Últimas notícias:

Loading...

MAM relembra exposição icônica feita por Di Cavalcanti em 1971

Partiu saber mais sobre esse grande artista? Mostra reúne o acervo da Biblioteca do Museu de Arte Moderna de São Paulo!

Por: Redação

Até 11 de dezembro de 2021

Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado

Terça-feira a sábado, das 12h30 às 17h30 (é obrigatório reservar o ingresso online)

Tá liberado, mas com segurança! Chegou a hora de tirar a teia de aranha do tênis e aproveitar a cidade de SP. Bora conhecer mais sobre o pintor Di Cavalcanti, pioneiro em abordar temas da cultura brasileira?

MAM
Crédito: Karina Bacci / @MAMoficial FacebooMAM é uma das atrações imperdíveis do Parque Ibirapuera

Di Cavalcanti, um dos principais nomes do Modernismo Brasileiro, ganha um evento especial no Museu de Arte Moderna de São Paulo entre os dias 25 de maio e 11 de dezembro. A mostra apresenta material bibliográfico e audiovisual da icônica exposição “50 anos de Arte: Di Cavalcanti”, exibida no museu em 1971.

Há cinco décadas, essa exposição reuniu pinturas, caricaturas, desenhos, gravuras, publicações, tapeçaria e joias trazidas de instituições de diversas cidades do Brasil e da Europa.

Agora, esse “revival” ganhou o nome de “Di Cavalcanti no MAM: 50 anos x 2” e está em cartaz na biblioteca do museu. Para a mostra foram recuperados catálogo, pôster, convite, recorte do jornal Diário do Povo e filme de época do acervo bibliográfico e audiovisual.

cartaz da exposição do Di Cavalcanti
Crédito: Foto Patrícia de Filippi / DivulgaçãoCartaz da exposição “50 anos de Arte: Di Cavalcanti”, de 1971

É na Biblioteca Paulo Mendes de Almeida que está guardada a memória institucional do MAM. O espaço é referência para a pesquisa sobre arte moderna e contemporânea. Segundo Cauê Alves, curador-chefe do museu, a mostra contribui para os estudos sobre a história das exposições no Brasil.

Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo (1897-1976), ou apenas Di Cavalcanti, tinha uma lista de habilidades tão extensas quanto seu nome. Pintor, ilustrador, caricaturista, gravador, muralista, desenhista, jornalista, escritor e cenógrafo. Uau!

Samba, de Di Cavalcanti
Crédito: Reprodução | Instagram @pinacotecasp“Samba” (1925) uma das obras mais importantes de Di Cavalcanti foi destruída em um incêndio em 2012

Foi o artista que teve a ideia de realizar a Semana de Arte Moderna de 1922, para a qual criou o catálogo e o cartaz, além de expor suas obras. Di Cavalcanti destaca-se por retratar figuras populares como pescadores, músicos, o samba, o carnaval e, principalmente, figuras femininas e curvilíneas.

Amigo (a), a exposição “Di Cavalcanti no MAM: 50 anos x 2” vai te fazer bem para as pernas e pra mente! Só não esqueça da #DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Bora curtir outros rolês em SP, com toda a segurança?