SlowKids promove diversão ao ar livre no Parque Villa-Lobos

Exposição na Unibes explora eventos marcantes na mídia brasileira

Exposição "50 anos de mídia no Brasil – 1968 – 2018 ", em cartaz na Unibes Cultural
Até
03
de fevereiro 2019
Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
De terça-feira a domingo, das 10h30 às 18h30

site: unibescultural.org.br

telefone: (11) 3065-4333

facebook: www.facebook.com

email: atendimento@unibescultural.org.br

A mostra explora eventos impactantes, como a Copa de 1970, a primeira transmissão colorida da TV, as Diretas Já, o bug do milênio e a internet

Até o dia 3 de fevereiro de 2019, a Unibes Cultural recebe a exposição “50 anos de mídia no Brasil – 1968 – 2018”.  A mostra explora eventos impactantes na mídia brasileira, como a Copa de 1970, a primeira transmissão colorida da TV, as Diretas Já e o bug do milênio.

Exposição
Crédito: Flavio Santana - DivulgaçãoExposição "50 anos de mídia no Brasil – 1968 – 2018 ", em cartaz na Unibes Cultural
Exposição
Crédito: Flavio Santana - DivulgaçãoExposição "50 anos de mídia no Brasil – 1968 – 2018 ", em cartaz na Unibes Cultural

Dividida em cinco partes, a mostra tem curadoria de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, e Thomaz Souto Correa. e é composta por memorabilia, revistas, cartazes e textos explicativos. O ingresso custa até R$ 20, é GRÁTIS às quartas e pode ser comprado pela internet.

A primeira parte engloba os anos de 1968 e 1977. Este núcleo é chamado de Massificação das Mídias e apresenta o Sílvio Santos, o Chacrinha. a  as novelas “Beto Rockfeller” e “Bem Amado”, o Jornal Nacional, o Fantástico, Os homens do Rádio e a Revista Veja, entre outros momentos importantes para a imprensa na época.

Em O Brasil Via Embratel, a mostra apresenta fatos ocorridos entre os a nos de 1978 e 1987, como o surgimento do Casseta e Planeta, as novelas “Roque Santeiro” e “Dancin’ Days”, o programa Perdidos na Noite, as revistas Bizz e Somtrês e o videocassete.

O terceiro setor, Quantidade e Qualidade, trata do período entre os os anos de 1988 e 1997.Entre os destaques estão a Globosat, o boom das revistas, as rádios e os seus estilos musicais, a MTV Brasil, a novela “Pantanal” e a nova Constituição.

No quarto núcleo, A Internet Veio Para Ficar, eventos importantes entre 1998 e 2007, como o lançamento dos portais IG, BOL, Terra e Yahoo, a comunicação online com ICQ e MSN Mensenger. as rádios web, o MySpace, o Google, o Orkut, o Facebook e os reality shows, como “Casa dos Artistas”, “BBB” e “No Limite”.

Por fim, a quinta parte tem como tema A Era Digital. Entre 2008 e 2018,apareceram as plataformas digitais, os blogs, séries como “Breaking Bad” e “Game of Thrones”, trend topics do Twitter, YouTube, celular, aplicativos e Netflix.

A cenografia é da CaseLúdicoe a a iniciativa é do Grupo de Mídia de São Paulo.

Compartilhe:

Autor: Por: Redação