Cine Odeon: cinema para quem AMA cinema!

Um dos poucos cinemas de rua do Rio, o Odeon traz nostalgia pra quem assiste uma sessão em sua sala luxuosa - até lanterninha lá tem!

Por: Publi
Todos os dias
Sessões entre às 13h e 21h

Inaugurado em 1926, o Cine Odeon faz parte da memória cultural e afetiva do Rio de Janeiro e representa uma época em que o cinema e o centro da cidade se confundiam e se completavam.

O cinema de rua se baseia no encontro de estéticas que caracteriza a história dele próprio, que atravessou os anos, se renovou, inovou, criou e absorveu influências, além de oferecer ao público uma sensação constante de resgate histórico, cultural e afetivo.

fachada do cine odeon com letreiro luminoso
Crédito: DivulgaçãoEm sua inauguração, em 1926, o filme exibido no Odeon foi “Amor de Príncipe” e na reinauguração, em 2015, “O vendedor de Passados”

E isso pode ser visto logo na fachada do Odeon, que tem referências do período Art Déco em DNA mas também se comunica com as novas tecnologias. É a perfeita combinação da tradição do passado, sem perder a capacidade de dialogar com o presente.

Com seus noventão, o cinema é um dos últimos cinemas de rua da cidade do Rio de Janeiro, sendo pioneiro e único do polo cinematográfico criado na Cinelândia ainda em atividade.

Em 2015, o espaço passou por uma reformulação e reabriu sob novo nome: Odeon Centro Cultural Severiano Ribeiro (mas a gente ainda prefere Cine Odeon). Com isso, além de filmes, passou a oferecer mostras, exposições, eventos musicais, cursos, espetáculos, palestras e eventos diversos ligados à cultura.

A reforma do espaço incluiu a restauração da fachada e do interior, respeitando o projeto arquitetônico original, além de uma revisão geral dos sistemas hidráulico e elétrico, e da recuperação do revestimento interior.

pilares dentro da sala de cinema do cine odeon
Crédito: DivulgaçãoA principal referência da arquitetura do cinema é a Art Déco

A revitalização do Cine Odeon também trouxe uma telona nova pra sala de cinema e a implementação de um novo equipamento de projeção digital e de som. O letreiro também foi recuperado, assim como o lustre do interior.

Pra manter o charme do século passado (com pitadas de tecnologia), o Cine Odeon trouxe de volta os lanterninhas – aqueles profissionais que auxiliavam o público nas sessões dos antigos cinemas, que a gente – coincidentemente – costuma ver nos filmes.

Os novos lanterninhas do cinema de rua usam uniformes inspirados no que era usado na época da inauguração, lá em 1926. O que dá uma ar ainda mais nostálgico para a sessão. Imagina só?

O espaço conta também com uma loja de uma cafeteria famosa aí, que a galera pede pra escrever o nome no copo. Mas se o seu forte é a pipoca mesmo, fica tranquilão que lá tem um snack bar com tudo que um cinema precisa para matar a fome – ou a vontade de comer – durante as sessões.

sala de cinema do cine odeon
Crédito: DivulgaçãoTodo luxuoso, o espaço tem até lanterninhas para auxiliar quem vai assistir um filminho por lá!

Na programação, o Cine Odeon recebe alguns dos principais festivais e mostras de cinema da cidade, como Festival Anima Mundi, Festival Varilux de Cinema Francês e o Festival do Rio. Lá é a casa também de uma programação diversificada de mostras, retrospectivas e cineclubes, combinando com harmonia o cinema de arte e os grandes lançamentos comerciais em um só espaço.

Pra ficar de olho em tudo que tá rolando no espaço, clica aqui e confira mais detalhes no site do Odeon, assim como o valor do ingresso e o que está em cartaz por lá.

Vale lembrar que o cinema fica aberto todos os dias, das 13h e 21h, e a entrada para dar uma olhadinha em toda aquela arquitetura belíssima, é gratuita! Legal, né? Só não esquece de chamar seu 99 para ir até lá!

Quer mais dicas legais para explorar o Rio? Seus problemas acabaram: fica de olho aqui na Catraca Livre, que a gente tem roteiros incríveis para você colar com o seu 99, que garante a dupla imbatível preço e qualidade!

Rio pra voltar no tempo:

1
Almoço perfeito em BH no Mercado Novo
Que a comida mineira é uma delícia, todo mundo já sabe, mas almoço perfeito mesmo, é no Mercado Novo de …
2
Bar da Laje: a melhor vista do Rio de Janeiro
Colaí que hoje o passeio é lá no alto! Vamos subir o Morro do Vidigal para conferir tudo sobre o …
3
Ópera do Arame: símbolo emblemático de Curitiba
Entre lagos, vegetação típica e cascatas, numa paisagem singular, está a Ópera do Arame. Colaí que eu vou te contar porque …
4
Cisne Branco: Espaço cultural flutuante em Porto Alegre
Verdadeiro ícone de Porto Alegre, o barco Cisne Branco é referência quando se fala de rolê flutuante! Colaí pra navegar nessas …
5
As obras de Niemeyer espalhadas por BH
Você sabia que há várias obras de Niemeyer espalhadas por BH? Colaí que eu vou mostrar pra você!
6
Poço da Panela: um roteiro imperdível e relax no Recife
Pensando em roteiros diferentes e alternativos para curtir o Recife? Que tal conhecer o histórico bairro do Poço da Panela? …
7
O melhor acarajé de BH é na Feira Hippie
A Feira Hippie é a maior feira da América Latina! Lá você encontra de tudo, inclusive, o melhor acarajé de …
8
Um pulo na ponta do Humaitá e no Forte de Monte Serrat, em Salvador
Um dos lugares mais charmosos de Salvador, com privilegiada vista da Baía de Todos os Santos e um pôr de …