maluf Art Gallery

Rua Peixoto Gomide, 1887 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, Brasil

Galeria

O muralista e pintor paulista Apolo Torres comemora os 10 anos de trajetória artística – desde sua primeira mostra individual – com a exposição “Janelas”, em cartaz na Luis Maluf Art Gallery, entre 21 de junho e 21 de julho.

A oitava mostra individual do artista marca a reabertura da galeria, que ficou fechada durante um período para uma reforma de adequação do espaço ao padrão internacional de museus. A visitação acontece de terça a sexta, das 11h às 20h, e aos sábados, das 11h às 18h, com entrada Catraca Livre.

Janelas é a oitava exposição individual de Apolo Torres
Crédito: DivulgaçãoJanelas é a oitava exposição individual de Apolo Torres
Além de pintor, Apolo Torres também é muralista
Crédito: DivulgaçãoAlém de pintor, Apolo Torres também é muralista
Estética de Apolo Torres transita entre o expressivo e o realista
Crédito: DivulgaçãoEstética de Apolo Torres transita entre o expressivo e o realista
Há murais de Apolo Torres nos Estados Unidos, Finlândia e Itália
Crédito: DivulgaçãoHá murais de Apolo Torres nos Estados Unidos, Finlândia e Itália

A mostra reúne uma série de pinturas inéditas, todas em óleo sobre tela, que o artista vem desenvolvendo desde o começo de ano. As obras e o próprio espaço da galeria são divididos em dois cenários.

O primeiro apresenta quadros com expressividade incorporada no interior. A sala tem paredes escuras para representar a penumbra e um feixe de luz de fora para dentro.

O segundo ambiente representa paisagens externas, com luz ampla e paredes brancas. As pinturas nesse lugar retratam horizontes e elementos urbanos. Na passagem entre as duas salas, há uma grande janela para marcar a mudança de atmosfera nas obras.

Apolo Torres tem seu trabalho reconhecido internacionalmente. Ele já participou de vários festivais, teve seus trabalhos exibidos em 16 mostras coletivas e pintou murais em países como Finlândia, Itália e Estados Unidos. Seu estilo de pintura transita entre o expressivo e o realista.

  • Mais exposição:

Exposição ‘Hiperurânio’ exibe fotos inspiradas em obra de Platão

Compartilhe:

Autor: Por: Redação