Global Pride: Paradas do Orgulho LGBT do mundo todo se unem online 🌈

São 24 horas ininterruptas de programação com direito a shows, performances e discursos de ativistas!

Por: Redação

Nos dias

27/06 - 28/06

2020

Ao longo de 24 horas

Junho é o Mês do Orgulho LGBTQIA+, momento em que acontecem diversas Paradas ao redor do mundo. Neste ano, por conta da pandemia de coronavírus, todas as atividades que provocam aglomerações foram remarcadas ou canceladas. Para a data não passar despercebida, organizações de diversas marchas se uniram para criar o Global Pride, um evento inteiramente online!

Para aquecer, tem a nossa brasileiríssima Parada do Orgulho LGBT de SP, que este ano também vai ocorrer virtualmente. Saiba de tudo aqui.

Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, em 2019
Crédito: IStock/@Luciano_MarquesParada do Orgulho LGBT de São Paulo é uma das maiores e mais importantes do mundo!

Prepare-se para algo grande! Os mais de 800 organizadores vão garantir 24 horas ininterruptas de programação. A transmissão ao vivo começa no dia 27 de junho na Ásia, na Austrália e na Nova Zelândia, seguindo pela Europa até chegar ao continente americano.

Tudo será veiculado por uma plataforma de streaming ainda não anunciada, pelo site oficial do Global Pride (clique aqui para acessar) e por um canal do YouTube.

O mega evento online unindo diversas Paradas do Orgulho LGBT terá uma programação bastante variada. Estão confirmadas performances musicais, discursos e mensagens de ativistas pelos direitos humanos. A ideia é celebrar a força e a resistência da comunidade LGBTQIA+.

Pabllo Vittar é uma das atrações do Global Pride
Crédito: ErnnaCost/ Facebook @vittar.pablloMusa Pabllo Vittar é uma das representantes brasileiras do evento

As atrações e novidades são divulgadas pelo Instagram @globalpride2020, pelo Facebook @GlobalPride2020 e pelo Twitter @globalpride2020. Nomes como Pabllo Vittar, George Michael, Thelma Houston, Kristine W, Olivia Newton John, Ava Max, Deborah Cox, Bright Light, Courtney Act, Steve Grand e Rachel Sage já estão na lista dos participantes.

Alguns líderes políticos também confirmaram presença, como Alvarado Quesada, presidente da Costa Rica que recentemente legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo; Erna Solberg, primeiro-ministro da Noruega; Javier Bettel, primeiro-ministro de Luxemburgo e Manvendra Singh Gohil, príncipe da índia que quase foi deserdado pela família ao declarar sua homossexualidade.

Anualmente, as marchas reúnem milhões de pessoas em diversos países. E, de acordo com Kristine Garina, presidente da Associação de Organizadores Europeus das Paradas de Orgulho LGBT, a cada edição, os organizadores recebem milhares de relatos de pessoas que tiveram suas vidas transformadas após participarem desses eventos. <3

Programe-se para não perder nenhuma atração online na pandemia!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.