Imagem do Topo

Mostra Mundo Árabe dá destaque para produções feitas por mulheres

São 12 filmes, sendo sete dirigidos por mulheres, destacando uma nova geração de cineastas árabes e temas relacionados aos desafios no Mundo Árabe

Por: Redação | Comunicar erro
Até
14
de agosto 2019
Segunda - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Confira programação

Com 12 filmes selecionados, sendo sete dirigidos por mulheres, a Mostra Mundo Árabe chega a sua 14ª edição destacando a nova geração de cineastas árabes e os desafios da região, como a crise de refugiados.

cena do filme árabe 'além do véu'
Crédito: reprodução‘Além do Véu’ é um dos filmes da Mostra Mundo Árabe dirigidos por mulheres e fala sobre crescente islamofobia nos Estados Unidos, onde as muçulmanas de Nova York encontram refúgio em um novo salão de beleza

Em meio à turbulência social e política de sua esfera, o Mundo Árabe vem apresentando um número crescente de cineastas talentosos, que busca se recompor com maior criatividade e através de técnicas sofisticadas de filmagem, para expor ao público as questões que afligem a sua geração, trazendo as questões das sociedades árabes atuais para o primeiro plano.

Em virtude disso, observa-se uma presença cada vez maior da cinematografia árabe em festivais de grande envergadura, como Cannes, Veneza, Berlim, Locarno, Toronto e Sundance, além do Oscar e do César.

São tais expoentes que a Mostra Mundo Árabe de Cinema escolheu apresentar por meio de prévias, debates em filmes e ciclos temáticos para apresentar a variedade de estilos e temas, destacando não apenas a política e o cotidiano, bem como a beleza, a arte e o senso de humor, que com tamanha intensidade são registros marcantes das sociedades do Mundo Árabe.

9 CINEMAS DE RUA EM SP PARA FUGIR DA PROGRAMAÇÃO ‘BLOCKBUSTER’

cena do filme 'afortunados' da mostra mundo árabe
A abertura para o público da Mostra Mundo Árabe acontece no dia 7 de agosto, a partir das 20h30, no CineSesc, com exibição do filme “Afortunados” e presença da diretora argelina Sofia Djama, que participará ainda de debate no dia 8

A programação da Mostra Mundo Árabe tem como fio condutor “os desafios do Mundo Árabe em meio à crise de refugiados, ao terrorismo, ao pós-colonialismo, ao clamor por mais liberdade de expressão, mas também o retorno às origens, a memória e a análise do passado frente a um novo cenário que se revela”.

As produções estão divididas em três sessões temáticas: “A Memória e seus encontros”, “A Chama da Insurreição” e “Do limite ao deslocamento”.

Entre os destaques desta edição, além de “Afortunados”, que abre a mostra no dia 7 de agosto com a presença da diretora Sofia Djama, estão “Caçando Fantasmas”, “Corpo Estrangeiro”, “Sobre Pais e Filhos” e “Relatórios de Sarah e Saleem”.

cena do filme meu tecido favorito
Crédito: reprodução‘Meu tecido favorito’ é o primeiro longa-metragem de Gaya Jiji, uma cineasta síria radicada em Paris desde 2012

A 14ª Mostra Mundo Árabe de Cinema acontece de 7 a 14 de agosto, no CineSesc. A grade de horários completa do festival pode ser conferida aqui.

Os ingressos estão à venda pelo site do CineSesc e custam até R$ 12. A sessão de abertura, às 20h30, do dia 7 de agosto, é a única com entrada gratuita.

Abaixo, confira a sinopse dos filmes:

  • Sessão a Memória e Seus Encontros

Os Afortunados
Argélia, França, Bélgica, Catar/2017/102 min/ 14 anos
Gênero: Drama
Diretora: Sofia Djama
Elenco: Nadja Kaci, Amine LANSARI, Lyna KHOUDRI, Adam BESSA, Faouzi BENSAÏDI
Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Argel, alguns anos depois da guerra civil. Amal e Samir decidiram celebrar seu vigésimo aniversário de casamento em um restaurante. Enquanto estão a caminho, compartilham seus pontos de vista sobre a Argélia: Amal conta sobre ilusões perdidas e Samir sobre a necessidade de lidar com elas. Ao mesmo tempo, seu filho Fahim e seus amigos Feriel e Reda estão vagando em uma hostil Argel prestes a roubar sua juventude. Vencedor de 3 prêmios no Festival de Cinema de Veneza 2017: prêmio de melhor atriz categoria Orizzonte do Festival de Veneza; o Brian Award, pela campanha em prol da democracia, dos direitos humanos, do pluralismo e da liberdade de pensar, e o prêmio Lina Mangiacapri por invocar mudanças à imagem da mulher no cinema.

