‘Festival de Luzes’ faz projeções inéditas por toda SP ✨

Lugares como Avenida Paulista, São Mateus, Beco do Batman e Ibirapuera recebem trabalhos memoráveis!

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Até 22 de novembro de 2020

Todos os dias

A partir das 19h (a programação é divulgada aos poucos pelo Instagram @luzes.sp)

SP vai ficar super colorida! Entre os dias 2 de outubro e 22 de novembro, a capital recebe a 3ª edição do “Festival de Luzes de São Paulo“, que ocupa monumentos, vias, parques e edifícios de regiões como Avenida Paulista, São Mateus, Beco do Batman e Ibirapuera com projeções mapeadas e instalações de arte inéditas!

Festival de Luzes de SP
Crédito: Divulgação“Monumento a Bandeira” foi uma das atrações do “Festival das Luzes de SP”

Para alegria do público, o evento triplicou de tamanho: são mais de 10 atrações espalhadas pela cidade – e todas podem ser vistas por streaming pelo Instagram do festival!

Prepare-se para se encantar com trabalhos únicos que também envolvem intervenções com luz e uma inédita combinação de performance suspensa com ballet de drones.

Nessa edição, as obras tecnológicas abordam temas como consumo consciente, economia circular, inclusão digital, novas tecnologias, remix de monumentos históricos e inspiração.

Quer ter um gostinho do evento? Veja o que o estúdio Visualfarm está preparando:

Os preparativos para o lançamento do Festival de Luzes de São Paulo de 2020 já começaram, com ensaios para os espetáculos dos VIsualfarm flyingbots, robôs voadores que estão sendo adestrados para interagir com seres humanos

Posted by Festival de Luzes de São Paulo on Tuesday, July 28, 2020

A programação do Festival de Luzes de SP é divulgada aos poucos pelo Instagram @luzes.sp. A abertura acontece em parceria com a Virada Sustentável. Entre 2 a 4 de outubro, o duo VJ Suave apresenta “Storyboard” no Edifício Anchieta (cruzamento da Av. Paulista com a Rua da Consolação), das 19h às 23h59.

A abertura do Festival de Luzes de SP ocorrerá juntamente com a Virada Sustentável 🌎📌 É sexta, dia 02/10, das 19h às 00h, no cruzamento da Avenida Paulista com a Consolação A obra da abertura é assinada pelo duo @vjsuave e tem como tema o Consumo Consciente.A principal linguagem do trabalho da dupla Ceci Soloaga e Ygor Marotta, é a animação, realizada a partir de desenhos à mão, projetada para interagir com a arquitetura.Evento público e gratuito! Não percam! Ao vivo ou no streaming do @luzes.sp Patrocínio Electrolux

Posted by Festival de Luzes de São Paulo on Saturday, September 26, 2020

Formada por Ceci Soloaga e Ygor Marotta, a dupla mescla tecnologia e street art ao criar animações quadro a quadro e projetá-las em superfícies urbanas. Suas projeções são desenvolvidas a partir de desenhos feitos à mão.

Nos dias 10, 11 e 12 de outubro, das 19h às 23h59, é a vez da VJ Elka mostrar seu trabalho no Edifício Anchieta. “Tudo se transforma o tempo todo” relaciona a economia circular ao conceito de encarnações de objetos, criados e recriados com plástico. São utilizadas técnicas de ilustração, estêncil, motion design e lettering, com ilusão de ótica e mapping 3D, formando um fluxo de imagens coloridas em loop, de maneira a representar o processo circular de uso e reúso dos materiais.

A videoartista utiliza técnicas de mapping e live vjing para produzir experiências imersivas e holísticas de arquitetura ou cenografia e movimento. Já se apresentou com Gaby Amarantos, Rincon Sapiência e Alok.

Você sabia?

Em 2018, São Paulo entrou no campo das metrópoles que realizam essa modalidade de festivais, como Londres, Berlin e Sidney! Incrível, né?

E o idealizador e organizador do Festival de Luzes Alexis Anastasiou, além de ser o fundador do estúdio Visualfarm, tem uma sólida carreira internacional. O artista foi um dos pioneiros em Vjing e mapping no Brasil e, entre as suas realizações estão as projeções em icebergs na 1ª Bienal da Antártida.

Confira todas as novidades do evento na página oficial do FLSP no Facebook.

Quer mais dicas de exposições? Então saca só:


Compartilhe: