CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Teatro e dança: espetáculos incríveis para curtir online na quarentena

Que tal driblar a quarentena com muita arte nacional?

Por: Redação

Para quem está sentindo uma falta danada de ir ao teatro ou assistir uma apresentação de dança na quarentena – ou simplesmente cansou de maratonar séries e filmes -, a Catraca Livre tem uma boa notícia! Diversos grupos estão disponibilizando uma programação bacanuda online.

Claro que a experiência não se compara com aquela sensação de ter os atores e dançarinos pertinho de você, mas é a chance de ver (ou rever) espetáculos que marcaram a trajetória de vários coletivos.

Entre as opções, têm peças do Teatro Oficina, apresentações do Grupo Corpo e da São Paulo Companhia de Dança, solo do grupo Os Satyros e mais.

Se liga nas dicas e faça a sua agenda!

  • Teatro Oficina
cena da peça "Roda Viva"
Crédito: Jennifer Glass/DivulgaçãoTeatro Oficina é um dos grupos mais tradicionais do país

São mais de 60 anos de história em um dos espaços mais tradicionais de São Paulo. As disputadíssimas peças do grupo sempre refletem o contexto político do país, mas de uma maneira única e ritualística.

Para alegria dos fãs, o Oficina libera “Os Sertões” online (clique aqui para assistir). Fique ligado (a) nas datas de liberação de cada parte para curtir muito. Para não perder nada, você pode até definir lembretes. Tudo fica disponível até o fim da quarentena.

Mas não é só isso. Ainda é possível assistir online outros clássicos do grupo, como “As Bacantes” e “Para Dar um Fim no Juízo de Deus”, além de conferir o show  completo da Karina Buhr no festival “Das Bandas do Oficina”.

  • Os Satyros
Todos os sonhos do mundo, Os Satyros
Crédito: Andre Stefano“Todos os Sonhos do mundo” está disponível online

O coletivo Os Satyros também faz sua parte para garantir uma quarentena mais tranquila para as pessoas. O solo “Todos os Sonhos do Mundo”, de Ivam Cabral, está disponível online (clique aqui para assistir).

No monólogo, Cabral relembra a trajetória profissional e a origem em Ribeirão Claro, no norte do Paraná, além das andanças pelo mundo com a companhia.

  • Espetáculo “As Mãos Sujas”
As mãos sujas, teatro e dança na quarentena
Crédito: Padu Palmério/ DivulgaçãoVocê também pode assistir ao espetáculo “As Mãos Sujas” online

Escrito pelo francês Jean-Paul Sartre na corrente existencialista do pós-guerra, o drama “As Mãos Sujas” (1948) teve duas temporadas de sucesso em São Paulo e está disponível online. Para assistir, clique aqui.

Com direção de José Fernando Peixoto de Azevedo, a peça narra a trajetória de um jovem que precisa fazer um acordo entre partidos políticos. A montagem também dialoga com o universo do filme “Terra em Transe” (1967), do cineasta Glauber Rocha, cuja estética inspirou os figurinos e a trilha sonora executada ao vivo por Guilherme Calzavara.

  • Grupo Galpão
Romeu e Julieta, do Grupo Galpão, teatro e dança na quarentena
Crédito: Luciana Leitte“Romeu e Julieta”, do Grupo Galpão, já rodou o mundo

O grupo mineiro Galpão atualizou a maior história de amor da humanidade e ganhou o mundo. “Romeu e Julieta”, com direção de Gabriel Villela, transpõe a tragédia de dois jovens perdidamente apaixonados para o contexto da cultura popular brasileira.

A peça soma mais de 3oo apresentações nos mais diversos lugares, incluindo o Shakespeare’s Globe Theatre, na Inglaterra. E você pode assistir do conforto do seu lar durante a quarentena. Para ver o espetáculo, basta clicar aqui.

  • Palavra Z
A lenda do sabiá
Crédito: @alendadosabia/ FacebookProdutora Palavra Z disponibiliza vários espetáculos online, como “A Lenda do Sabiá”

A Palavra Z disponibiliza semanalmente uma série de espetáculos e shows online. Tem para todos os gostos e públicos!

Entre os destaques estão a comédia inconformada “Carta de um Pirata”, de Vinícius Piedade, sobre um pirata que escreveu uma carta pra mãe há muito tempo, e o musical “A Lenda do Sabiá”, de André Arteche, que conta a história de um sanfoneiro acusado injustamente por um crime e, em um vivaz realismo fantástico, volta à vida transfigurado em um homem pássaro.

Cada atração fica disponível apenas por algumas horas. Para não perder nada, basta acompanhar a programação no site ou nas redes sociais da produtora.

