Últimas notícias:

Loading...

Mostra Ecofalante de Cinema exibe 98 filmes online e grátis 📽

Um dos maiores festivais audiovisuais dedicados à discussão de temas socioambientais chega a sua 9ª edição com produções de 24 países!

Até 20 de setembro de 2020

Todos os dias

24h

Se você está procurando mais um festival de cinema online para maratonar de graça, já pode ficar feliz. A Mostra Ecofalante de Cinema ganha uma edição linda entre os dias 12 de agosto e 20 de setembro, com 98 filmões de 24 países, muitos deles ainda inéditos no Brasil.

Os links para os filmes ficam disponíveis no site da mostra. Já os bate-papos e outras atividades paralelas são transmitidos pela fanpage do evento no Facebook e pelo canal no YouTube.

#DicaCatraca: a mostra disponibiliza todos os dias, a partir das 15h, até 11 filmes para você curtir do conforto da sua casa. Esses títulos podem ser assistidos por apenas 24h, no entanto, cada um deles pode ganhar até quatro outras exibições. Ou seja, é preciso se programar bem para não perder nadinha!

Mostra Ecofalante de Cinema online
Crédito: Fred Jordão | divulgaçãoEstrelado por Alessandra Negrini, “Acqua Movie” é um dos destaques da 9ª Mostra Ecofalante de Cinema

As produções estão divididas em quatro programas: “Panorama Internacional Contemporâneo”, com obras inéditas que se destacaram em festivais fora do país; “Competição Latino-Americana”, que premia os melhores filmes latinos com temáticas socioambientais; “Competição Curta Ecofalante”, com curtas-metragens feitos por estudantes; e “Clássicos e Premiados”, com títulos produzidos entre 1974 e 2018.

O que assistir na Mostra Ecofalante online?

Um dos destaques da programação é “Acqua Movie” (2019), o trabalho mais recente do diretor pernambucano Lírio Ferreira. Na trama, um menino de 12 anos encontra o corpo de seu pai, vítima de um infarto fulminante, no banheiro de casa em São Paulo.

Quando isso acontece, a mãe do menino estava na floresta amazônica gravando um documentário sobre causas indígenas. Nesse road movie, os dois tentam reparar sua relação durante uma viagem pela região do semiárido nordestino, através dos canais de transposição do Rio São Francisco.

A falta de regulação na multibilionária indústria de cosméticos é tema do documentário inédito do canadense “Beleza Tóxica” (2019), de Phyllis Ellis. O filme parte de uma ação coletiva histórica contra uma grande empresa que comercializava um talco para bebês feito com ingredientes cancerígenos.

Outro destaque é o francês “Botando pra Quebrar” (2019), de Lech Kowalski, que fez parte da seleção oficial do Festival de Cannes. A produção mostra como uma música que mistura rock e blues serviu de hino para trabalhadores que protestaram contra uma fábrica da GM&S no interior da França.

Já o documentário inédito “Tomates, Molho e Wagner” (2019), de Marianna Economou, foi o indicado da Grécia ao Oscar de melhor filme estrangeiro. Aqui acompanhamos a história de dois primos que, com a ajuda de cinco mulheres de um pequeno vilarejo rural, pretendem invadir o mercado mundial com seus tomates orgânicos.

Coprodução dos EUA e México, “Patrimônio” (2018), de Lisa F. Jackson e Sara Teale, retrata a luta de três anos de uma pequena comunidade de pescadores na costa pacífica mexicana contra um mega empreendimento norte-americano que ameaça os moradores locais a ficar sem água.

A programação ainda tem entrevista com diretores internacionais, debates com profissionais de várias áreas relacionadas aos temas discutidos nos filmes e uma masterclass. Clique aqui para conferir tudo o que rola na Mostra Ecofalante de Cinema online.

Quer mais sessão pipoca em casa? Olha estas dicas:

 

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.