ADIADO: Espetáculo sobre vida de Frida Kahlo chega a SP

Devido ao cenário de combate ao COVID-19, o espetáculo foi adiado, sem previsão de retorno. Leia o comunicado oficial:

Por: Redação

“O prefeito em exercício, Eduardo Tuma, a pedido do prefeito Bruno Covas, determinou o cancelamento de todos os eventos promovidos pelo Poder Público que gerem aglomerações de pessoas, tais como eventos esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais. A medida está sendo adotada por tempo indeterminado para prevenir riscos de transmissão direta do Covid-19.

Com base nessa determinação, todos os eventos promovidos pela Secretaria da Cultura, incluindo aqueles que ocorrem em nossos equipamentos culturais serão adiados, por tempo indeterminado, como forma de evitar a aglomeração de pessoas e o risco de disseminação do novo coronavírus. Ressaltamos, porém, que os equipamentos permanecerão abertos e com os horários de funcionamento normais.

Para que não haja prejuízo aos artistas contratados para os eventos,  o Secretário Municipal de Cultura, assinou portaria que possibilita a repactuação de datas e períodos de vigência das contratações artísticas e parcerias. As novas datas serão informadas à população por meio do site e redes sociais da SMC.”

Confira a postagem oficial aqui.

Depois do grande sucesso de público e crítica, com temporada esgotada antes mesmo da estreia, o espetáculo “Frida Kahlo – Viva La Vida” volta a SP em curta temporada no Mês da Mulher!

O espetáculo apresenta a mulher humanizada com suas dores, amores e vontade de vivar la vida. O público encontra no palco uma Frida (1907-1954) sofrida, mas também exultante com o prazer de estar viva: pintar, cozinhar e amar. Além de se divertir com seu próprio humor cáustico.

Christiane Tricerri em Frida Kahlo viva la vida
Crédito: Isadora TricerriTeatro Arthur Azevedo reabre plateia em março
com temporada especial do espetáculo ‘Frida Kahl o – Viva la Vida’

É uma Frida solar, apesar de tudo, vivida pela atriz Christiane Tricerri, que encena o texto do mexicano Humberto Robles sob direção de Cacá Rosset.

Tricerri representa a artista plástica na reta final de sua biografia e ainda oprimida pelos homens célebres que a rodearam, entre eles o pintor Diego Rivera (1886-1957) e o escritor André Breton (1896-1966).

A história se passa no Dia dos Mortos, enquanto Frida Kahlo cozinha para uma festa e espera pelos convidados, alguns falecidos, como o revolucionário Leon Trótski (1879-1940).

A peça revela a insegurança da pintora diante das cobranças para se adaptar aos modelos impostos pelo circuito intelectual de Paris e Nova York.

Christiane Tricerri em Frida Kahlo viva la vida
Crédito: Gal OppidoEspetáculo tem oito sessões gratuitas no Mês da Mulher, nos dias 7, 8, 14, 15, 21, 22, 28 e 29 de março

Christiane, sensível, equilibra melancolia e revolta, levando a personagem a uma trilha em que a alucinação serve de alívio ao sofrimento.

A temporada do espetáculo “Frida Kahlo – Viva la Vida” estreia em 7 de março e segue até o dia 29 do mesmo mês. As sessões são sempre de sábado, às 21h, e domingo, às 19h, todas com entrada gratuita. Para garantir lugar na peça, basta chegar ao local com uma hora de antecedência.

Além de celebrar o Mês da Mulher, as oito sessões do espetáculo marcam a reabertura da plateia do Teatro Arthur Azevedo, que passou por reforma.

Quer mais? Olha só esse espetáculo que está em SP: