Últimas notícias:

Loading...

Mostra ‘Há o que é’ exibe trabalho do artista urbano Beré Magalhães

Exposição online ainda conta com um bate-papo com o artista, que se inspira no expressionismo abstrato e no dadaísmo para criar as suas obras

Ouça este conteúdo

Todos os dias

24h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados

Com a missão de valorizar a arte das periferias, o projeto Artistas Vivos convida o paulistano Beré Magalhães para mostrar um pouquinho de seu trabalho na exposição virtual “Há o que é”, que pode ser conferida a partir de um vídeo publicado no Youtube da Casa de Cultura da Vila Guilherme (veja abaixo).

Beré Magalhães - Há o que é
Crédito: DivulgaçãoBeré Magalhães começou sua carreira com o graffiti

No vídeo, o artista participa de um bate-papo com Dara Roberto sobre seus 10 anos de trajetória no campo das artes e o início de seu trabalho com o graffiti. Em seguida, você assiste a uma visita guiada à mostra.

Com influências da arte urbana, do expressionismo abstrato e do dadaísmo, Beré Magalhães retrata, de forma não linear, questões que circundam o pensamento, como a ideia criacionista do mundo a partir de outra perspectiva que não a ocidental e a busca matemática pela reflexão crítica.

Os trabalhos são feitos com tinta spray, acrílica, giz, colagem e outros materiais bem diversos. Dá uma olhada na parte final do vídeo:

Embora a atividade tenha sido gravada no casarão da Vila Guilherme, a mostra não está em cartaz lá por conta da pandemia de Covid-19.

Um pouquinho sobre Beré Magalhães

Felipe Magalhães é formado em design gráfico e iniciou sua carreira a partir de intervenções urbanas, como lambe-lambes, graffiti, throw-ups e tags.

Beré Magalhães - Há o que é
Crédito: DivulgaçãoAs cenas do cotidiano inspiram Beré Magalhães a criar seus trabalhos

Outros elementos também contribuem com seus processos criativos, como as percepções subjetivas da negritude, o culto aos Orixás brasileiro e a malandragem das ruas.

Com sua pesquisa, Beré mergulhou no expressionismo abstrato e nas influências na arte naïf, procurando sempre resgatar nas suas obras as cenas e ações que o emocionam em seu cotidiano.

Artistas Vivos

Em atividade desde 2019, o projeto Artistas Vivos convida pessoas de diversas cenas para se apresentarem em espaços culturais com rodas de conversa.

Beré Magalhães
Crédito: FABIO FURLANO projeto Artistas Vivos tem a missão de valorizar a arte periférica de feras como Beré Magalhães

Com os olhos abertos para a periferia paulista, a inciativa tem como proposta a valorização de artistas, produtores e intelectuais periféricos para potencializá-los em rede. A ideia eles podem produzir qualquer tipo de arte.

Quer mais arte ? Dá uma olhada nestas dicas:

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.