Festival ocupa 16 cinemas do Rio exibição de filmes franceses

"Nos Vemos No Paraíso": Em novembro de 1918, alguns dias antes do Armistício, Édouard Péricourt salva a vida de Albert Maillard. Ambos não têm nada em comum, a não ser a guerra, e são obrigados a se unir para sobreviver. Anos depois, Albert e Édouard decidem montar uma fraude nos monumentos aos mortos. Também planejam uma farsa para desmascarar o Tenente Pradelle, que tenta fazer fortuna com corpos das vítimas da guerra
Até
20
de junho 2018
00:00

Cinema Odeon Petrobras

Rua Embaixador Régis de Oliveira, 7 - Centro, Rio de Janeiro - RJ, Brasil

Cinema

telefone: (21) 2240-1093

Publicidade

Cineastas e títulos que marcaram a história cinematográfica da França ocupam 12 salas de cinema na edição 2018 do Festival Varilux de Cinema Francês, que chega à capital entre os dias 7 e 20 de junho com uma programação formada por 21 longas-metragens inéditos no Brasil, 7 curtas-metragens, um documentário e um clássico.

No Rio, as salas de cinema escolhidas são: Cinemark Downtown, Cinestar Laura Alvim, Cinesanta, Cine Odeon, Espaço Itaú de Cinema Botafogo, IMS Rio, Cine Casal Barra Point, Cinépolis Lagoon, Cinesystem Américas Shopping, Estação Net Ipanema, Estação Net Gávea, Kinoplex Roxy, Kinoplex São Luiz, Kinoplex Fashion Mall, Cine Maison e Cine Museu da República. O valor dos ingressos varia de acordo com o preço já praticado por cada estabelecimento.

"Nos Vemos No Paraíso": Em novembro de 1918, alguns dias antes do Armistício, Édouard Péricourt salva a vida de Albert Maillard. Ambos não têm nada em comum, a não ser a guerra, e são obrigados a se unir para sobreviver. Anos depois, Albert e Édouard decidem montar uma fraude nos monumentos aos mortos. Também planejam uma farsa para desmascarar o Tenente Pradelle, que tenta fazer fortuna com corpos das vítimas da guerra
"50 são os novos 30": velha demais para o marido, demitida do emprego, Marie-Francine deve voltar a morar na casa dos pais... aos 50 anos! Apesar de infantilizada por eles, é numa pequena lojinha de cigarros eletrônicos da qual vai tomar conta, que ela vai conhecer Miguel que, sem ousar confessar, está na mesma situação que ela
"O Último Suspiro": No dia em que uma névoa estranha e mortal submerge em Paris, os sobreviventes encontram refúgio nos andares superiores dos edifícios e nos telhados da capital. Sem informação, sem eletricidade, sem água ou comida, uma pequena família tenta sobreviver a esse desastre. Mas as horas passam e uma coisa é clara: a ajuda não virá e será necessário tentar a sorte na névoa
"Troca de Rainhas": Ano de 1721. Uma ideia audaciosa germina na mente de Felipe de Orléans, regente da França... Luís XV de 11 anos, logo se tornará rei, e, uma troca de princesas permitiria consolidar a paz com a Espanha, após anos de guerra, que deixaram os reinos enfraquecidos. Então, Felipe casa a filha, Mlle de Montpensier, de 12 anos, com o herdeiro do trono da Espanha, e Luís XV se casa com a Infanta da Espanha, Anna Maria Victoria, de 4 anos. Mas a entrada precipitada dessas jovens princesas na corte francesa, sacrificadas no altar dos jogos dos poderes, vai acabar com a sua tranquilidade

Entre os destaques da programação, estão as exibições de sete curtas-metragens franceses e a Mostra de Realidade Virtual, com curadoria do cineasta e especialista francês Fouazi Louahem.

Ainda é possível participar de atividades paralelas como debates, sessões educativas, laboratório franco-brasileiro de roteiros e encontro entre profissionais franceses e brasileiros do audiovisual integram o evento.

Quer saber programação completinha? Acesse o site oficial do Festival Varilux, clique aqui.


  • Arte de graça no Rio:

Publicidade

Compartilhe:

Autor: Por: Redação
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade