Gênero e religião são temas de exposição na Casa Matilda

Ariel Nobre homem trans usa exposição para levantar a bandeira para questões de gênero
Até
06
de março 2019
Terça - Quarta - Quinta - Sexta
Das 10h às 18h
Por: Redação | Comunicar erro

Artista Ariel Nobre discute transição de gênero e religião na mostra "Pelo Direito à Alma"

A Matilda Casa apresenta a exposição “Pelo Direito à Alma” sobre gênero e religião, do artista visual Ariel Nobre. A mostra reúne a série fotográfica “Via Crucis”, de Ariel Nobre e Tarcísio Paniago, e obras diversas do projeto “Preciso Dizer Que Te Amo”, uma campanha de prevenção ao suicídio de homens trans, idealizado também por Ariel.

fotos da série fotográfica Via Crucis de Ariel Nobre
Crédito: divulgaçãoAriel Nobre discute gênero e religião na mostra “Pelo Direito à Alma”, em cartaz na Casa Matilda

“Via Crucis” é uma obra que faz alusão direta à Páscoa cristã e a transição do gênero feminino para o masculino do artista. No total são 15 imagens, cada uma representando uma estação do caminho percorrido por Jesus até ser crucificado.

A série estreou no Museu Nacional da República, no Distrito Federal em maio de 2017, foi para Paris na Maison du Brésil em dezembro de 2018 e chega pela primeira vez a São Paulo.

Um dos destaques do projeto “Preciso Dizer Que Te Amo”, dentro da exposição sobre gênero e religião, é uma instalação de 10 metros de roupas usadas, costuradas à mão por Caroline Rycca Lee e com intervenções de Ariel.

O projeto se iniciou em 2015, depois de uma tentativa de suicídio de Ariel, que se viu sem trabalho e afeto quando se reivindicou homem trans. No último momento, ele lembrou de escrever suas últimas palavras.

Desde então, o artista se propõe a escrever de forma cotidiana e repetitiva a frase “Preciso Dizer Que Te Amo”. Ao longo dos anos, a ação se transformou em uma campanha de prevenção ao suicídio de homens trans e levou o artista a lançar um documentário com o mesmo nome do projeto.

A exposição fica em cartaz até 6 de março, com visitas de terça a sexta, das 11h às 18h. A entrada é gratuita e a classificação etária é livre.

Compartilhe:

Tags: #Agenda São Paulo #Exposição #exposições em cartaz #exposições em sp #Exposições gratuitas #gênero #Identidade de Gênero #Igualdade de Gênero #religião #transgênero
Autor: Por: Redação
1 / 8
1
03:52
3 lugares em SP para você que é um apaixonado por livros
A cidade de São Paulo reserva ótimas surpresas para os apaixonados por livros. E é por isso que a Catraca …
2
04:21
Conheça um lugar onde criatividade e inovação fazem parte do dia a dia
A EBAC, além de oferecer uma série de cursos de graduação, especialização e iniciação em áreas como arte, design, audiovisual, …
3
03:17
3 bares em São Paulo escondidos em subsolos + 1 bônus imperdível
Entre o pé sujo e o bar classudo, há mais points inusitados do que a nossa mente pode imaginar! Como …
4
05:36
5 festas juninas em SP para comer até sair rolando
Chega junho e o coração até derrete! É tempo de Santo Antônio, forró arrasta pé, milho, fogueira, quentão, vinho quente, …
5
04:26
O melhor do fim de semana em SP: 27 e 28 de abril
Oi, pessoal! Vim aqui só com boas notícias! Tenho dicas maravilhosas para você curtir seu final de semana em São …
6
01:26
Sandy & Júnior: já comprou o seu ingresso?
Sandy & Júnior estarão juntos no palco mais uma vez. A dupla queridinha da década de 90 vai fazer uma turnê …
7
02:32
Casa de Pedra é o lugar para você praticar escalada em SP
São Paulo é um grande mar de opções para quem quer se divertir, inclusive praticando esportes radicais sem precisar sair …
8
01:43
Carburadores, o paraíso da carne defumada em SP
O Carburadores é aquele típico restaurante sem mimimi, com ambiente rock´n roll, menu enxuto de sanduíches, entradas e pratos principais …