Teatro e dança: espetáculos incríveis para curtir online na quarentena

Entre as opções, têm Teatro Oficina, Os Satyros, Grupo Corpo, São Paulo Companhia de Dança e muito mais!

Todos os dias

24h

Para quem está sentindo uma falta danada de ir ao teatro ou assistir uma apresentação de dança na quarentena – ou simplesmente cansou de maratonar séries e filmes -, a Catraca Livre tem uma boa notícia!

Diversos grupos estão disponibilizando programação online. É a chance de ver (ou rever) espetáculos que marcaram a trajetória de vários coletivos.

Entre as opções, têm peças do Teatro Oficina, apresentações do Grupo Corpo e da São Paulo Companhia de Dança, solo do grupo Os Satyros e mais.

Se liga nas dicas e faça a sua agenda!

  • Plataforma Mungunzá Digital

A Companhia Mungunzá de Teatro lançou uma plataforma para agradar todos os amantes dos palcos. Na Mungunzá Digital (acesse aqui a plataforma), o público tem acesso gratuito a diversos conteúdos: espetáculos filmados, trilhas sonoras de peças, shows, documentários e experimentos virtuais em diferentes plataformas.

teatro online

Teatro de Contêiner é a “casa” da Cia Mungunzá de Teatro

Com essa iniciativa, o grupo pretende criar uma espécie de acervo mundial de trabalhos. Além disso, a ideia é estimular o surgimento de novos caminhos para as artes, para além do cenário atual. Até o momento, estão disponíveis as obras da própria companhia, da Cia do Tijolo, do Grupo XIX de Teatro e do Grupo Magiluth.

Mensalmente, a Mungunzá Digital recebe atrações especiais e temáticas, como a Aquilombamento Digital, voltada a depoimentos sobre produções negras.

  • Plataforma Espetáculos Online

Para quem quiser ter acesso a várias opções de peças gratuitas, a dica é a plataforma Espetáculos Online (acesse aqui). Ao acessar o site, basta clicar em “Entrar”, escolher entre teatro adulto ou infantil e navegar à vontade. Tem espetáculos de diversos estilos!

Peça Incêndios, com Marieta Severo teatro e dança quarentena

Crédito: Claudia Ribeiro/ divulgaçãoMarieta Severo é uma das protagonistas da peça “Incêndios,” disponível online

Um dos destaques é “Incêndios”, com direção de Aderbal Freire-Filho e Marieta Severo, Felipe de Carolis, Keli Freitas, Marcio Vito, Kelzy Ecard, Fabianna de Mello e Souza Julio Machado e Isaac Bernat no elenco. Veja o teaser:

O texto é do escritor, ator e diretor libanês-canadense Wajdi Mouawad e já foi adaptado para os cinemas. Na história, Marieta interpreta Narwal Marwan, personagem do Oriente Médio que imigra para o Canadá fugindo da guerra civil em seu país. A mulher deixa em testamento o desejo de que os filhos encontrem, na terra natal, o pai e o irmão ainda desconhecidos para eles.

Navegue pela plataforma e veja – ou reveja – espetáculos de diversos estilos.

  • Espetáculo “Why The Horse?”

A dama dos palcos Maria Alice Vergueiro, falecida em 3 de junho de 2020 e lembrada pelo vídeo “Tapa na Pantera”, encenou seu velório na peça “Why The Horse?”. O espetáculo passou por diversos teatros, inclusive o Oficina. Para matar as saudades, o trabalho está disponível online e na íntegra.

Ela convivia com a doença de Parkinson desde 2000 e resolveu festejar sua carreira de uma maneira diferente. Foram mais de cem apresentações da peça.

  • “Horas em Casa”

Onde assistir: pelo YouTube Eu de Você

Denise Fraga em Horas em Casa

Crédito: DivulgaçãoPeça “Eu de Você” transborda o palco, vira canal e dá origem à websérie

Por causa da pandemia, a atriz Denise Fraga e o diretor Luiz Villaça criaram o canal “Eu de Você”, no YouTube, e lançaram a websérie “Horas em Casa”. Histórias e sentimentos de quarentena atravessam a atriz, expandindo os limites do confinamento e estabelecendo pontes entre pessoas e realidades diversas. A produção é assinada pela Café Royal. As filmagens estão sendo feitas na casa de Denise e de Villaça e o casal está seguindo todos os protocolos impostos pela pandemia.

