ENCERRADA: ‘ToTa Machina’ mistura arte e inteligência artificial em SP

Considerando o cenário de combate ao COVID-19, a mostra foi encerrada. Veja o comunicado oficial:

 
 

Já imaginou se um quadro mudasse diante da presença de cada pessoa que o contempla? Esta é a proposta da exposição “ToTa Machina”, da artista visual carioca Katia Wille, que mistura artes plásticas e inteligência artificial.

Pelo bigode de Dali! Pode isso, produção?

E o rolê também é um bom pretexto para conhecer o Museu de Arte Sacra!

Com curadoria de Bianca Bokel, a mostra reúne 15 pinturas, esculturas e máquinas cognitivas ligadas ao ambiente (isso mesmo que você ouviu!😮).

As obras da exposição “ToTa Machina” se movimentam de acordo com as reações do espectador
Créditos: divulgação
As obras da exposição “ToTa Machina” se movimentam de acordo com as reações do espectador

Mas como isso funciona? As obras reagem à presença das pessoas por meio de um sistema de inteligência artificial e robótica controlado por nuvem, reagindo por meio de movimentos a sentimentos, estímulos faciais e visuais.

+ Exposição: TAKASHI MURAKAMI LEVA SEU UNIVERSO POP ART AO INSTITUTO TOMIE OHTAKE

Além disso, as pinturas e esculturas estão em diálogo constante. Ou seja, quando alguém contempla uma pintura, isso gera uma emoção que promove o movimento das esculturas, que também provocam outras emoções em outros espectadores. A ideia é fazer com que cada um possa ter uma percepção única para cada obra.

Cada espectador tem a oportunidade de contemplar a obra de um jeito único
Créditos: divulgação
Cada espectador tem a oportunidade de contemplar a obra de um jeito único

O nome da mostra, “ToTa MAchina”, pode ser traduzido por “Mulher Máquina”. As obras investigam a relação das emoções com nossas ações e movimentos e narram uma história focada na vulnerabilidade das relações humanas. A proposta é criar uma reflexão sobre como enxergamos o outro e como nos deixamos permear nas nossas relações.

Na mostra há pinturas, esculturas e máquinas cognitivas
Créditos: divulgação
Na mostra há pinturas, esculturas e máquinas cognitivas

As pinturas são feitas em tecido metálico e as esculturas, em tecido moldado. Elas dialogam com instalações cognitivas feitas em eco látex, um material desenvolvido pela própria artista a partir de uma mistura de látex líquido reciclado, tecido e outros materiais.

As pinturas são feitas em tecido metálico e as esculturas, em tecido moldado
Créditos: divulgação
As pinturas são feitas em tecido metálico e as esculturas, em tecido moldado

Formada em arte e design de moda pela Universidade de Amsterdã, na Holanda, Katia Wille trabalha em suas obras questões do feminino, do corpo em busca de sua essência e das transformações. Sua pesquisa sobre esculturas cognitivas e instalações com apoio tecnológico começou em 2018.

A exposição “ToTa Machina” pode ser visitada no Museu de Arte Sacra, entre 25 de janeiro e 25 de março, de terça a domingo, das 9h às 17h. Os ingressos custam até R$6, mas aos sábados a entrada é grátis.

Quem curtiu dá um grito! 😆

Confira esta outra exposição interativa: