Piscina de bolinhas gigante é instalada em shopping de SP

Informar

MASP é tomado por música clássica com o ‘Ilumina Festival’

Concerto, oficinas e apresentações descontraídas e interativas estão inclusas na programação desta 2ª edição do evento

Por: Redação | Comunicar erro

Neste domingo, dia 10 de janeiro, a partir do meio-dia, o MASP recebe a 2ª edição do “Ilumina Festival”, um encontro internacional de música clássica. A entrada é Catraca Livre e os ingressos para o concerto principal podem ser retirados a partir das 15h na bilheteria do local.

A iniciativa liderada pela violista norte-americana Jennifer Stumm consiste em reunir solistas estrangeiros e jovens talentos brasileiros para produzir música de câmara de ponta. O destaque é o concerto no auditório do museu, às 16h, que conta com nomes de peso como o contrabaixista norte-americano Joseph Conyers, o cellista italiano Giovanni Gnocchi, a violista alemã Julia Gartemann, entre outros.

A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.
A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.

A programação ainda conta com intervenções e atividades surpresa ao longo do museu em estilo “pop-up”. Quartetos e quintetos se reúnem no vão livre, no café e no foyer, para apresentações descontraídas e interativas com o público.

Além disso, são oferecidas oficinas e mini-aulas com o intuito de desmistificar a música clássica e aproximar os músicos dos espectadores.

Compartilhe: