Com Chris Couto, peça ‘A Milionária’ tem duas temporadas grátis

Clássico do irlandês Bernard Shaw narra história de jovem que tem um casamento infeliz e precisa passar por um desafio para casar com quem realmente ama

Por: Redação
Até
23
de setembro 2018
Domingo - Sexta - Sábado
Às sextas e sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h.

O que você faria para se casar com seu amado? A protagonista da peça A Milionária, do dramaturgo irlandês Bernard Shaw (1856-1950), vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, tem que passar por um enorme desafio para conquistar a mão de seu pretendente. O clássico ganha uma nova versão do Círculo de Atores, com direção de Thiago Ledier, que estreia no dia 3 de agosto, no Teatro Cacilda Becker (rua Tito, 295, Lapa), na zona oeste de São Paulo.

A montagem segue em cartaz nesse espaço até o dia 26, com sessões às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h. Em seguida, o espetáculo ganha uma nova temporada no Teatro João Caetano (rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino), na zona sul, entre 31 de agosto e 23 de setembro, com apresentações nesse mesmo horário. A entrada é gratuita em ambos os espaços, com distribuição de ingressos uma hora antes na bilheteria.

Chris Couto e Guilherme Gorski
"A Milionária", de Bernard Shaw, estreia no Teatro Cacilda BeckerRonaldo Gutierrez - divulgação
Sergio Mastropasqua e Chris Couto
"A Milionária", de Bernard Shaw, é uma reflexão sobre poder e dinheirRonaldo Gutierrez - divulgação
Luti Angelelli e Guilherme Gorski
Bernad Shaw foi o único a receber o Nobel de Literatura e o Oscar Ronaldo Gutierrez - divulgação
Chris Couto e Caetano O'Maihlan
Bernard Shaw escreveu 60 peças de teatroRonaldo Gutierrez - divulgação
Priscilla Olyva e Guilherme Gorski
Bernard Shaw é um dos mais importantes dramaturgos da lingua inglesaRonaldo Gutierrez - divulgação
Priscilla Olyva, Guilherme Gorski e Sergio Mastropasqua
"A Milionária" reestreia no Teatro João Caetano no dia 31 de agostoRonaldo Gutierrez - divulgação

A encenação narra a história de Epifânia, que foi obrigada a se casar com um homem de quem ela não gostava pelo seu falecido pai – pelo qual ela tinha uma paixão edipiana. O pretendente da moça conquistou a mão dela depois de vencer um desafio proposto pelo sogro: transformar uma quantia razoável doada pelo velho em uma fortuna em até seis meses. Para tal, o marido fez manobras financeiras e produziu uma peça de teatro.

Certo dia, Epifânia se apaixona por um médico mulçumano, filho de uma simples lavadeira, mas, ironicamente, ela só poderá se casar com ele depois de vencer um desafio proposto pela futura sogra. Ela receberá uma quantia miserável e terá que sobreviver apenas por meio de seu trabalho durante seis meses.

Escrita nos anos de 1930, a comédia cria uma reflexão sobre poder e dinheiro, concentração de renda e os direitos do trabalhador. O elenco conta com a participação de Chris Couto, Cy Teixeira, Priscilla Olyva, Alexandre Meirelles, Caetano O’Maihlan, Guilherme Gorski, Luti Angelelli, Thiago Carreira e Sergio Mastropasqua.

Sobre Bernard Shaw

Considerado um dos mais importantes dramaturgos da língua inglesa, o irlandês George Bernard Shaw (1856-1950) escreveu 60 peças, como “Pigmalião”, “Cândida”, “César e Cleópatra”, “O Dilema do Médico”, “O Homem do Destino”, “Volta a Matusalém” e “A Profissão da Sra. Warren”. Ao longo de sua carreira, também trabalhou como jornalista, romancista, crítico de música e teatral e ensaísta.

Ele foi a única pessoa no mundo a receber o Nobel de Literatura, por “Santa Joana”(1925), e o Oscar de melhor roteiro, por “Pigmaleão” (1939). Além disso, fundou a Sociedade Fabiana, o Partido Trabalhista inglês e a London School of Economics, até hoje um dos mais prestigiados centros de ensino do mundo.

1
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
2
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
3
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
4
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não? Colaí …
5
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada! Colaí que eu tenho as …
6
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …
7
Uma voltinha no Mercado Público de Porto Alegre
Mais do que um ponto turístico, o Mercado Público de Porto Alegre concentra consumo, crença, cultura e tradição no centro …
8
3 jóias gastronômicas antigas de São Paulo
Afinal, panela velha é a que faz comida boa? Se depender da Casa Mathilde, da Padaria Santa Tereza e do …