A Memória da Guerra Civil no Líbano
Líbano/2018/76min/ 14 anos
Gênero: documentário
Diretor: Ghassan Halwani
Idioma: Árabe e inglês com legendas em português.

Sinopse
Trinta e cinco anos atrás, eu testemunhei o sequestro de um homem que conheço. Ele desapareceu desde então. Dez anos atrás, tive um vislumbre de seu rosto enquanto andava na rua, mas não tinha certeza se era ele. Partes de seu rosto foram arrancadas, mas suas feições permaneceram inalteradas desde o incidente. No entanto, algo era diferente, como se ele não fosse o mesmo homem. Filme obteve a “Menção Especial” no Festival Internacional de Cinema de Locarno 2018.

Uma Substância Mágica Flui em Mim
Alemanha, Palestina, Reino Unido, Suécia /2015/ 70 min
Gênero: Documentário
Diretora: Jumana Manna
Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Com uma mistura de ficção e documentário, Jumana Manna explora diferentes tradições musicais das comunidades que vivem dentro e ao redor de Jerusalém, a partir da figura do especialista judeu alemão Robert Lachman e seu trabalho na Palestina.

  • Sessão a Chama da Insurreição

Além do Véu
Estados Unidos/2018/18min/ 14 anos
Gênero: Documentário
Diretora: Joy Ernanni
Idioma: Inglês com legendas em português

Sinopse
Em um momento de crescente islamofobia nos Estados Unidos, as muçulmanas de Nova York encontram refúgio em um novo salão de beleza. Sob o comando de uma empreendedora muçulmano-americana determinada, Le’Jemalik é o primeiro salão exclusivo para mulheres: um lugar onde é possível remover o véu e desfrutar de serviços de beleza halal.

Caçando Fantasmas
França, Palestina, Suíça, Catar/2017/94 min/ 14 anos
Gênero: Documentário
Diretor: Raed Andoni
Elenco: Ramzi Maqdisi, Mohammed ‘Abu Atta’ Khattab, Raed Andoni, Atef Al-Akhras
Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Para confrontar os fantasmas que o assombram, o diretor palestino Raed Andoni reúne um eclético grupo de ex-prisioneiros para construir uma réplica do Al-Moskobiya, o principal centro de interrogatório de Israel, onde ele próprio foi preso aos 18 anos. Eles dão forma ao centro de interrogatório que todos experimentaram e reencenam suas histórias. Conforme as paredes das células se elevam, as línguas e as emoções se soltam. Melhor documentário na Berlinale 2017 e indicado a Melhor Filme Estrangeiro no 91º Oscar.

Panoptic
Líbano/2017/69min/ 14 anos
Gênero: documentário
Diretora: Rana Eid
Idioma: Árabe e inglês com legendas em português.

Sinopse
Panoptic é uma carta de uma filha para seu falecido pai em uma tentativa de se conciliar com o passado turbulento de seu país. Investiga o submundo de Beirute para explorar a esquizofrenia do Líbano: uma nação que prospera pela modernidade, enquanto ironicamente ignora os vícios que obstruem a conquista dessa modernidade. Filme integra a Seleção Oficial do Festival Internacional de Cinema de Locarno 2017

Sobre Ovelhas e Homens
Argélia, Suíça, França, Catar/2017/78 min/14 anos
Gênero: Documentário
Diretor: Karim Sayad
Elenco: Samir Meflah & Habib Halfaya
Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Habib, de dezesseis anos, sonha em se tornar um veterinário. Incapaz de estudar para sua esperada profissão, ele comprou uma ovelha chamada El Bouq. Sua esperança? Treinar o animal para se tornar um campeão de luta. Enquanto isso, Samir, de 42 anos, não tem mais sonhos, a não ser ganhar dinheiro suficiente vendendo ovelhas para sobreviver às dificuldades da vida cotidiana.

