Publicidade

Informar

Exposição de Leonardo da Vinci revela seu lado inventor no Sesi

Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

A cidade de São Paulo tem se consagrado como uma das que mais recebe e promove exposições culturais. E para ampliar ainda mais o leque de opções, que já conta com Castelo Rá-Tim-Bum, Salvador DalíTransarquitetônica, a Galeria de Arte do Sesi-SP recebe “Leonardo da Vinci, a Natureza da Invenção“, que faz um passeio por todo caráter inventivo do renascentista Leonardo da Vinci (1452 – 1519), trazendo objetos como o para-quedas, a catapulta e o parafuso aéreo (futuro helicóptero).

A mostra fica em cartaz de 11 de novembro de 2014 a 10 de maio de 2015, e pode ser visitada diariamente, das 10h às 19h40 (com permanência até às 20h). A entrada é totalmente Catraca Livre.

Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.
Pela primeira vez na América Latina, mostra reúne mais de 40 objetos produzidos em 1952 para a celebração do quinto centenário do renascentista.

Com curadoria do italiano Cláudio Giorgione, a mostra reúne mais de 40 peças e 10 instalações interativas que marcaram e representam a trajetória de um dos maiores gênios que a humanidade conheceu.

Os projetos foram produzidos por pesquisadores e engenheiros, em 1952, para a celebração do quinto centenário de nascimento de Leonardo da Vinci (1452-1519).

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade