CCJ recebe programação ‘África em Nós: Memórias e Culturas Africanas’

Por: Catraca Livre

No mês de junho, o projeto Terça Afro aborda o tema da herança africano que é de África dentro de nós , em formas de relações, posicionamento da comunidade negra e  algumas culturas do território africano. Dessa forma a temática aborda desde a musica moderna a cultura tradicional, ancestralidade e diáspora. Convidamos a todos para uma participação a partir de cheiros, poesia, corporeidade e ritmos.

Ba Kimbuta

O artista se identifica com a luta e mergulha de corpo e alma no movimento hip-hop, e logo funda a banda Uafro, onde atua como vocalista e compositor. Na sua história de resistência mantêm sua ancestralidade como foco de emancipação do povo negro e, vem levantar as questões de como o negro vem se afirmando e se (re)conhecendo através da musica numa troca de ideia sobre o Rap e o Afrocentrismo nessa construção.Dia 03/06 às 19h no CCJ.

Kiusam de Oliveira

Escritora, Doutora em Educação e Mestre em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Especialista em Educação Especial. Arte-educadora – bailarina, coreógrafa e contadora de histórias.

“Entre a cabaça e a água: A energia feminina na corporeidade ancestral africana”
Uma reflexão sobre os efeitos da literatura em suas diversas formas e estilos nas vidas de crianças, jovens e adultos é um caminho fértil para compreender comportamentos frente a diversidade. O intuito desta atividade é compartilhar mitos iorubanos e pensar na presença feminina e posturas focando na construção de identidades negras. O corpo é meio e fim para que tais conhecimentos sejam apreendidos e para que a corporeidade negra ganhe contorno, destaque e aflore. Dia 10, às 19h, no CCJ.

Michel Yakini

Escritor, arte-educador e produtor cultural. Publicou “Acorde um verso”. Co-fundador do Coletivo Literário Sarau Elo da Corrente e atuante no movimento de literatura das periferias de São Paulo, representante Regional da Fundação Cultural Palmares em SP e colunista do Jornal Brasil de Fato (versão online).  O autor traz literatura como forma de afirmação de identidade negra em suas mais diferentes dimensões. Para este encontro, tornaremos possível ao público não apenas dialogar com esta importante figura do atual cenário cultural de São Paulo, bem como também a chance de compartilharmos com ele da oficina “cheiro das palavras”, levando-nos por um caminho que vise explorar nossos sentidos. Dia 18, às 19h, no CCJ.

Ballet Afro Koteban

O grupo apresentará em uma conversa musicada o trabalho de pesquisa do Ballet Afro Koteban que tem como foco a religação com a cultura africana a partir do povo Mandingue, proporcionando uma leitura real desse povo e de sua cultura.

A cultura Mandingue, que serve de referência para o Koteban, se refere a cinco países: Guiné, Mali, Senegal, Burquina Faso, Costa do Marfim. Dia 24, às 19h, no CCJ.

Compartilhe:

1
Ópera do Arame: símbolo emblemático de Curitiba
Entre lagos, vegetação típica e cascatas, numa paisagem singular, está a Ópera do Arame. Colaí que eu vou te contar porque …
2
Cisne Branco: Espaço cultural flutuante em Porto Alegre
Verdadeiro ícone de Porto Alegre, o barco Cisne Branco é referência quando se fala de rolê flutuante! Colaí pra navegar nessas …
3
As obras de Niemeyer espalhadas por BH
Você sabia que há várias obras de Niemeyer espalhadas por BH? Colaí que eu vou mostrar pra você!
4
Poço da Panela: um roteiro imperdível e relax no Recife
Pensando em roteiros diferentes e alternativos para curtir o Recife? Que tal conhecer o histórico bairro do Poço da Panela? …
5
O melhor acarajé de BH é na Feira Hippie
A Feira Hippie é a maior feira da América Latina! Lá você encontra de tudo, inclusive, o melhor acarajé de …
6
Um pulo na ponta do Humaitá e no Forte de Monte Serrat, em Salvador
Um dos lugares mais charmosos de Salvador, com privilegiada vista da Baía de Todos os Santos e um pôr de …
7
Teatro Oficina Uzyna Uzona: patrimônio vivo em SP
Que tal conhecer o grupo de teatro mais antigo e em atividade do Brasil? Sessentona, a Companhia Teatro Oficina Uzyna Uzona …
8
Confeitaria Colombo: gastronomia certa no Rio de Janeiro
Um combo perfeito de arquitetura, decoração e gastronomia, tem um nome: Confeitaria Colombo. Colaí que vamos te mostrar este rolé inesquecível!