Últimas notícias:

Loading...

Universo criativo de Joan Miró é tema de exposição em SP

Embarque em uma viagem interativa e lúdica pelas obras desse grande pintor espanhol na mostra do Farol Santander

Ouça este conteúdo

Quem ama arte e quer ensinar um pouquinho mais sobre esse universo maravilhoso para a criançada, não pode deixar de conferir a exposição “O Jardim das Maravilhas de Miró”, uma experiência interativa pelas obras desse grande pintor e escultor espanhol.

O Jardim das Maravilhas de Miró - Farol Santander
Crédito: Veronica Cowie - divulgaçãoTire muitas selfies na mostra interativa “O Jardim das Maravilhas de Miró”

Com curadoria de Aline Sultani, Karina Israel e Paulo Solano, a mostra ocupa o 24º andar do Farol Santander com uma experiência imersiva dividida em oito ambientes inspirados nas 20 litografias de Miró presentes no livro “Maravilhas com Variações Acrósticas no Jardim de Miró”, do poeta espanhol Rafael Alberti.

Nessa obra, o escritor cria uma série de 22 poemas acrósticos (aqueles nos quais as letras de uma palavra-chave são usadas para iniciar todos os versos), que dão nomes exóticos ao pintor, como Mirópássaro, Mirómirado, Mirómeridiano e Miróinseto.

As poesias homenageiam Miró e sua esposa Pilar e fazem referência a um jardim imaginário cheio de flores, plantas exóticas, pássaros, insetos, animais e gnomos, e ao Sol, à Lua e às estrelas.

Miró
Crédito: Veronica Cowie - divulgaçãoVocê pode conferir de pertinho as gravuras de Miró e os poemas de Rafael Alberti

Esses elementos correspondem ao fato de que Miró gostava de comparar a sua postura de artista com a de um jardineiro: aquele que cuida e experimenta para melhor criar. Simultâneas à escrita, as imagens criadas para o mesmo tema carregam a configuração visual repleta de gestos caligráficos e hieróglifos inventados.

Algumas atrações

Entre as várias instalações da mostra, está o núcleo “Horto das Formas”, um jardim cenográfico cercado de flores, plantas e pequenos animais. Aqui cada desenho e acróstico sugere novas formas, que podem ser enxergadas como esferas, cones, cilindros, quadrados, linhas, entre outros.

A mostra explora as formas e cores presentes nas obras de Miró

Na sala “Sintonia com o Cosmos”, o visitante é exposto a uma série de questionamentos interessantes sobre tudo aquilo que nos inspira. O espaço multimídia é inspirado na frase “Creio que meu trabalho vai transportar você a um mundo de real irreabilidade”, escrita por Joan Miró ao comerciante de arte Pierre Matisse.

Crédito: Veronica Cowie - divulgaçãoCrie seu retrato surrealista!

Já na atividade “Farol do Mundo” você pode criar um autorretrato surreal por meio de uma tela interativa. E pode levar a imagem para casa ao enviá-la por e-mail. E ainda dá para tirar muitas e muitas selfies no “Instapoint”, um local colorido e cheio de ambientes suspensos inspirados nas litografias de Miró.

Crédito: Veronica Cowie - divulgaçãoEssas formas são realmente incríveis!

A mostra “O Jardim das Maravilhas de Miró” pode ser visitada até o dia 2 de maio, de segunda a sexta, das 11h às 19h. Os ingressos, que dão acesso ao prédio todo, custam até R$25 e já podem ser comprados aqui.

Um pouquinho de história…

Considerado um dos artistas mais importantes do século 20, o catalão Joan Miró (1893-1983) desenvolveu a própria linguagem artística, cheia de experimentalismo e espontaneidade, a partir das escolas do Surrealismo, Cubismo e Fauvismo.

Além da pintura, ele se destacou como gravurista, escultor e ceramista, buscando sempre retratar o mundo com sua visão aberta e quase primitiva. Esta era uma tentativa de traduzir a leveza e originalidade das coisas, formas e cores.

Já o poeta e dramaturgo Rafael Alberti (1902-1999) pertenceu ao grupo andaluz da geração de 1927, ao lado de feras como García Lorca. Suas obras são inspiradas pelos elementos populares presentes na sua terra-natal.

Venceu em 1925 o prêmio Nacional de Literatura pelo livro “Marinero em Tierra” e, em 1983, o Prêmio Cervantes. É reconhecido como um dos principais literatos da chamada “Idade de Prata” da literatura espanhola.

Visita segura

Assim como todos os museus e centros culturais que reabriam na fase verde da quarentena, o Farol Santander segue protocolos de segurança sanitária que devem ser respeitados por todos os visitantes. O uso de máscara de proteção é obrigatório para todes, e, antes de entrar no espaço, você terá a temperatura medida. Respeite a distância de 1,5 metro entre as pessoas indicada pela sinalização no chão.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Dá uma olhada nestes outros rolês:

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.