Festival Artistas de Rua leva shows gratuitos para vários cantos de SP

Paulista Aberta, Beco do Batman e Metrô Belém são alguns dos espaços ocupados

Por: Redação Comunicar erro
Até
12
de outubro 2019
Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Conferir horários na programação

Parar, respirar, achar graça e contemplar o mundo ao redor em meio à correria do dia a dia, o Festival Artistas de Rua vai transformar vários espaços da cidade em palco de shows gratuitos com artistas da cena underground. 

Sao Paulo, SP, Brasil, 13/05/2018: Evento Cultural Arte Na Rua 2018 - Abertura do festival no Minhocão com a banda teko Porã. Foto Vitor Serrano
Crédito: Vitor SerranoBanda Teko Porã se apresentou no Artistas de Rua em 2018, no Minhocão

O famoso Beco do Batman, meca do grafite paulistano, por exemplo, recebe a baiana Josyara, a paulistana Marília Calderon e a música ambientalista da Gambiarra Lixofônica para apresentações gratuitas.

VEJA TAMBÉM:MIRANTE 9 DE JULHO AGORA É MIRA E TEM GESTÃO 100% FEMININA ❤

Outro ponto de São Paulo a receber o Artistas de Rua é a Paulista Aberta, com apresentações da Cia. Fankama Obi, que traz dança e música Mandingue dos povos africanos, e das percussionistas do Coco de Oyá.

O Festival não concentra apenas em palcos centralizados, não! O evento realiza shows gratuitos também na Vila Nova Cachoeirinha, nas estações do Metrô Belém, Tucuruvi e Bresser-Mooca, e também no Grajaú.

gambiarra lixofônica se apresentando na rua
Crédito: Priscila RejaneAbrindo o evento, no dia 28 de setembro, às 13h, no Beco do Batman, está a Gambiarra Lixofônica, uma performance que mistura circo e música e cujos instrumentos são construídos a partir de materiais de descarte. Suas canções abordam reciclagem, separação do lixo e meio ambiente
cantora josyara em foto de divulgação
Crédito: Julia RodriguesA cantora, compositora e violonista baiana Josyara apresenta, no Beco do Batman, o show de seu segundo disco Mansa Fúria: um retrato de suas andanças pelos sertões, litorais e metrópoles do Brasil
Cia Fankama Obi em apresentação
Crédito: Ste FrateschiA Cia Fankama Obi leva para a Paulista Aberta dança e música Mandingue dos povos da Guiné Conacri, situado no Oeste Africano
as três percussionistas e cantoras do Coco de Oyá
Crédito: José de HolandaTambém na Paulista Aberta, as três percussionistas e cantoras do Coco de Oyá apresentam uma performance calcada no coco de roda, estilo rítmico muito difundido no Nordeste

O Artistas de Rua tem início no dia 28 de setembro e se estende até 12 de outubro com apresentações diárias em diversos horários (confira programação abaixo).

Ao todo, são 31 shows transformando espaços públicos em ambientes culturais inusitados e espontâneos.

Presta atenção durante essas duas próximas semanas e não seja engolido pela pressa! Parar, nem que seja por alguns minutos pode te render um momento delicioso! <3

Programação:

  • 28 de setembro
    Beco do Batman – Vila Madalena

13h – Gambiarra Lixofônica

15h – Josyara

17h – Marília Calderón

  • 29 de setembro
    Avenida Paulista – altura do MASP

13h – Cia Fankama Obi

15h – Coco de Oyá

17h – Taubkin & Bahule

  • 30 de setembro
    Terminal Vila Nova Cachoeirinha – Limão

15h – Rodrigo Pirituba

17h – Rap Plus Size

  • 1º de outubro
    Largo São Bento – Centro

13h –  Trio Guará convida Sintia Piccin

17h – Sambadas

  • 2 de outubro
    Metrô Belém

13h – Fios de Choro

17h OsRETIRANTE

  • 3 de outubro
    Praça do Patriarca – Centro

13h – Jé Versátil convida Bboy Grilo

17h – DrumSax

  • 4 de outubro
    Largo da Batata – Pinheiros

15h – Xemalami

17h – Mmoneis

  • 5 de outubro
    Avenida Paulista – Praça do Ciclista

13h – Bianca Hoffmann

15h – Martte

17h – Uli

6 de outubro
Avenida Sumaré – aberta para pedestres

9h – Grupo Chorojass

10h30 – Bloco Nu Vuco Vuco

12h – Lívia Mattos

  • 7 de outubro
    Avenida Faria Lima – altura do nº 3477

13h – Theo com Sétima

17h – Bruno Belasco Trio

  • 8 de outubro
    Metrô Bresser Mooca

17h – Denise Alves

9 de outubro
Praça General Gentil Falcão (Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini)

13h – Laika Não Morreu!

17h – Myrella Nascimento

  • 10 de outubro
    Centro Cultural do Grajaú

17h – Obinrin Trio

  • 11 de outubro
    Metrô Tucuruvi

17h – O Homem Banda

  • 12 de outubro
    Minhocão

15h – Cia de Artes do Baque Bolado

17h – Doralyce

Outras dicas para desacelerar em SP: