CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Mostra de Cinema Egípcio exibe filmes online e de graça 🎬

Assista vários títulos produzidos entre 2011 e 2019 nessa programação linda do CCBB

Por: Redação

Até 23 de agosto de 2020

Todos os dias

Diversos horário (confira a programação)

Quer conhecer um pouco mais sobre a cultura do Egito? Então, você não pode perder a chance de garimpar filmões na segunda edição da Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo, realizada pelo CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil, que exibe 24 filmes de graça e online.

A programação completa e links para as sessões podem ser conferidas aqui. Basta preencher um cadastro rápido. As obras são transmitidas em horários específicos, então marque direitinho na agenda o que deseja assistir.

Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo online
Crédito: MAD Solutions – divulgaçãoSucesso de bilheteria, “O Elefante Azul 2” é destaque na Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo

Com curadoria de Amro Saad, egípcio naturalizado brasileiro, a mostra reúne filmes de vários gêneros – da comédia ao terror –, produzidos por cineastas contemporâneos e lançados entre 2011 e 2019. Além disso, a programação ainda prevê debates e outras atividades paralelas.

Um destaque é o terror “O Elefante Azul 2” (2019), de Marwan Hamed, considerado o maior sucesso de bilheteria da história do cinema egípcio. Na trama, o psiquiatra Yehia recebe um novo preso no hospital dizendo que toda a sua família morreria dali a três dias.

Para tentar controlar as coisas e resolver os quebra-cabeças na mente do paciente, o doutor receita as misteriosas pílulas de elefante azul.

Calma! Se você boiou um pouco na história, também tem a chance de assistir ao primeiro filme da série “O Elefante Azul” (2014). Anos antes dessa sequência, o mesmo Dr. Yehia retorna ao trabalho depois de cinco anos afastado. Ele encontra no hospital psiquiátrico seu amigo universitário Sherif, que acabou de chegar para avaliação mental e psicológica por ser acusado de assassinato.

Como um Palito de Fósfoto
Crédito: MAD Solutions – divulgação“Como um Palito de Fósforo” homenageia a Era de Ouro do Cinema Egípcio

Já a comédia “Como um Palito de Fósforo” (2014), de Hussein Al Imam, homenageia as estrelas da era de ouro do cinema egípcio, combinando cenas em preto e branco estreladas por 21 atores da época com cenas e atores novos.

Joana D'Arc Egípcia
Crédito: MAD Solutions – divulgaçãoDocumentário “Joana d’Arc Egípcia” aborda a percepção das mulheres para a Revolução de 2011

Há, ainda, o documentário “Joana D’Arc Egípcia” (2016), de Iman Kamel, que acompanha a jornada do diretor para conhecer a experiência das mulheres egípcias depois da revolução de janeiro de 2011. E essa busca é inspirada pelo diário perdido de uma garota beduína chamada Jeanne.

A mostra exibe também “Fotocópia” (2017), de Tamer Ashry; “Pó de Diamante” (2018), de Marwan Hamed; “Dia do Julgamento Final (Yomeddine)” (2018), de Abu Bakr Shawky; “Entre Dois Mares” (2019), de Anas Tolba; e “O Portão de Partida” (2014), de Karim Hanafy; entre outros.

Confira a programação completa da Mostra de Cinema Egípcio Contemporâneo

Quer matar a saudade das telonas? Então, dá uma olhada nestas dicas:

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.