Últimas notícias:

Loading...

Exposição na Pina celebra trajetória do pintor modernista John Graz

Suíço radicado no Brasil, o artista marcou a Semana de Arte Moderna de 1922, um dos eventos mais importantes para a nossa cultura!

Por: Redação

Até 31 de janeiro de 2022

Segunda - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo

Das 10h às 18h (as reservas de ingressos acontecem somente online)

Considerado dos protagonistas da Semana de Arte Moderna de 1922, o pintor suíço John Graz (1891-1980) ganha uma exposição incrível e gratuita na Estação Pinacoteca, com direito a 155  itens, entre pinturas, fotografias e outros objetos.

A mostra “John Graz: idílio tropical e moderno” pode ser conferida entre os dias 31 de julho e 31 de janeiro de 2022, com visitação de quarta a segunda-feira, das 10h às 18h. É preciso retirar ingresso neste site.

Exposição John Graz
Crédito: Isabela Matheus – Obra “Pescadores em Fortaleza”, 1980, óleo sobre tela (79,8 x 79,8 cm) – Doação do Instituo John Graz – FSB ComunicaçãoNo ano que antecede a Semana de Arte Moderna de 1922, a Estação Pinacoteca recebe a exposição de John Graz, um dos grandes artistas modernistas radicados no Brasil!

Clique aqui e ajude a Catraca Livre a criar a melhor plataforma de passeios e eventos para curtir em SP!

Com curadoria de Fernanda Pitta e Thierry Freitas, a exposição revisita a trajetória desse grande pintor, que também trabalhou como decorador, escultor e artista gráfico.

Nas obras expostas, é possível ver representações de povos indígenas; paisagens naturais; festividades, como o carnaval e manifestações populares gaúchas; trabalhadores brasileiros, como os jangadeiros; além de narrativas históricas, como as que retratam a invasão portuguesa no Brasil.

John Graz
Crédito: Isabela Matheus – Sem Título, 1942, guache e grafite sobre papel (32 x 95,5cm) – Doação do Instituo John Graz – FSB ComunicaçãoJohn Graz era fascinado por temas brasileiros, inclusive por festas populares

Também dá para conferir uma seção inteira dedicada às obras abstratas e aos estudos do artista sobre design moderno, arquitetura e decoração. É possível, inclusive, ver fotos dos ambientes idealizados por ele.

A ideia da exposição é refletir a visão particular do artista suíço sobre o Brasil a partir de suas pinturas, desenhos e estudos. Afinal, John Graz dedicou-se à criação de um imaginário moderno e tropical em seus trabalhos.

Crédito: Isabela Matheus – Sem Título, 1930, guache sobre papel (25,6 x 25,5cm) – Doação do Instituo John Graz – FSB ComunicaçãoOs temas indígenas também foram retratados pelo artista

Radicado no Brasil desde 1920, Graz teve formação multidisciplinar na Europa. Em São Paulo, projetou espaços residenciais, abrangendo desde a criação de luminárias à ornamentação de salas de jantar e jardins.

Antes do fascínio por retratar temas brasileiros, ele pintava afrescos com motes pastoris, como cenas de caçadas e musas. Também é possível conferir esse trabalho na mostra.

Visita segura

A pandemia não acabou! E, para preservar a sua saúde, a Estação Pinacoteca segue protocolos de segurança sanitária que devem ser respeitados por todos os visitantes. O uso de máscara de proteção é obrigatório, e, antes de entrar no espaço, você terá a temperatura medida. Respeite a distância de 1,5 metros entre as pessoas indicada pela sinalização no chão.

Além disso, o museu disponibiliza álcool em gel 70% em vários espaços. E os serviços de limpeza e higienização foram intensificados. Não é permitido o consumo de alimentos ou bebidas dentro da instituição.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Bora curtir outros rolês em SP?