Últimas notícias:

Loading...

Exposição exibe pinturas e esculturas sensoriais de Bruno Passos

Em cartaz na Galeria Kogan Amaro, em SP, mostra "Há Coisas Entre Nós Que Não Dizemos Em Voz Alta" convida o público a sentir a arte!

Por: Redação

Até 30 de outubro de 2021

Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado

Segunda a sexta-feira, das 11h às 19h
Sábado, das 11h às 15h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Grátis

A noção de “Estética” refere-se à compreensão do mundo através dos sentidos. Este tipo de conceito também é o mote da exposição “Há Coisas Entre Nós que Não Dizemos em Voz Alta”, de Bruno Passos, que fica em cartaz até dia 30 de outubro na Galeria Kogan Amaro, em São Paulo.

A mostra individual pode ser conferida de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, e aos sábados, das 11h às 15h. E o melhor: é grátis!

Bruno Passos em seu ateliê
Crédito: Acervo pessoal do artista - divulgação - a4&holofote comunicaçãoBruno Passos explora elementos sensoriais em suas obras

Com pinturas e esculturas produzidas durante a pandemia de coronavírus, a exposição propõe um encontro sensorial entre o público e as obras, no qual a lógica descritiva não precisa ser o único jeito de se relacionar com os trabalhos.

Dando um tom contemporâneo a preceitos da pintura clássica e usando materiais e suportes pouco comuns em ateliês, Passos convida o público a sentir e a estar realmente presente diante de suas obras de arte.

Em “Há Coisas entre Nós que Não Dizemos em Voz Alta”, o artista expõe esculturas e pinturas criadas numa residência artística no FAMA Museu, em Itu (SP). Trabalhando num galpão tombado de 400m², ele tentou incorporar as suas dimensões e texturas nas telas.

Crédito: Na espuma de Setembro, 2020, Bruno Passos - Cerâmica pintada sobre madeira e ferro 49 x 19 x 19 cm (19,29 x 7,4 x 7,4in) - divulgação - a4&holofote comunicaçãoAs esculturas do artista também são impressionantes!

Além disso, materiais não convencionais e técnicas criativas fizeram parte do processo do artista na residência. Facas substituíram os tradicionais cinzeis, machadadas podem ser percebidas em algumas telas e até um tablado de madeira usado na reforma do espaço virou material artístico.

Com essas técnicas mistas e ferramentas nada comuns, ele deseja captar aquilo que está entre o banal do mundo e a sua compreensão pelos nossos sentidos, aquilo que não pode ser posto em palavras.

A mostra ainda promove duas rodas de conversa com Bruno Passos, nos dias 2 e 23 de outubro, para discutir temas e técnicas da exposição. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas no site da galeria.

Um pouquinho sobre o artista

Estilista de formação, Bruno Passos já foi exposto na Bienal de Veneza e na Bienal do Design Brasileiro, além de ter seu trabalho destacado em vários jornais e revistas. Aos 27 anos, tomou contato com a pintura e decidiu se dedicar integralmente a ela.

Estudou com o pintor sueco Odd Nerdrum e teve residências artísticas na Noruega (2016) e em Itu (2020), além de uma exposição individual na Secretaria de Cultura de São Paulo, em 2018. Esta é sua primeira exposição na Galeria Kogan Amaro.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Tem mais exposições incríveis em cartaz em SP. Dá uma olhada: