Imagem do Topo

Karol Conka e outras feras fazem tributo a Cazuza no Villa-Lobos

Show gratuito no parque é uma das atividades do Prêmio Trip Transformadores, que ainda tem DJs, cinema ao ar livre e aulão de ioga

Por: Redação | Comunicar erro

“Exagerado / jogado aos teus pés / Eu sou mesmo exagerado / Adoro um amor inventado”. Esse e outros sucessos de Cazuza (1958-1990) ganham novíssimas versões nas vozes de grandes artistas da música brasileira em um tributo ao saudoso cantor carioca no Parque Villa-Lobos. O show, que faz parte do Prêmio Trip Transformadores, acontece no sábado, dia 25, das 13h às 17h30, no anfiteatro, com entrada gratuita.

Karol Conka
Crédito: reprodução - Facebook (@karolconka)Karol Conká apresenta turnê "Ambulante"
Karina Buhr
Crédito: Priscila Buhr Karina Buhr interpreta canções de Cazuza no Tributo
Otto
Crédito: Kenza SaidOtto também é destaque do tributo a Cazuza
Supla
Crédito: reprodução - Facebook (@suplaoriginal)Supla também é convidado do tributo
Leo Jaime
Crédito: Dantas Jr.Leo Jaime cria nova versões para canções de Cazuza no tributo
Paulo Ricardo
Crédito: Isabella PinheiroPaulo Ricardo também canta Cazuza
Guizado
Crédito: reprodução - Facebook (@guizado.man)Trompetista Guizado é atração no tributo a Cazuza
Mahmundi
Crédito: reprodução - Facebook (@mahmundioficial)Mahmundi canta Cazuza no Parque Villa-Lobos

No espetáculo, um time poderoso formado por Karol Conka, Otto, Karina Buhr, Leo Jaime, Supla, Paulo Ricardo, Guizado, Mahmundi e Sergio Guizé relembra os grandes sucessos que marcaram a carreira de Cazuza, como “O Tempo Não Para”, “Codinome Beija-Flor”, “Exagerado”, “Brasil”, “Maior Abandonado” e “O Nosso Amor a Gente Inventa”.

Esse dia especial ainda tem outras atividades no parque, como aula aberta de ioga com Aline Fernandes, cinema ao ar livre e discotecagem de DJs.

Com 12 anos de existência, o Prêmio Trip Transformadores foi criado para valorizar pessoas e entidades que trabalham sério para mudar o que não está dando certo no mundo. A proposta do evento no Parque Villa-Lobos é anunciar os dez homenageados da edição 2018 da premiação.

Entre eles está dona Lucinha Araújo, a mãe de Cazuza, que, depois da morte do filho, em 1990, se juntou ao marido, amigos e médicos para fundar a Sociedade Viva Cazuza. A instituição sem fins lucrativos ampara crianças, jovens e adultos com HIV.

A programação completa será divulgada em breve no evento do Prêmio Trip Transformadores no Facebook.