  • Espetáculo ““Aqueles Dois”

A peça da companhia mineira Luna Lunera aborda a rotina de uma “repartição” – metáfora para qualquer ambiente inóspito e burocrático de trabalho. Nesse contexto, revela-se o desenvolvimento de laços de cumplicidade entre dois de seus novos funcionários, Raul e Saul. Clique aqui para conferir.

espetáculo online "Aqueles Dois"

Crédito: Rodrigo Zeferino/ divulgação“Aqueles Dois” pode ser visto pelo Vimeo

É que “num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra”. No entanto, essa relação acaba gerando incômodo nos demais colegas de profissão. O espetáculo foi criado em 2007 a partir do conto homônimo do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996). Recebeu inúmeras premiações e indicações, inclusive o Prêmio Shell de Teatro SP. Circulou por quase todos os estados brasileiros, América Latina, México e Portugal.

  • Oi Futuro disponibiliza espetáculos adultos

Espetáculos que cumpriram temporada no Oi Futuro têm ficado disponíveis para os fãs de teatro assistirem online. Cada peça é liberada por alguns dias, mas dá para acompanhar tudinho neste link.

Até o dia 21 de junho, o público pode conferir “Os Desajustados”. No bangalô 21 do Beverly Hills Hotel estão hospedados Marilyn Monroe e o dramaturgo Arthur Miller. Depois de um badalado período de paixão, o casal está passando por uma crise conjugal, aparentemente disparada pela urgência de Marilyn em rodar “Os Desajustados” – filme ambicioso, roteirizado pelo marido, para realizar o sonho da estrela de se tornar uma atriz dramática.

Outro casal famoso retratado é a francesa Simone Signoret, que tinha acabado de ganhar o Oscar de melhor Atriz, pelo filme “Room at the top”, e o marido dela, Yves Montand. O espetáculo investiga as fronteiras entre o teatro e a fotografia, o público e o privado. Uma dramaturgia construída a partir de registros fotográficos de um jantar, que aconteceu na vida real, entre artistas, ícones de uma época.

  • Espetáculo “A Hora e a Vez”

A Cia do Sopro esteve em cartaz este ano, no Rio de Janeiro, com o espetáculo “A Hora e a Vez”, inspirado na obra de Guimarães Rosa.

Com de Antonio Januzelli, a peça conta a história de Nhô Augusto, que cai em uma emboscada liderada por Major Consilva e é dado como morto. Socorrido por um casal, consegue sobreviver.

Quando se recupera, vai viver longe do Murici e decide dedicar sua vida ao trabalho, à penitência e à oração. Depois de anos de reclusão, no povoado do Tombador, decide partir. O destino o leva ao Arraial do Rala-Côco, onde o reencontro com o amigo e poderoso cangaceiro Seu Joãozinho Bem-Bem provoca nova reviravolta em sua vida.

  • Teatro Oficina
cena da peça "Roda Viva"

Crédito: Jennifer Glass/DivulgaçãoTeatro Oficina é um dos grupos mais tradicionais do país

São mais de 60 anos de história em um dos espaços mais tradicionais de São Paulo. As disputadíssimas peças do grupo sempre refletem o contexto político do país, mas de uma maneira única e ritualística.

Para alegria dos fãs, o Oficina libera “Os Sertões” online (clique aqui para assistir). Fique ligado (a) nas datas de liberação de cada parte para curtir muito. Para não perder nada, você pode até definir lembretes. Tudo fica disponível até o fim da quarentena.

Mas não é só isso. Ainda é possível assistir online outros clássicos do grupo, como “As Bacantes” e “Para Dar um Fim no Juízo de Deus”, além de conferir o show  completo da Karina Buhr no festival “Das Bandas do Oficina”.

  • Os Satyros
Todos os sonhos do mundo, Os Satyros

Crédito: Andre Stefano“Todos os Sonhos do mundo” está disponível online

O coletivo Os Satyros também faz sua parte para garantir uma quarentena mais tranquila para as pessoas. O solo “Todos os Sonhos do Mundo”, de Ivam Cabral, está disponível online (clique aqui para assistir).

No monólogo, Cabral relembra a trajetória profissional e a origem em Ribeirão Claro, no norte do Paraná, além das andanças pelo mundo com a companhia.

  • Espetáculo “As Mãos Sujas”
As mãos sujas, teatro e dança na quarentena

Crédito: Padu Palmério/ DivulgaçãoVocê também pode assistir ao espetáculo “As Mãos Sujas” online

Escrito pelo francês Jean-Paul Sartre na corrente existencialista do pós-guerra, o drama “As Mãos Sujas” (1948) teve duas temporadas de sucesso em São Paulo e está disponível online. Para assistir, clique aqui.

Com direção de José Fernando Peixoto de Azevedo, a peça narra a trajetória de um jovem que precisa fazer um acordo entre partidos políticos. A montagem também dialoga com o universo do filme “Terra em Transe” (1967), do cineasta Glauber Rocha, cuja estética inspirou os figurinos e a trilha sonora executada ao vivo por Guilherme Calzavara.

