Deborah Colker faz temporada popular de ‘O Cão Sem Plumas’

Espetáculo premiado será apresentado em dois finais de semana no Teatro Carlos Gomes

Por: Karen Fideles
Até
15
de julho 2018
Domingo - Quinta - Sexta - Sábado
Quinta e sextas, às 20h. Sábados e domingos, às 18h.

De volta para casa depois de ganhar na Rússia o prêmio Benois de La Danse, considerado o Oscar da dança contemporânea, a Cia. Deborah Colker volta ao palco do Teatro Carlos Gomes para curtíssima temporada popular do espetáculo “Cão Sem Plumas”. As apresentações acontecem nos dias 6, 7, 8, 12, 13, 14 e 15 de julho, e o ingresso para assistir na plateia custa R$ 40 e R$ 20 (meia). Corre!

Espetáculo 'Cão Sem Plumas', da Cia. Deborah Colker
Cia. Deborah Colker sobe ao palco do Teatro Municipal Carlos Gomes com o espetáculo premiado 'Cão Sem Plumas'Facebook/@ciadeborahcolker
Espetáculo 'Cão Sem Plumas', da Cia. Deborah Colker
Coreografia inspirada em poema de João Cabral de Melo Neto retrata a vida nas margens do Rio Capibaribe, em PernambucoFacebook/@ciadeborahcolker
Espetáculo 'Cão Sem Plumas', da Cia. Deborah Colker
Maracatu, coco, samba, e jongo e kuduro são alguns ritmos que inspiram os passos dos 13 bailarinosFacebook/@ciadeborahcolker

Inspirada no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto publicado em 1950, a montagem de 2017 retrata a realidade dos moradores dos entornos do Rio Capibaribe, que corta boa parte do estado de Pernambuco. A vida no mangue, a pobreza da população ribeirinha e o descaso das elites com as pessoas e a natureza são refletidos no espetáculo.

No palco, 13 bailarinos estão cobertos de lama, em alusão às paisagens do poema, e seus passos evocam os caranguejos. Além do maracatu e do coco, outros ritmos, como o samba, o jongo e o kuduro serviram de base para a criação dos movimentos.

Dança e poesia fazem uma simbiose também com o cinema: em cena, trechos de um filme feito por Deborah Colker e pelo diretor pernambucano Cláudio Assis são projetados ao fundo e dialogam com os corpos dos bailarinos. As imagens foram registradas em novembro de 2016, quando coreógrafa, cineasta e toda a companhia viajaram durante 24 dias do limite entre sertão e agreste até Recife.

A Cia. Deborah Colker sobe ao palco com o espetáculo “Cão Sem Plumas” às 20h na quinta e às sextas, e às 18h aos sábados e domingos. Saiba mais e garanta seu lugar!

Compartilhe:

Tags:#Dança
Por: Karen Fideles

Repórter da Agenda no Rio de Janeiro. Jornalista especializada em cultura, enraizada na web e com andanças pelo impresso.

1
5 blocos incríveis para curtir o Carnaval de rua no Rio
Carnaval está aí e é chegada a hora da gente decidir quais blocos nós vamos arrasar as nossas fantasias, confetes, …
2
5 blocos incríveis para curtir o carnaval de rua de SP
O Carnaval está aí! É chegada a hora de escolher os blocos para arrasar na passarela das ruas, ostentando fantasias, …
3
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
4
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
5
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
6
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não?Colaí …
7
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada!Colaí que eu tenho as …
8
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …