Exposição imersiva ‘O Dia Seguinte’ discute as mudanças climáticas 🌏

Mostra propõe reflexão sobre o desenvolvimento sustentável a partir de cinco salas interativas e cheias de projeções, jogos e experiências sensoriais

Até 14 de novembro de 2021

Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo

De terça a domingo, das 9h às 17h. É necessário fazer agendamento

Grátis

Qual cidade queremos para o futuro? A partir de perguntas como essa a exposição “O Dia Seguinte” discute temas como sustentabilidade, expansão consciente de territórios urbanos e mudanças climáticas. Já pensou sobre qual é o custo do atual desenvolvimento para o nosso planeta?

A mostra pode ser conferida na área externa do Museu Catavento até 14 de novembro, de terça a domingo, das 9h às 17h. A entrada é grátis (você só paga o estacionamento, se for de carro). Programe-se, pois preciso agendar sua visita com antecedência e seguir as orientações do museu, disponíveis aqui.

O que você espera para o futuro do planeta? Pense sobre isso na mostra “O Dia Seguinte”
Créditos: Higor Bono- divulgação - Agência Lema
O que você espera para o futuro do planeta? Pense sobre isso na mostra “O Dia Seguinte”

E, se quiser aproveitar o rolê para conhecer as instalações desse museu incrível, é só comprar os ingressos por até R$10 (grátis às terças). #FicaaDica

Com instalações sensoriais que fazem com o que o visitante experimente alguns dos efeitos do aquecimento global, “O Dia Seguinte” apresenta soluções possíveis para a crise climática e outras ações que impactam positivamente a sociedade e o meio-ambiente, convidando as pessoas a refletir sobre como suas atitudes no presente influenciam o futuro.

A mostra foi criada em 2019 e desde então tem circulado pelo país
Créditos: Anette Alencar - divulgação - Agência Lema
A mostra foi criada em 2019 e desde então tem circulado pelo país

A ideia é nos ajudar a traçar um projeto de futuro ideal, a partir de aspectos como paz e segurança, saúde, infraestrutura, justiça climática, segurança alimentar, energia e igualdade de gênero.

Todos esses temas mega importantes para a humanidade são abordados de forma super imersiva ao longo de cinco salas, com telas interativas, projeções, pisos de LED, animações e jogos.

A história do mundo, da Pangeia até a Revolução Industrial, é contada em animações em 2D e 3D projetadas no piso, paredes e em um globo terrestre na sala “[Trans]Formação”.

Já o presente é abordado na instalação “[Des]ordem”, que discute como populações economicamente vulneráveis sentem com mais intensidade as mudanças climáticas. O público entra numa sala escura, com projeções nas paredes e teto de eventos climáticos extremos que já aconteceram no mundo, enquanto dispositivos sensoriais simulam chuva, fumaça e vento.

São várias salas bem interativas que nos convidam a pensar sobre sustentabilidade
Créditos: Higor Bono- divulgação - Agência Lema
São várias salas bem interativas que nos convidam a pensar sobre sustentabilidade

Ainda dá para vislumbrar o mundo sustentável em “[R]evolução”, na qual torres de LED exibem cidades com espaços habitáveis, energias renováveis, saneamento básico universal e alimentação saudáveis.

Além disso, a sala apresenta, com jogos e infográficos alternativos, os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma série de metas definidas pela ONU visando o crescimento responsável das sociedades.

Outro fato interessante sobre “O Dia Seguinte” é que a mostra foi feita em parceria com o Programa Amigo do Clima e segue um modelo de compensação de carbono em sua estrutura. Além disso, todo o conteúdo está disponível em audioguias e LIBRAS.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Quer mais dicas de exposições incríveis para visitar em SP? Olha estas aqui: