CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

ADIADA: Mostra ‘Björk Digital’ no CCBB Rio de Janeiro

Considerando o cenário de combate ao COVID-19, o CCBB estará fechado ao público por tempo indeterminado. Leia o comunicado oficial:

Por: Redação

“Para o Centro Cultural Banco do Brasil não há nada mais valioso que a saúde e a segurança das pessoas. Por isso as atividades serão suspensas, a partir de 14 de março de 2020, a fim de mitigar o risco de propagação do Coronavírus (Covid-19).

INGRESSOS: Para aqueles que compraram ingressos no site Eventim, a devolução pode ser feita pelo SAC da empresa. Para aqueles que compraram na bilheteria, o #CCBBRJ solicita que aguardem o funcionamento normal.

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo e-mail: ccbbrio@bb.com.br”

Clique aqui e veja o comunicado oficial.

A tecnológica exposição “Björk Digital”, concebida pela cantora e compositora islandesa Björk, já passou por São Paulo, Brasília e várias outras cidades do mundo e agora desembarca no CCBB Rio de Janeiro. Que presentão, hein?

Björk Digital
Crédito: DivulgaçãoA mostra reúne vários videoclipes da cantora islandesa em realidade virtual

A mostra chega à Cidade Maravilhosa com uma novidade: um filtro de Instagram inspirado nas máscaras da artista, criado pelo diretor criativo James Merry (disponível na fanpage da cantora).

A mostra foi idealizada pela própria cantora com ajuda de criadores imersivos famosos e inovadores como James Merry, Andrew Thomas Huang e Jesse Kanda. A proposta é destacar a estreita relação de Björk com a tecnologia, um dos aspectos mais marcantes da trajetória dela.

“Björk Digital” é basicamente dividida em três partes: a primeira delas reúne seis videoclipes em tecnologia imersiva para as canções “Stonemilker”, “Black Lake”, “Mouth Mantra”, “Quicksand”, “Family” e “Notget”. Você confere essas performances por meio da realidade virtual e pode até interagir com avatares digitais da cantora!

A partir de tablets, também é possível experimentar o projeto educativo “Biophilia” na segunda parte da exposição. Este é o primeiro álbum de estúdio em formato de aplicativo no mundo, uma coleção que mescla música, internet e instalações.

Já na terceira parte da mostra, uma sala de cinema exibe vários videoclipes de Björk, que foram dirigidos por feras como Michel Gondry, Chris Cunningham e Nick Knight. Entre os vídeos, estão músicas mais recentes presentes no álbum “Utopia”, como “The Gate”, de Andrew Thomas Hang, e “Tabula Rasa”, de Tobias Gremmler.

Björk
Crédito: DivulgaçãoA mostra foi idealizada pela própria Björk em parceria com gabaritados produtores de conteúdo imersvio

A mostra “Björk Digital” pode ser conferida  no CCBB Rio de Janeiro entre 11 de março a 18 de maio, de quarta a segunda, das 9h às 21h. É preciso retirar ingressos na bilheteria até às 19h.

Na abertura, dia 11 de março, a partir das 18h30, ainda rola um bate-papo com os realizadores da exposição Paul Clay, Chiara Michieletto e Lia Vissotto, que falam sobre as peculiaridades da montagem da exposição e os desafios de produzir algo tão grandioso. Para participar, basta retirar ingressos na bilheteria uma hora antes.

Björk Digital
No Rio, os fãs poderão baixar um filtro de Instagram inspirado nas máscaras de BjörkDivulgação
Videoclipe de Björk
Björk Digital é dividida em três partesDivulgação
Björk Digital
A ideia de Björk Digital é mostrar como a tecnologia sempre esteve presente na carreira da cantoraDivulgação
videoclipe de Björk
A mostra mistura arte e realidade virtualDivulgação

Quer curtir mais exposições iradas? Então, da só uma olhada nestas dicas: