Últimas notícias:

Loading...

Louis Pasteur, gênio da medicina, ganha exposição interativa

A mostra estreou na França em 2017 e o Brasil é o segundo país a recebê-la... Quanta honra!

Ouça este conteúdo

Até 29 de novembro de 2020

Quarta - Quinta - Sexta

Das 10h30 às 15h (agendamento de visitas online)

Já pensou se toda vez que você tomasse seu leitinho ficasse doente por causa de uma bactéria monstra? Foi graças ao francês Louis Pasteur (1822-1895) que você pode tomar seu copão de leite com chocolate sem se preocupar! Isso porque ele inventou o método da pasteurização para acabar com contaminação causada por micro-organismos em bebidas como leite, cerveja, sucos e até xaropes!

E agora você tem a chance de aprender mais sobre essa e outras descobertas desse pesquisador francês, conhecido como um dos criadores da Microbiologia. Na exposição interativa “Pasteur, o Cientista”, no Sesc Interlagos, todo o universo do médico cientista pode ser desvendado. E o melhor: é GRÁTIS!

Inaugurada em fevereiro, a mostra teve sua visitação interrompida devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19. Reaberta em outubro, a exposição pode ser visitada de quarta a sexta-feira, das 10h30 às 15h, mediante agendamento prévio online. As visitas têm capacidade reduzida para 10 pessoas a cada 30 minutos e o uso de máscara facial é obrigatório para todes, durante todo o período. Ao final de cada circuito, antes de receber novos visitantes, é realizada higienização do espaço, das obras e de equipamentos.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Bora saber mais?

A mostra é dividida em seis atos – como se fosse uma peça de teatro – e reúne vídeos, grafismos, animações, projeções, textos e desenhos. Esses ambientes apresentam em ordem cronológica as principais descobertas de Pasteur e como ele revolucionou a medicina.

Logo na entrada os visitantes são recebidos por um busto de Pasteur com projeções em videomapping (com imagens em 3D). A voz de Marie Pasteur narra ao fundo a trajetória do marido. A projeção de quadros pintados pelo pesquisador entre os 13 e os 20 anos revela que ele também tinha habilidades para as artes.

No “Ato 1 – Cristais e Dissimetria (1847-1857)”, você precisa resolver, a partir de vídeos, experiências óticas e um jogo de classificação – um enigma químico: como cristais de ácido do vinho aparentemente iguais reagem à luz de forma diferente?

A partir de microscópios e jogos você conhece no “Ato 2 – Fermentações (1857-1876)” um pouco sobre o método da pasteurização, responsável por solucionar problemas de contaminação nas indústrias da cerveja, do vinho e dos laticínios.

Exposição de Louis Pasteur - Conheça a trajetória do pesquisador francês que revolucionou a medicina na exposição “Pasteur, o Cientista”, Sesc Interlagos
Crédito: DivulgaçãoLouis Pasteur descobriu a vacina contra raiva, que era incurável e matou milhares de pessoas antes do século 19

Em uma vitrine mágica, você descobre, no “Ato 3 – Gerações Espontâneas? (1859-1986)”, como Louis Pasteur mostrou para o mundo que os seres vivos não surgiam espontaneamente a partir da matéria orgânica ou inorgânica como se acreditava até a época. Para isso, ele provou a existência de micro-organismos.

‘No “Ato 4 – Doenças dos Bichos-da-seda (1865-1869)”, você aprende como o homenageado salvou a industria da seda, eliminando doenças nos insetos produtores. Para entender esse método, são expostos equipamentos da época, maquetes e dioramas.

A descoberta da vacina contra a raiva, que até então era incurável, é um dos temas do “Ato 5 – Doenças Infecciosas e Vacinas (1876-1895)”. Nesse ambiente, que reproduz uma fazenda, você conhece essa descoberta a partir de jogos sobre as vacinas, filmes e maquetes.

Para encerrar essa jornada, o “Epílogo – Pasteur e o Brasil”, mostra as trocas de correspondências entre Pasteur e D.Pedro II, a tentativa do monarca de trazer o pesquisador ao país e a como essa relação contribuiu para a criação do Instituto Pasteur, um dos maiores centros de referência do mundo na pesquisa por vacinas.

Gostou da mostra do Sesc Interlagos? O Sesc Pompeia também está com novas exposições! 

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.