Últimas notícias:

Loading...

Partiu Carnaval de Rua? Blocos de SP lutam para desfilar no feriado

O desfile das Escolas de Samba já está marcado para os dias 22 e 23 de abril, mas a prefeitura não autorizou o Carnaval de Rua. Saiba tudo:

Por: Redação

“Eu quero é botar meu bloco na rua! Brincar, botar pra gemer”, diz a famosa canção de Sérgio Sampaio, que traduz bem a situação de adiamento do Carnaval de Rua no meio da pandemia de Covid-19.

Embora o desfile das Escolas de Samba no Anhembi tenha sido adiado para o feriado prolongado de Tiradentes, nos dias 22 e 23 de abril, a Prefeitura de São Paulo não liberou a festa nas ruas da capital.

Carnaval de Rua
Crédito: Edson Lopes Jr / Prefeitura de São PauloO Carnaval de rua quer desfilar no feriado de Tiradentes!

E, na última segunda-feira, dia 4, de acordo com uma matéria publicada pelo site G1, seis entidades que representam 85% dos blocos da cidade tornaram pública uma carta denominada “Carnaval de Rua Livre com Diversidade e Democracia”, que reivindica o direito de retomar a folia nos dias de feriado.

O principal argumento exposto pelo documento é que muitos outros eventos e festivais de música estão acontecendo na capital com o aval do Poder Público.

O documento ainda diz que nos últimos dois anos os blocos cumpriram com sua responsabilidade coletiva e respeitaram a necessidade de evitar aglomerações para conter o avanço do Coronavírus.

“Quando a humanidade inventou a rua, o carnaval já existia. É mais antigo do que a República Brasileira, mais antigo que a Constituição Federal. Carnaval é tradição na Cultura Popular. Ele torna reais direitos necessários para a existência humana: direito à liberdade, direito à cidade, direito à democracia, direito à folia, direito à alegria, ao prazer…direito à vida”, argumentam as entidades na carta.

Ainda segundo a matéria do G1, a Prefeitura alega que espera que as entidades carnavalescas respeitem a decisão anterior de cancelar o Carnaval de rua, porque a medida foi adotada, a partir dos dados apresentados pela Vigilância Sanitária, para não colocar as pessoas em risco desnecessário.

E, aí? Qual é a sua opinião sobre essa questão?

Leia aqui a matéria completa feita pelo portal G1

Dá uma olhada nestes outros rolês diversos e incríveis:

?>