Últimas notícias:

Loading...

Celebre o Manguebeat durante o mês de julho no Sesc Bom Retiro

Evento conta com showzaços de Mundo Livre S/A, Mombojó, Alessandra Leão e outras feras, além de exibição de filmes. Saiba mais:

Por: Redação

Até 30 de julho de 2022

Todos os dias

Diversos horários | Os ingressos são vendidos a partir da terça-feira da semana anterior ao show. Venda on-line, a partir das 12h, e presencialmente (em todas as unidades do Sesc SP), na quarta, às 17h

Considerado um marco na história da música brasileira, o Manguebeat se destacou por expressar as demandas sociais urgentes das periferias, com obras que denunciavam a fome e as mazelas da população das cidades pernambucanas de Recife e Olinda.

E para celebrar os 30 anos desse importante movimento ligado à contracultura, o Sesc Bom Retiro preparou um mês de atividades especiais. A unidade recebe shows, filmes e bate-papo que ampliam o legado suscitado por tantos artistas talentosos.

Mundo Livre S/a, Manguebeat 30 e +, Sesc Bom Retiro
Crédito: Divulgação/ Assessoria de Imprensa do Sesc Bom RetiroMundo Livre S/a é uma das atrações do ” Manguebeat 30 e +”

Esse é o seu rolê? Então, pode anotar na agenda: entre os dias 1º e 30 de julho, você pode se reunir com a galera para prestigiar o “Manguebeat 30 e +”.  Os ingressos variam entre R$12 e R$50 (dependendo da atração).

Fique atente às datas: os ingressos são vendidos a partir da terça-feira da semana anterior ao show. A venda online é sempre a partir das 12h, e a presencial (em todas as unidades do Sesc SP), é nas quartas, às 17h. Acompanhe toda a programação neste link aqui.

  • Música

Em termos sonoros, o Manguebeat se configurou pela combinação original de diversos gêneros musicais, desde os regionais, como o maracatu, até outros como rock, hip hop, funk e música eletrônica.

Você vai perceber todas essas nuances nos shows pensados com todo carinho pelo Sesc. Tem Eddie com participação de Karina Buhr, Lirinha, Mundo Livre S/a, Mombojó com participação de Isaar, Alessandra Leão com com participação de Jéssica Caitano e Sofia Freire e Chinaia.

Mombojó, Manguebeat 30 e +, Sesc Bom Retiro
Crédito: Divulgação/ Assessoria de Imprensa do Sesc Bom RetiroClaro que não podia faltar o Mombojó nesse eventão!

Mas não é só isso! Também acontece uma apresentação com grandes representantes do movimento. É a “Manguefonia 30 anos da Lama e Caos”. Dividem o palco integrantes do Los Sebosos Postizos (Dengue no baixo, Pedro Baby na guitarra, Carlos Trilha nos teclados e Samuca na bateria), com  a percussão da Nação Zumbi (Toga Ogan, Marcos Matias, Gustavo da Lua e Tom Rocha) e os vocalistas Jorge Du Peixe (Nação Zumbi), Siba e Cannibal (Devotos do Ódio).

  • Cineminha e bate-papo

Para os amantes da sétima arte, o “Manguebeat 30 e +” envolve a exibição de três filmes. Em “Árido Movie” (2006), de Lírio Ferreira, um repórter do tempo de uma grande rede de TV paulista precisa voltar à sua cidade natal, no interior do nordeste, por conta do assassinato do pai. Ao chegar, sua família cobra-lhe vingança.

O documentário O Rap do Pequeno Príncipe Contra as Almas Sebosas” (2000), de Paulo Caldas e Marcelo Luna é sobre Helinho, justiceiro de 21 anos conhecido como “Pequeno Príncipe” e acusado de matar 65 bandidos no município de Camaragide (PE); e Garnizé, músico de 26 anos e integrante da banda de rap Faces do Subúrbio.

Ambos são os opostos e, ao mesmo tempo, iguais, na condição de filhos de uma guerra social silenciosa, que é travada diariamente nos subúrbios das grandes cidades brasileiras.

Já o longa “Manguebit” (2021), de Jura Capela, experimenta a liberdade do pensar do mangue por meio de uma linguagem multifacetada que reflete a ousadia responsável pela vazão do grande símbolo do movimento: uma antena parabólica enfiada na lama dos estuários (ambiente aquático de transição entre um rio e o mar).

Para entender ainda mais sobre o movimento e os deus desdobramentos nos dias de hoje, acontece o bate-papo “Manguebeat e a Cena Musical Pernambucana – 30 Anos”, com Karina Buhr, Jorge du Peixe, Alessandra Leão e Chinaina. A mediação é da jornalista Lorena Calábria.


#VivaACidadeNaResponsa: ao comparecer aos eventos, não se esqueça de levar o seu passaporte de vacinação. Sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? 💚


Fique ligado(a)! Por conta do novo aumento de pessoas contaminadas pelo Coronavírus, muitos eventos têm sido adiados ou cancelados. Para não deixar de aproveitar seu rolê, antes de sair de casa, confirme nos sites, bilheterias, teatros e plataformas de vendas de ingressos se não ocorreram alterações na sua atração.

Gostou da dica? Então aproveite e veja outros eventos imperdíveis e diversos por SP:

?>