  • Grupo Galpão
Romeu e Julieta, do Grupo Galpão, teatro e dança na quarentena

Crédito: Luciana Leitte“Romeu e Julieta”, do Grupo Galpão, já rodou o mundo

O grupo mineiro Galpão atualizou a maior história de amor da humanidade e ganhou o mundo. “Romeu e Julieta”, com direção de Gabriel Villela, transpõe a tragédia de dois jovens perdidamente apaixonados para o contexto da cultura popular brasileira.

A peça soma mais de 3oo apresentações nos mais diversos lugares, incluindo o Shakespeare’s Globe Theatre, na Inglaterra. E você pode assistir do conforto do seu lar durante a quarentena. Para ver o espetáculo, basta clicar aqui.

  • Espetáculo “Alair”
Peça Alair

Crédito: Elisa Mendes/ Divulgação“Alair” pode ser vista do conforto do seu lar

O dramaturgo Gustavo Pinheiro disponibilizou online o espetáculo “Alair”, texto escrito em 2017 sobre o fotógrafo fluminense Alair de Oliveira Gomes, engenheiro, filósofo e crítico de arte conhecido como pioneiro da arte homoerótica no Brasil.

Na peça, o público acompanha o fim da vida do fotógrafo, que aproveitava a vista do seu apartamento para registrar em sua câmera garotos fortes e bonitos que se exercitavam na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. Clique aqui para assistir a montagem.

  • Espetáculo “Ato a Quatro”
Ato a quatro

Crédito: @atoaquatro/ Facebook“Ato a Quatro” está disponível online

Você também pode assistir online o espetáculo “Ato a Quatro”, que ficou em temporada em 2017 no Sesc Pinheiros e tem direção de Bruno Perillo. Clique aqui para ver.

Na montagem, a ex-atriz Alice trabalha como cuidadora em uma clínica e enfrenta o desgaste de sua relação com o ator Tom, que ensaia uma peça na qual vive o amante de Natasha, uma atriz determinada e sedutora. Durante o processo, os papéis se confundem agravando a crise na relação com Alice, que precisa lidar ainda com enfermeiro Jack, que nutre uma obsessão pela ex-atriz e começa a segui-la.

A peça foi indicada em duas categorias no Prêmio Aplauso Brasil: Melhor Atriz para Nicole Cordery e Melhor Figurino para Chris Aizner.

  • “French Kiss O Musical”
French Kiss, O Musical

Crédito: Edson Lopes Jr/ DivulgaçãoAproveite para assistir online “French Kiss O Musical”

Os musicais também aproveitaram essa onda de deixar os espetáculos online. A atriz Renata Ricci liberou “French Kiss O Musical” durante a quarentena. Para assistir, clique aqui.

O público acompanha as aventuras e desventuras de uma cantora de cabaré que percorre o mundo em busca de seu grande amor. Recheado de bom humor e de brincadeiras com situações do cotidiano, a personagem de Renata entoa versões em francês de clássicos como “Kiss”, do cantor norte-americano Prince, “Is This Love”, de Bob Marley, “Chocolate”, de Tim Maia, e “Tatuagem” de Chico Buarque, em versões assinadas por Edgar Duvivier.

  • Grupo Corpo

Semanalmente, o Grupo Corpo disponibiliza dois espetáculos na íntegra para o público não se desesperar na quarentena. Fique ligado (a) nas redes sociais da companhia para saber quais apresentações você consegue assistir gratuitamente.

Para assistir, clique aqui e siga as instruções: faça login, selecione um dos vídeos contemplados, clique em alugar (NÃO preencha dados de cartão de crédito) e em “aplicar código promocional” digite grupocorpo45anos.

  • São Paulo Companhia de Dança

Dentro da programação do “Cultura em Casa”, iniciativa do governo do Estado de São Paulo para esse período de quarentena, tem atividades bacanas para quem curte dança.

Você tem a chance de assistir online dois espetáculos da São Paulo Companhia de Dança. Um deles é o balé dramático “Lago dos Cisnes” (para assistir, clique aqui), e o outro é o “Noite Tchaikovsky” (clique aqui para assistir).

DICA BÔNUS: Dance em Casa

Para manter a proximidade ainda maior com o público, a partir do dia 26 de março, os profissionais da dança lançam o #danceemcasa. No projeto, esses artistas postam vídeos de 15 a 60 segundos nas redes sociais para as pessoas poderem acompanhar o trabalho deles, dançar junto e contribuir para manter a arte e a cultura vivas😍 .

Toda quinta, novas coreografias são compartilhadas tanto nos perfis dos autores dos vídeos quanto nas páginas  @portalmud, @agendadedanca, @criticatividade e @conectedance.

E o público também pode participar! Basta publicar um vídeo com a #danceemcasa às quintas-feiras.

Gostou das dicas? Aproveite para acompanhar a programação de shows online durante esse período.

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.