Grandes músicos brasileiros fazem concerto a R$ 10 no MASP

Apoiado pela Catraca Livre, o evento recebe Toninho Ferraggutti, Renato Braz e a Orquestra Heliópolis

Por: Redação Comunicar erro
14
de julho 2019
A partir das 11h

Com apoio da Catraca Livre, dia 14 de julho, o auditório do MASP (Museu de Arte de São Paulo) promove a união entre o sanfoneiro Toninho Ferraggutti, o cantor Renato Braz e a tradicional Orquestra Sinfônica Heliópolis.

Com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada), o concerto promete celebrar toda a riqueza musical brasileira. Para comprar, clique aqui

Crédito: IStock | GrassettoEm outubro de 1947, SP ganhava um espaço que provou ser um marco na disseminação da arte, o Museu de Arte de São Paulo. Dono do mais importante acervo de arte europeia do Hemisfério Sul, o MASP reúne cerca de 10 mil obras, entre pinturas, esculturas, objetos, fotografias, vídeos e vestuário de diversos períodos da história

Onde ouvir jazz em São Paulo? A gente conta pra você!

Confirme presença no evento oficial e chame todo mundo para participar!

  • Conheça os músicos:

Toninho Ferragutti

Toninho Ferragutti é músico acordeonista e compositor, natural da cidade de Socorro, interior do Estado de São Paulo. O estudo em música teve início em casa com seu pai, e também em rodas de choro e aulas particulares de harmonia e acordeom. Tocou com artistas como Mônica Salmaso, Antônio Nóbrega, Elba Ramalho, Lenine, Elza Soares e Proveta, entre outros. Possui cinco Cd´s gravados: Oferenda (1996), Sanfonema (2000), Forrobaby (2005), Nem sol, nem lua (2006) e TRIO 202 (2007).

Renato Braz

Em sua carreira, construiu elos evidentes e até improváveis entre Luiz Gonzaga, Dori e Dorival Caymmi, Villa-Lobos, João Gilberto e Gilberto Gil. Tudo isso é modernidade e repulsa aos mundos musicais fechados. Renato Braz pensa musicalmente seu país, outra vez sem reforçar as fronteiras, voltando-se para a canção latino-americana.

Orquestra Sinfônica Heliópolis

A Orquestra Sinfônica Heliópolis (OSH), formação de nível avançado do Instituto Baccarelli, com direção artística de seu maestro titular, Isaac Karabtchevsky, é reconhecida internacionalmente por sua qualidade artística e por promover a prática orquestral e conhecimento de repertório sinfônico aos alunos da instituição.

É a única orquestra de toda a América do Sul que teve a oportunidade de ser regida pelo Maestro Zubin Mehta, patrono do Instituto Baccarelli desde 2005, quando visitou a sua sede e se encantou com o poder da música enquanto ferramenta de transformação social. A versatilidade do grupo permite transitar pelo universo da música de concerto e música popular, mantendo o alto padrão de excelência.

Apoiada pela Catraca Livre, a orquestra que, além da excelência musical, tem um projeto de inclusão social – cuida da educação de mil crianças na maior favela de São Paulo.

Após o concerto, você pode esticar o passeio e conferir as mostras “Tarsila popular“, sobre a artista que foi figura central do modernismo brasileiro e “Lina Bo Bardi: habitat“, mostra que gira em torno dos projetos fundamentais da carreira da arquiteta que projetou um dos maiores vão livres do mundo, ambas em cartaz no MASP!