CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

CANCELADA: Casa das Rosas tem programação especial no Mês da Poesia

Considerando o cenário de combate ao COVID-19, o evento foi suspenso. Veja o comunicado oficial:

Por: Redação
 

Local de referência literária em SP, a Casa das Rosas oferece uma programação repleta de poesia para os admiradores, pesquisadores e praticantes de criação poética e musical no mês em que se comemora o Dia Mundial da Poesia!

O museu programou um curso sobre a obra do russo Vladímir Maiakóvski – uma das referências dos poetas que criaram a poesia concreta no Brasil –, uma apresentação de música experimental, uma oficina para quem quer começar a escrever poemas e um stand-up com a escritora e compositora Patrícia Meira.

fachada casa das rosas
Crédito: Rogério CassimiroCasa das Rosas tem programação diversificada, como uma a oficina para pessoas que nunca escreveram poemas

Concentrada em livros de autores que foram referências para o poeta Haroldo de Campos, patrono da Casa das Rosas, a série de encontros de Páginas Abertas: poéticas sincrônicas promove o curso A poesia de Vladímir Maiakóvski às quintas, até 26 de março, das 19h às 21h.

O poeta, tradutor e editor Paulo Ferraz vai abordar a vida, paixão e militância de Maiakóvski, poeta, dramaturgo e designer de cartazes conhecido entre os bolcheviques que revolucionaram também a poética do século XX. Um dos destaques é mostrar como sua obra é marcada pela criatividade e por desejo de mudança. As inscrições estão abertas pelo site do museu.

Em data próxima do Dia Mundial da Poesia, celebrado em 21 de março, a Casa das Rosas oferece a oficina “Eu não sei fazer poesia, mas que se f*da” – cujo título é inspirado na música “Não uso sapato” da banda Charlie Brown Jr., com encontros às terças, até 31 de março, das 19h às 21h.

Vladímir Maiakóvski casa das rosas poesia
Crédito: DivulgaçãoO museu programou um curso sobre a obra do russo Vladímir Maiakóvski (1893-1930) – uma das referências dos poetas que criaram a poesia concreta no Brasil

A oficina é voltada tanto para pessoas que nunca escreveram poemas, buscando despertar a criatividade desse público por meio da escrita, como para as que já tentaram, mas desejam esclarecer dúvidas sobre o processo de criação poética.

Reynaldo Damazio, crítico literário, escritor e coordenador do Centro de Apoio ao Escritor (CAE) da Casa das Rosas, vai aplicar a atividade que está com inscrição aberta.

Já o Expresso Poesia: o stand-up poético da Casa das Rosas recebe, desta vez, a romancista, compositora e oficineira Patrícia Meira no Dia Mundial da Poesia, às 15h.

Nascida e criada em Itajuípe (BA), Patrícia pesquisa novos slams e venceu em competições nesse formato, como no Slam da Guilhermina. A escritora, que tem livros publicados de forma independente, entre eles “Por amar outra mulher Resisto” e “Emaranhado”, apresenta nesse recital alguns dos seus textos autorais.

patrícia meia dia da poesia casa das rosas
Crédito: Sérgio SilvaNascida e criada em Itajuípe (BA), Patrícia pesquisa novos slams e venceu em competições nesse formato, como no Slam da Guilhermina

Ainda no dia 21, o público pode participar de uma viagem pela poesia cantada desde a Grécia Arcaica até o Brasil contemporâneo, conduzida pelo dramaturgo e performer Renato Forin em Costuras poéticas pelo fio da voz, das 19h às 21h.

Nesta aula-espetáculo, o também doutor em Letras pela UEL aborda a força da oralidade, o poder da palavra falada e cantada na configuração dos modos de vida de diferentes culturas, além de temas como o nascimento da poesia, da música e do teatro.

Não tá sensacional essa programação cheia de poesia na Casa das Rosas? Todas as atividades aqui são GRATUITAS, fica de olho só nas que precisam de inscrição prévia e se joga! <3

Mais literatura pra você:

#DicaCatraca: sabemos que existem casos de Coronavírus confirmados em SP, então aproveite o evento com consciência, lave as mãos sempre, use álcool gel, e ao tossir ou espirrar, use o antebraço para cobrir a boca 😉