  • Sessão do Limite Ao Deslocamento

Além das distopias, choques culturais e busca de dignidade, tomamos contato nestas obras com a força e a magia da arte do Cinema, que traz luz e esperança para as angústias existenciais de um mundo interconectado, e ao mesmo separado, na palma da mão, pelos sinais digitais e pelos sonhos de emoções reais, e redenção.

Benzina
Tunísia/2017/ 90 min
Gênero: Drama
Diretora: Sarra Abidi,
Elenco: Ali Yahyaoui, Sondos Belhassen, Jamel Chandoul, Fatma Ben Saidane, , Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Salem e Halima não têm notícias de seu filho que saiu ilegalmente para a Itália. Eles vivem em agonia. O filme é ambientado no sudeste da Tunísia, Ahmed vende óleo diesel contrabandeado na estrada para a Líbia. Histórias conflitantes circulam sobre o destino de seu único filho. Ao longo de sua história, seguimos os itinerários da juventude precária, os pais lutando em silêncio pela família e o destino da região extremamente marginalizada. O filho deles é encontrado? Ele está vivo ou morto? Vencedor do Júri Especial do Festival de Dubai 2017.

Corpo Estrangeiro
França, Tunísia/2016/92min/ 14 anos
Gênero: Drama
Diretora: Raja Amari
Elenco: Hiam Abbass, Sarra Hannachi, Salim Kechiouche
Idioma: Francês e Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Procurando refúgio do irmão, um muçulmano radical, Samia vai para a casa de seu amigo Imed, mas busca sua independência e liberdade, o que acaba encontrando com a Sra. Bertaud, uma viúva rica para quem vai trabalhar. A relação delas logo se transforma em uma ligação sexual que incomoda Imed, dividido entre suas crenças religiosas e desejos sexuais. Integrou a Seleção Oficial do Festival Internacional de Cinema de Toronto – TIFF 2016 e da seção Forum da Berlinale 2017.

Meu tecido favorito
França, Alemanha, Turquia/2018/95 min/14 anos
Gênero: Drama
Diretora: Gaya Jiji
Elenco: Manal Issa, Ula Tabari, Souraya Baghdadi
Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Damasco, primavera de 2011. São os primeiros estágios da revolução. Nahla, 25 anos, está dividida entre seu desejo de liberdade e a esperança de deixar o país graças a um casamento arranjado com Samir, um expatriado sírio nos EUA. Quando ele escolhe sua irmã mais nova, mais dócil, Nahla encontra refúgio na vizinha, a misteriosa Sra. Jiji. Integrou a Seleção Oficial de Un certain regard, Festival de Cannes, 2018.

Relatórios de Sarah e Saleem
Palestina, Holanda, Alemanha/México/2018/127 min/ 14 anos
Gênero: Drama
Diretor: Muayad Alayan
Elenco: Adeeb Safadi, Sivane Kretchner, Ishai Golan, Maisa Abd Elhadi
Idioma: Árabe, hebraico e inglês com legendas em português.

Sinopse
Sarah é israelense e administra um café em Jerusalém Ocidental. Saleem é palestino de Jerusalém Oriental e trabalha como entregador. Apesar de serem mundos separados, Sarah e Saleem arriscam tudo quando embarcam em um caso ilícito que pode destruir suas famílias. Na pressão sócio-política, Sarah e Saleem encontram-se presos numa teia de falsidade e nem mesmo a verdade parece capaz de resolver.

Sobre Pais e Filhos
Alemanha, Síria, Líbano/2017/99 min/ 14 anos
Gênero: Documentário
Diretor: Talal Derki
Elenco: Abu Osama, Ayman Osama. Osama Osama
Idioma: Árabe, com legendas em português.

Sinopse
Talal Derki retorna para sua terra natal, onde ele ganha a confiança de uma família radical islâmica, compartilhando sua vida diária por mais de dois anos. Sua câmera foca em Osama e seu irmão mais novo Ayman, fornecendo uma visão extremamente rara sobre o que significa crescer em um califado islâmico. Indicado ao Oscar de melhor documentário de longa-metragem 2019.

Que tal conhecer SP com outros olhos?

Está em solo paulistano e não sabe o que fazer para passar o tempo? Descubra aqui os rolês perfeitos para ti!