  • Espetáculo “Alair”
Peça Alair
Crédito: Elisa Mendes/ Divulgação“Alair” pode ser vista do conforto do seu lar

O dramaturgo Gustavo Pinheiro disponibilizou online o espetáculo “Alair”, texto escrito em 2017 sobre o fotógrafo fluminense Alair de Oliveira Gomes, engenheiro, filósofo e crítico de arte conhecido como pioneiro da arte homoerótica no Brasil.

Na peça, o público acompanha o fim da vida do fotógrafo, que aproveitava a vista do seu apartamento para registrar em sua câmera garotos fortes e bonitos que se exercitavam na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. Clique aqui para assistir a montagem.

  • Espetáculo “Dolores”
Dolores, com Lara Córdulla, teatro e dança
Crédito: Tadeu Freitas/ DivulgaçãoNão perca a live de Lara Córdulla com o solo “Dolores”

A atriz Lara Córdulla apresenta o espetáculo “Dolores” em uma live no seu instagram (@laracordulla) no dia 27 de março, às 21h. O monólogo rendeu à atriz uma indicação ao Prêmio APCA.

Com texto e direção de Marcelo Várzea, na obra, uma atriz decide deixar os palcos, mas antes reúne um grupo de jornalistas e influenciadores para que possa contar sua história.

  • Espetáculo “Ato a Quatro”
Ato a quatro
Crédito: @atoaquatro/ Facebook“Ato a Quatro” está disponível online

Você também pode assistir online o espetáculo “Ato a Quatro”, que ficou em temporada em 2017 no Sesc Pinheiros e tem direção de Bruno Perillo. Clique aqui para ver.

Na montagem, a ex-atriz Alice trabalha como cuidadora em uma clínica e enfrenta o desgaste de sua relação com o ator Tom, que ensaia uma peça na qual vive o amante de Natasha, uma atriz determinada e sedutora. Durante o processo, os papéis se confundem agravando a crise na relação com Alice, que precisa lidar ainda com enfermeiro Jack, que nutre uma obsessão pela ex-atriz e começa a segui-la.

A peça foi indicada em duas categorias no Prêmio Aplauso Brasil: Melhor Atriz para Nicole Cordery e Melhor Figurino para Chris Aizner.

  • “French Kiss O Musical”
French Kiss, O Musical
Crédito: Edson Lopes Jr/ DivulgaçãoAproveite para assistir online “French Kiss O Musical”

Os musicais também aproveitaram essa onda de deixar os espetáculos online. A atriz Renata Ricci liberou “French Kiss O Musical” durante a quarentena. Para assistir, clique aqui.

O público acompanha as aventuras e desventuras de uma cantora de cabaré que percorre o mundo em busca de seu grande amor. Recheado de bom humor e de brincadeiras com situações do cotidiano, a personagem de Renata entoa versões em francês de clássicos como “Kiss”, do cantor norte-americano Prince, “Is This Love”, de Bob Marley, “Chocolate”, de Tim Maia, e “Tatuagem” de Chico Buarque, em versões assinadas por Edgar Duvivier.

  • Grupo Corpo

Semanalmente, o Grupo Corpo disponibiliza dois espetáculos na íntegra para o público não se desesperar na quarentena. Fique ligado (a) nas redes sociais da companhia para saber quais apresentações você consegue assistir gratuitamente.

Para assistir, clique aqui e siga as instruções: faça login, selecione um dos vídeos contemplados, clique em alugar (NÃO preencha dados de cartão de crédito) e em “aplicar código promocional” digite grupocorpo45anos.

  • São Paulo Companhia de Dança

Dentro da programação do “Cultura em Casa”, iniciativa do governo do Estado de São Paulo para esse período de quarentena, tem atividades bacanas para quem curte dança.

Você tem a chance de assistir online dois espetáculos da São Paulo Companhia de Dança. Um deles é o balé dramático “Lago dos Cisnes” (para assistir, clique aqui), e o outro é o “Noite Tchaikovsky” (clique aqui para assistir).

DICA BÔNUS: Dance em Casa

Para manter a proximidade ainda maior com o público, a partir do dia 26 de março, os profissionais da dança lançam o #danceemcasa. No projeto, esses artistas postam vídeos de 15 a 60 segundos nas redes sociais para as pessoas poderem acompanhar o trabalho deles, dançar junto e contribuir para manter a arte e a cultura vivas😍 .

Toda quinta, novas coreografias são compartilhadas tanto nos perfis dos autores dos vídeos quanto nas páginas  @portalmud, @agendadedanca, @criticatividade e @conectedance.

E o público também pode participar! Basta publicar um vídeo com a #danceemcasa às quintas-feiras.

Gostou das dicas? Aproveite para acompanhar a programação de shows online durante esse período.