Acrobata coloca poesia nas alturas na Feira do Rio Antigo

Informar

Festival internacional de cinema e performance ‘Hors Pistes’ chega ao MIS

Por: Redação | Comunicar erro

Em parceria com o Centre Pompidou, de Paris, o MIS recebe no final de semana dos dias 6 e 7 o Festival Internacional Hors Pistes, que apresenta uma série de filmes e performances, tudo com entrada Catraca Livre. Sob curadoria de Marie Hippenmeyer, o projeto apresenta filmes independentes, de curta, média e longa-metragem, em sua maioria inéditos no país. Para cada sessão, é necessário retirar ingresso com uma hora de antecedência.

Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.

A sessão de novos talentos de Tóquio conta com o filme “The Deserted Archipelago” (1968) de Katsu Kanai, cineasta japonês frequentemente lembrado como o “imperador do cinema underground”.

Outro que vale a pena conferir é a produção da francesa Marie Losier “The Ballad of Genesis and Lady Jaye”, que obteve vários prêmios no Festival de Cinema de Berlim de 2011.

Para conferir a programação completa, acesse o site do Festival Hors Pistes.

Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.
Os grandes destaques ficam por conta da estreia no Brasil do filme “Atlas”, do fotógrafo francês Antoine D’Agata, e da vanguarda francesa com o filme inovador de Isabelle Prim, “Mademoiselle Else”.

Compartilhe: