CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

ADIADA: Louis Pasteur, gênio da medicina, ganha exposição interativa

Por conta da propagação do vírus COVID-19, todas as unidades do Sesc-SP estarão fechadas até o dia 31 de março

Por: Redação

Já pensou se toda vez que você tomasse seu leitinho ficasse doente por causa de uma bactéria monstra? Foi graças ao francês Louis Pasteur (1822-1895) que você pode tomar seu copão de leite com chocolate sem se preocupar! Isso porque ele inventou o método da pasteurização para acabar com contaminação causada por micro-organismos em bebidas como leite, cerveja, sucos e até xaropes!

E agora você tem a chance de aprender mais sobre essa e outras descobertas desse pesquisador francês, conhecido como um dos criadores da Microbiologia. Na exposição interativa “Pasteur, o Cientista”, no Sesc Interlagos, todo o universo do médico cientista pode ser desvendado. E o melhor: é GRÁTIS!

A mostra é dividida em seis atos – como se fosse uma peça de teatro – e reúne vídeos, grafismos, animações, projeções, textos e desenhos. Esses ambientes apresentam em ordem cronológica as principais descobertas de Pasteur e como ele revolucionou a medicina.

Busto com projeção em videomapping
Busto com videomapping recebe visitantes na mostra de Louis PasteurDivulgação
Busto com projeção em videomapping
A exposição "Pasteur, o Cientista" estreou em 2017 na FrançaDivulgação

Logo na entrada os visitantes são recebidos por um busto de Pasteur com projeções em videomapping (com imagens em 3D). A voz de Marie Pasteur narra ao fundo a trajetória do marido. A projeção de quadros pintados pelo pesquisador entre os 13 e os 20 anos revela que ele também tinha habilidades para as artes.

No “Ato 1 – Cristais e Dissimetria (1847-1857)”, você precisa resolver, a partir de vídeos, experiências óticas e um jogo de classificação – um enigma químico: como cristais de ácido do vinho aparentemente iguais reagem à luz de forma diferente?

Mas assim não vale, tá?

A partir de microscópios e jogos você conhece no “Ato 2 – Fermentações (1857-1876)” um pouco sobre o método da pasteurização, responsável por solucionar problemas de contaminação nas indústrias da cerveja, do vinho e dos laticínios.

Exposição de Louis Pasteur
Crédito: DivulgaçãoLouis Pasteur descobriu a vacina contra raiva, que era incurável e matou milhares de pessoas antes do século 19

Em uma vitrine mágica, você descobre, no “Ato 3 – Gerações Espontâneas? (1859-1986)”, como Louis Pasteur mostrou para o mundo que os seres vivos não surgiam espontaneamente a partir da matéria orgânica ou inorgânica como se acreditava até a época. Para isso, ele provou a existência de micro-organismos.

‘No “Ato 4 – Doenças dos Bichos-da-seda (1865-1869)”, você aprende como o homenageado salvou a industria da seda, eliminando doenças nos insetos produtores. Para entender esse método, são expostos equipamentos da época, maquetes e dioramas.

A descoberta da vacina contra a raiva, que até então era incurável, é um dos temas do “Ato 5 – Doenças Infecciosas e Vacinas (1876-1895)”. Nesse ambiente, que reproduz uma fazenda, você conhece essa descoberta a partir de jogos sobre as vacinas, filmes e maquetes.

Exposição de Louis Pasteur
Exposição mostra como Louis Pasteur chegou a suas descobertasDivulgação
Interatividade na exposição
Tem muita interação nesta mostra!Divulgação
Exposição de Louis Pasteur
Para conhecer mais sobre a carreira de Pasteur você põe a mão na massaDivulgação
exposição interativa
Este ambiente mostra como Pasteur inventou a vacina para a raivaDivulgação
Quadro da exposição de Louis Pasteur
Louis Pasteur é considerado um dos pais da MicrobiologiaDivulgação
Exposição de Louis Pasteur
A mostra discute a valorização da ciência e do ato histórico como base para o desenvolvimento da humanidadeDivulgação

Para encerrar essa jornada, o “Epílogo – Pasteur e o Brasil”, mostra as trocas de correspondências entre Pasteur e D.Pedro II, a tentativa do monarca de trazer o pesquisador ao país e a como essa relação contribuiu para a criação do Instituto Pasteur, um dos maiores centros de referência do mundo na pesquisa por vacinas.

Você pode conferir a exposição “Pasteur, o Cientista” no Sesc Interlagos, entre 6 de fevereiro e 26 de julho, com visitação de quarta a domingo, das 10h às 17h. A mostra estreou em Paris em 2017 e o Brasil é o primeiro país depois da França a recebê-la. Quanta honra!

Já marcou o rolê, Beakman?😆

Mais um mestre para conhecer: confira a mega exposição sobre o mestre Leonardo da Vinci: