Feira Preta leva roda de samba e encontro de blocos afro ao Memorial

Samba da Laje e os blocos afros Ilu Obá, Ilu Iná, Zumbido e Umoja são os destaques da programação de 18 anos da Feira Preta

Por: Redação

Em 2019, a Feira Preta faz 18 anos de vida e prepara uma programação artística e cultural para contar a a trajetória da própria feira e do foco em unir experiência, design e conexão.

E isso tudo faz muito sentido, visto que o evento leva o tema “Passado, Presente e Futuro” e pretende discutir de onde vieram, onde estão e pra onde vão a arte, a cultura e o empreendedorismo pretos.

feira preta 2015
Crédito: Mídia NinjaNeste ano, a programação artística e cultural, a partir da trajetória da própria feira e do foco em unir experiência, design e conexão

A Feira Preta vai ser dividida em espaços temáticos no Memorial da América Latina. Essas áreas unem conteúdos sobre diferentes temas que atravessam a existência preta nas diferentes áreas de atuação, da militância ao entretenimento, passando pelo mundo dos negócios e oportunidades de trabalho.

Além disso, o evento conta com uma programação artística imperdível com shows de Drika Barbosa, Danna Lisboa, Linn da Quebrada, Larissa Luz e ÀTTØØXXÁ, que prometem agitar a feira durante todo o fim de semana dos das 7 e 8 de dezembro.

Mas o destaque mesmo fica para roda de samba do Samba da Laje, no dia 7, e o encontro dos blocos afros Ilu Obá de Min, Ilu Iná, Zumbido e Umoja, no dia 8.

bloco de rua afro ilu oba de min
Crédito: DivulgaçãoIlu Obá de Min encabeça a lista de blocos afro que vão animar a programação da Feira Preta 2019

E tem mais, viu? A Feira Preta mais uma vez faz parte do Festival Feira Preta, que começou no dia 2 de novembro e tá ocupando vários pontos da cidade com Feiras de Produtos e Serviços, Palestras, Workshops, Diálogos, shows, exposições, performances, gastronomia, cinema, literatura, lab inovação + makers, roteiro afro, espaço infantil, beleza, master classes e mentorias.

O festival vai se encerrar justamente com a Feira Preta, que além de música e conversas sobre mercado, recebe também exposição, workshops, lançamentos de livros, bate-papos sobre saúde e bem-estar da população negra e uma área kids, chamada brinquedoteca do Erê! <3

feira preta 2015
Crédito: Mídia NinjaA Feira Preta une conteúdos sobre diferentes temas que atravessam a existência preta nas diferentes áreas de atuação, da militância ao entretenimento

A feirinha tem entrada gratuita e você pode colar lá das 10h às 22h tanto no sábado, quanto no domingo! A programação com tudo, tudo que vai rolar nesse eventão, você confere no site oficial do evento.

Quer saber mais do Festival Feira Preta? Se liga: