Exposição a céu aberto na Marina celebra a arte das mulheres

Mostra de arte a céu aberto ocupa a Marina da Glória entre até 6 de janeiro
Até
06
de janeiro 2019
Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Aberta ao público 24h

Marina

Obras de várias artistas sobre identidade feminina e luta por direitos podem ser vistas até janeiro sem pagar nada!

Além das mostras gratuitas em vários museus e espaços culturais do Rio, moradores e turistas agora também podem curtir aquele programinha cultural ao ar livre no projeto “Marina Monumental”. Até 6 de janeiro, uma exposição a céu aberto ocupa a Marina da Glória, para celebrar a produção das mulheres nas artes plásticas. E a visitação é totalmente 0800!

Obra de Claudia Melli integra o projeto 'Marina Monumental'
Crédito: DivulgaçãoMostra de arte a céu aberto ocupa a Marina da Glória até 6 de janeiro

Inspirada no tema “A Arte Delas”, a mostra reúne 21 obras inéditas de várias artistas sobre identidade feminina e luta por direitos da mulher, sob a curadoria de Marc Pottier. São instalações, esculturas, grafites, experiências interativas e performances, que interagem de alguma forma com a arquitetura e o local.

Os trabalhos da terceira edição do projeto são assinados por Amalia Giacomini, Ana Holck, Ananda Nahu, Ana Paola Protasio, Ana Vitoria Mussi, Claudia Jaguaribe, Claudi Melli, Claudia Sehbe, Gabriela Gusmão,Gabriela Maciel, Marcela Grosman, Janaina Mello Landini, Janaina Tschäpe, Liana Nigri, Maria Laet, Maria Lynch, Maria Fernanda Lucena, Nathalie Nery, Panmela Castro, Rosangela Dorazio e Simone Cupello.

Obra de Panmela Castro integra o projeto 'Marina Monumental'
Crédito: DivulgaçãoInstalações e outras obras refletem sobre identidade feminina e a luta pelos direitos da mulher

Juntas, elas apresentam ao público diferentes perspectivas sobre o que é – e como é – ser mulher. Além de dar visibilidade às artistas mulheres, o objetivo do evento é mostrar como elementos centrais do cotidiano estão intimamente ligados à construção da sua identidade.

Partiu exposição a céu aberto empoderada?!

Compartilhe:

Autor: Por: Redação