Festival Ecrã exibe filmes experimentais e promove debates no MAM

MAM recebe a segunda edição do Festival Experimental Carioca de Realizações Audiovisuais entre 17 e 22 de julho
Até
22
de julho 2018
Domingo - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado
Das 13h às 22h
array(3) { ["address"]=> string(74) "R. Jardel Jércolis, 157 - Glória, Rio de Janeiro - RJ, 20021-150, Brasil" ["lat"]=> string(17) "-22.9134068139757" ["lng"]=> string(18) "-43.17203164100647" }

MAM Rio

R. Jardel Jércolis, 157 - Glória, Rio de Janeiro - RJ, 20021-150, Brasil

Museu

Programação gratuita apresenta 36 obras de 18 países, entre 17 e 22 de julho

A Cinemateca do MAM, no Rio de Janeiro, receber a segunda edição do Festival Ecrã (Festival Experimental Carioca de Realizações Audiovisuais), que apresenta uma programação gratuita com exibições de filmes experimentais, debates e instalações, entre os dias 17 e 22 de julho.

Questionando o cinema “experimental” que normalmente é associado a filmes desconexos, contemplativos e não narrativos, o evento escolheu obras que experimentam em forma e linguagem sem que necessariamente estejam sob esses rótulos.

Cena do filme "El Mar La Mar", de J.P Sniadecki e Joshua Bonnetta, que integra a programação do Festival Ecrã
Crédito: ReproduçãoFilme “El Mar La Mar”, de J.P Sniadecki e Joshua Bonnetta, integra a programação do Festival Ecrã no MAM

Estão no programa 36 filmes de 18 países: premiados, selecionados em grandes festivais, além de inéditos e de diretores consagrados, como “Equinócio de Primavera” e “Equinócio de Outono”, do cineasta James Benning, e “Landscape”, mais novo curta-metragem do expoente do cinema de invenção Luiz Rosemberg Filho.

“O Raro Evento”, de Ben Rivers e Ben Russel, “Pachinko”, de Luis Grane, “El Mar La Mar”, de J.P Sniadecki e Joshua Bonnetta, e curtas da renomada videoartista Dana Berman Duff também poderão ser vistos no Festival Ecrã.

O público pode ainda conferir instalações em looping, das 13h às 20h, e participar de discussões após algumas exibições. No sábado, dia 21 de julho, rola um debate sobre as bordas que separam o realismo e o formalismo do cinema dito “experimental” e o “convencional”, promovido pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema, com os críticos Camila Vieira e Filipe Furtado.

Confira a programação completa:

  • 17 de julho

13h30: “Vortex”, “Catalógo” e “Rochas em Forma de Vento”

14h45: “Um Quarto” e “1048 Luas”

16h30: “O Espírito da Noite” e “Mundo Sem Fim (Sem Acidentes Reportados)”

18h: “Hic” e “El Mar La Mar”

20h: “Sessão De Abertura”, “Landscape” e “Imo”

  • 18 de julho

13h30: “Xctry” e “O Cavaleiro das Ruínas”

14h45: “Pensamento Intenso” e “Por Dentro”

16h30: “Pachinko” e “Não Me Fale Sobre Recomeços”

18h: “Mvi”, “Confidente” e “O Raro Evento”

20h: “Solon” e “Cacaya”

  • 19 de julho

13h: “Ecstasy” e “Cump4rsit4”

14h45: “Rock Das Galinhas” e “Reino Animal”

17h: “O Dilema Do Porco Espinho” e “Ilhas Fantasmas”

18h45: “Vortex”, “Catalógo Vol.6” e “Rochas Em Forma De Vento”

20h: “Fluxorama” e “Buraco Negro”

  • 20 de julho

13h: “Landscape” e “Imo”

14h45: “Solon” e “Cacaya”

17h: “Fluxorama” e “Buraco Negro”

18h30: “Seaworld” e “Mundo Sem Fim (Sem Acidentes Reportados)”

20h00 “Solo” e “Equinócio De Primavera”

  • 21 de julho

13h: “A Sombra do Seu Sorriso” e “Sleep Has Her House”

14h45: “Esses Dias de Claridade”, “Confidente” e “O Raro Evento”

16h30: Debate com os Críticos Filipe Furtado e Camila Vieira, mediado pelo curador Pedro Tavares
Tema: As Fronteiras Do Cinema Experimental

18h30: “Hic” e “El Mar La Mar”

20h30: “Ecstasy” e “Cump4rsit4”

  • 22 de julho

13h: “Reino Animal”

15h10: “1048 Luas”

16h20: “O Cavaleiro das Ruínas”

17h20: “Por Dentro”

18h45: “Equinócio de Outono”

20h: “Ilhas Fantasmas”

Passaporte dá entrada gratuita a mais de 70 museus do Rio

Compartilhe:

Autor: Por: Redação