Últimas notícias:

Loading...

De Volta! Teatro Copacabana Palace reabre ao público depois de 27 anos

Espaço, que já recebeu trabalhos de feras como Fernanda Montenegro, Paulo Autran e Marieta Severo, foi todo reformado e recebe a estreia de um musical

Por: Redação

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Fechado desde 1994, o icônico Teatro Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, encerra essa longa espera e se prepara para receber novamente o público. A reabertura está prevista para novembro. Que felicidade para os fãs de artes!

O espaço passou por um intenso processo de revitalização, comandado pelo arquiteto Ivan Rezende. O projeto buscou resgatar a história do hotel, sem deixar de adicionar elementos contemporâneos. E logo em dezembro vai rolar uma programação especial.

Teatro Copacabana Palace
Crédito: Divulgação - site oficial da Belmond/Copacabana PalaceTeatro Copacabana Palace fica em um dos hotéis mais famosos do Brasil!

Os primeiros a pisar nesse palco tão tradicional são os artistas de “Copacabana Palace – O Musical”, direção de Gustavo Wabner e Sergio Módena. O espetáculo, com dramaturgia de Vera Novello, Ana Velloso e Luis Erlanger, é um passeio pelas histórias curiosas e marcantes do hotel que abriga o teatro.

Inaugurado em 1923, o Copacabana Palace é um dos hotéis mais famosos do Rio de Janeiro e até do Brasil. É conhecido por abrigar artistas nacionais e internacionais em sua visita à Cidade Maravilhosa, além de promover eventos badalados, como o Baile do Copa e a festa de Réveillon – com vista privilegiada para a praia.

A nova sala de espetáculos contará com 332 lugares, distribuídos entre plateia, balcão, frisas e seis camarotes. As reformas, iniciadas em 2018, tornaram o espaço mais acessível, com elevadores, rota para cadeirantes e poltronas para pessoas obesas.

Um pouquinho mais de história

O Teatro Copacabana foi inaugurado em 1949, e por ele passaram feras da dramaturgia brasileira, como Fernanda Montenegro, Paulo Autran, Renata Sorrah, Tônia Carrero e Marieta Severo, além de companhias renomadas como o Teatro Brasileiro de Comédia e a Cia. Maria Della Costa.

Em 1953, a sala foi tomada por um enorme incêndio, reabrindo as portas no ano seguinte com a temporada de “Diálogos das Carmelitas”. O espaço esteve fechado desde 1994, após o término do espetáculo “Desejo”, com Vera Ficher.

Com informações da CASACOR, clique aqui para ler a matéria original.

Quer mais dicas de lugares para curtir no RJ? Toma:

Compartilhe:

Tags: #Teatro