Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

Belas Artes à La Carte exibe filmes suíços na mostra ‘Volta ao Mundo’

Plataforma de streaming inaugura projeto que destaca a cinematografia de vários países ao redor do planeta. Saiba tudo:

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Até 19 de maio de 2021

Todos os dias

24h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados

Ah, cinéfiles, vocês vão simplesmente pirar nessa novidade anunciada pelo Belas Artes à La Carte. A plataforma de streaming de um dos cinemas mais amados de SP inaugura o projeto “Volta ao Mundo”, uma série de mostras com filmões de vários países espalhados pelo globo!

Mostra Volta ao Mundo - O Último a Rir - Belas Artes À La Carte
Crédito: DivulgaçãoA mostra “Volta ao Mundo” exibe dois filmes raros de Alain Tanner, incluindo “O Último a Rir” (1969)

Ou seja, você tem a chance de garimpar verdadeiras pérolas! E a Suíça foi a nação escolhida para estrear essa iniciativa em grande estilo. O evento é realizado em parceria com a Swiss Film Foundation.

De 6 a 19 de maio, você assiste a oito longas-metragens raros – alguns deles até inéditos no Brasil – nesta plataforma. Para conferir tudinho, é preciso assinar o serviço por R$9,90 ao mês ou R$108,90 ao ano.

Entre os destaques da mostra “Volta ao Mundo”, estão os dois últimos filmes dirigidos pelo consagrado Alain Tanner. Em “O Último a Rir” (1969), o brilhante homem de negócios Carles Dé, neto do fundador de uma relojoeira que está prestes a completar 100 anos, foge de casa. Os seus únicos cúmplices são a filha e um casal que o encontrou por acaso.

Crédito: Divulgação“Na Cidade Branca”, de Alain Tanner, acompanha as perambulações de engenheiro naval suíço em Lisboa

O outro é o drama “Na Cidade Branca” (1983), que acompanha Paul, engenheiro em um navio cargueiro. Ele desembarca em Lisboa sem uma razão específica e se hospeda em um quarto de hotel qualquer.

Durante sua estadia, enquanto experimenta um grande vazio existencial, Paul vagueia pelas ruas da cidade, faz filmes com sua câmera Super-8 e manda as imagens para sua esposa na Suíça. Em um desses passeios, ele conhece Rosa, por quem logo se apaixona.

Mostra Volta ao Mundo - O Caminho para Moscou
Crédito: DivulgaçãoComédia “O Caminho para Moscou” trata de um difícil período de controle ideológico na Suíça

Para quem ama uma boa comédia, a dica é “O Caminho para Moscou” (2020), de Micha Lewinsky, sobre um escândalo que aconteceu na Suíça em 1989, quando mais de 900 mil pessoas foram monitoradas pelo estado por conta de suas convicções políticas.

Nesse contexto, o zeloso policial Viktor Schuler é enviado ao tradicional teatro Schauspielhaus de Zurique para observar a cena teatral de esquerda. Logo ele se apaixona pela atriz Odile, a quem deveria monitorar. E, então, deve escolher entre sua missão e seu coração.

Espacate - Mostra Volta ao Mundo
Crédito: Divulgação“Espacate”, de Christian Johannes Koch, é outro destaque da mostra “Volta ao Mundo”, do Belas Artes à La Carte

Já no drama “Espacate” (2020), de Christian Johannes Koch, a professora Marina, de 40 e poucos anos, leva uma vida aparentemente tranquila com o marido e a filha em uma cidadezinha na área rual da Suíça. Mas, na verdade, ela tem um caso secreto com Artem, pai de uma de suas alunas, que vive ilegalmente no país.

A mostra “Volta ao Mundo” ainda conta com os filmes “Love me Tender” (2020), de Klaudia Reynicke; “Deserto” (2019), de Frédéric Choffat e Julie Gilbert; e “Sturm” (2020), de Oliver Rihs.

Olha estas outras dicas para curtir em casa:

Compartilhe: