‘Ela Entre Nós’: a comédia pop com cenário instagramável

Com visagismo da drag Paulette Pink, peça conta a história de uma mulher em busca de sua verdadeira identidade

Por: Redação

Até 25 de novembro de 2019

Segunda - Sexta - Sábado - Domingo

Às sextas, aos sábados e às segundas, às 21h; e aos domingos, às 19h

R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada)

Com referências do universo pop e visagismo da drag Paulette Pink, a comédia dramática “Ela Entre Nós”, uma criação coletiva livremente inspirada no texto “De Alma Lavada”, de Sergio Roveri, fica em cartaz na SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt – Sala Hilda Hilst, entre 18 de outubro e 25 de novembro.

Dirigida pelo uruguaio Mauro Baptista Vedia, a peça narra uma experiência inusitada e transcendental de uma mulher comum que mora sozinha, o que a obriga a se confrontar com uma série de questões sobre suas escolhas. Durante um relaxante banho de espuma, Simone acidentalmente derruba o secador de cabelos na banheira e toma um choque que a deixa em estado terminal. Nesse exato instante, a alma da protagonista ganha voz, vida e personalidade próprias e completamente diferentes do que foi a sua dona.

Como Simone ainda não morreu, sua alma não pode partir sozinha para uma próxima encarnação, por isso, elas são obrigadas a conviver. A alma, que muitas vezes foi ignorada, faz uma série de questionamentos existenciais sobre o modo de vida de sua dona. Esta, por sua vez, percebe que o que ela acreditava ter um grande glamour, na verdade, só a aprisionava e acaba reencontrando seu verdadeiro ser.

A peça trata de temas como a procura pelo sentido da vida, a fragilidade da existência humana, os sonhos e as desilusões, o conformismo e o desencantamento que vêm com a idade e a iminência da morte. Segundo a atriz e idealizadora do espetáculo Juliana Ferreira, quando a protagonista encontra a alma, passa a questionar o que está fazendo com a própria vida, quais são os seus sonhos e se vale a pena continuar em um relacionamento com um homem que não é mais tão legal. Dividem a cena com ela os atores Felipe de Paula e Luciana Severi.

Na encenação, é como se o público estivesse no apartamento da Simone. Cada cômodo tem uma cor, em uma ambientação que lembra os filmes do cineasta espanhol Pedro Almodóvar dos anos de 1980. Objetos coloridos de decoração – abajures, flores, cadeiras, geladeira antiga, banheira, bolinhas de sabão, poltronas etc. – estão espalhados por esses ambientes e criam atmosfera pop, kitsch e instagramável. Os espectadores podem tirar fotos nesse espaço ao final de cada apresentação.

As apresentações acontecem às sextas, aos sábados e às segundas, às 21h; e aos domingos, às 19h, com ingressos por até R$30. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do espaço. O pagamento pode ser feito no débito ou em dinheiro.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.