Últimas notícias:

Loading...

Mostra Lumière Cineasta celebra 125 anos do cinema no CCBB RJ

Programação conta com mais de 100 curtas-metragens produzidos graças aos irmãos Lumière!

Ouça este conteúdo

Até 20 de dezembro de 2020

Segunda - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo

Diversos horários (ver programação completa)

Grátis

No dia 28 de dezembro de 1895 aconteceu a primeira exibição pública de cinema. De lá para cá, muita coisa mudou, e o que começou como um registro cotidiano se transformou em uma indústria! E você pode conferir tudo isso de pertinho na Mostra Lumière Cineasta, em cartaz no CCBB RJ até 20 de dezembro, com entrada gratuita.

Mostra Lumière Cineasta
Crédito: Institut LumièreCelebre os 125 anos da primeira exibição de cinema com a Mostra Lumière Cineasta

O CCBB RJ está adaptado às novas medidas de segurança sanitária: entrada apenas com agendamento online, controle da quantidade de pessoas no prédio, fluxo único de circulação, medição de temperatura, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel e sinalizadores no piso para o distanciamento. No cinema, a capacidade foi reduzida para 50%, com higienização completa antes de cada apresentação/sessão, além do distanciamento de 2 metros entre as poltronas.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


  • Mostra Lumière Cineasta

Com a criação do cinematógrafo – uma câmera de vídeo portátil movida à manivela -, e a possibilidade de utilizar um projetor para exibir esses filmes em telas grandes, os inventivos irmãos transformaram o cinema em espetáculo!

Entre 1895 e 1905, a Companhia Lumière produziu 1.428 filmes, que ficaram conhecidos como “vistas” e tinham em média 50 segundos. E o público pôde assisti-los nas salas de cinema abertas pela dupla em Lyon, Londres, Bruxelas, Paris e outras cidades do mundo.

A Mostra Lumière Cineasta reuniu 114 “vistas” da Societé Lumière, algumas com rara circulação, separadas por temas. Cada programa é composto também por obras de cineastas  de épocas e estilos diferentes.

Você pode apreciar títulos como “Um dia no campo” (Jean Renoir, 1936), “Playtime” (Jacques Tati, 1967), “Do polo ao Equador” (Angela Ricci Lucchi e Yervant Gianikian, 1986) e “Goshogaoka” (Sharon Lockhart, 1997), além de clássicos de Buster Keaton, Dziga Vertov, Vittorio De Seta e Shirley Clarke.

Veja a programação completa neste link aqui.

  • Preciosidades da Companhia Lumière

Um dos destaques encontrados na Mostra Lumière Cineasta são os panoramas: “vistas” de trens, carros ou barcos em movimento, que são considerados os primeiros movimentos de câmera do cinema.

Mostra Lumière Cineasta
Crédito: Institut LumièreQuem não se lembra da icônica filmagem da chegada do trem à estação?

Essas imagens refletem a mentalidade moderna e relacionada ao progresso da virada do século 19 para o 20. Há, por exemplo, uma série de 26 filmes sobre a Exposição Universal de 1900, em Paris.

O público também encontra filmagens de viagens que repercutiam o impulso colonialista da França naquele período. Há cenas na Indochina Francesa, atual Vietnã, no Japão, na Tunísia e em todo o Oriente Médio e norte da África, bem como na América.

Quer curtir mais atrações em segurança no RJ? Veja:

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.