Últimas notícias:

Loading...

10ª Mostra de Cinema de Tiradentes SP projeta 31 filmes no CineSesc

Edição paulistana exibe uma seleção de produções que competiram nesse importante festival de cinema mineiro. Saiba mais:

Por: Redação

Até 18 de maio de 2022

Todos os dias

consulte a programação

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Site: funarte.gov.br

Telefone: (21) 2265-9933

A tradicional Mostra de Cinema de Tiradentes é um prato cheio para quem ama descobrir verdadeiras pérolas do cinema independente. E, você pode ter um gostinho do que rolou na última edição desse evento, que aconteceu em janeiro, em uma seleção para lá de especial com 31 filmes inéditos, entre longas e curtas-metragens, em uma versão paulistana do festival.

Crédito: Divulgação - Universo ProduçãoExibido na mostra “Vertentes”, o curta paulistano “Acesso”, de Julia Leite, apresenta lugares suspensos na memória de 5 pessoas LGBTs que são revisitados durante a pandemia

O evento ocupa o CineSesc entre 11 e 18 de maio, com sessões em diferentes horários. Os ingressos custam até R$30 e são vendidos no site do Sesc SP.

Os filmes selecionados participaram das duas mostras competitivas da edição mineira, a “Aurora”, de longas-metragens, e a “Foco”, de curtas. Há ainda a “Mostra Vertentes”, criada especialmente para o evento em SP, com filmes de cineastas independentes do nosso estado. Legal, né?

Um dos destaques é o experimental “Sessão Bruta” (2021), do coletivo mineiro As Talavistas e ela.ltda, o grande vencedor da mostra “Aurora”. Rodado com uma câmera Mini-DV em 2018, a produção – “sem grandes preparativos e com muito suor e cerveja”, como o título se autodefine – reúne uma sucessão de prólogos de um filme sempre por fazer.

Assista ainda ao documentário “A Colônia” (2021), de Mozart Freire e Virginia Pinho, que resgata a trajetória do bairro Antônio Justa, em Maracanaú (CE). O lugar surge a partir de uma colônia fundada em 1942 para o isolamento de pessoas com hanseníase.

Crédito: Divulgação - Universo ProduçãoDoc “A Colônia” retrata a história de um bairro que surgiu de um lugar para isolamento de pessoas com hanseníase

Hoje, os novos moradores e os descendentes dos primeiros pacientes convivem num território marcado pela ocupação irregular e a especulação imobiliária, atravessado pelo estigma da doença no passado e a realidade precária atual.

Já no longa “Maputo Nakuzandza” (2021), de Ariadine Zampaulo, jovens saem de uma festa de manhã na capital de Moçambique e senhoras iniciam o dia em seus quintais.

Mostra de Cinema de Tiradentes | SP
Crédito: Divulgação - Universo Produção“Maputo Nakuzandza” narra várias histórias que se cruzam na capital de Moçambique

Um homem corre, uma mulher chega de viagem, um turista passeia, um trabalhador apanha o transporte público e a rádio Maputo Nakuzandza anuncia o desaparecimento de uma noiva.

Curtiu? Então, confira aqui a programação completa da 10ª Mostra de Cinema de Tiradentes | SP


#VivaACidadeNaResponsa: ao comparecer aos eventos, não se esqueça de levar o seu passaporte de vacinação. Sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? 💚


Quer mais rolês para curtir em SP? Dá uma olhada nestas dicas:

Compartilhe: