Mostra no MIS projeta clássicos de Stanley Kubrick

Além dos filmes, os fãs podem apreciar uma coleção de cartazes feitas por Fernando Tucunduva e inspirada em “2001: Uma Odisséia no Espaço”

Por: Redação
Até
29
de julho 2018
Domingo - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado
Diversos horários

Quer entrar em contato com grandes mestres do cinema? Então, que tal dar uma passadinha no MIS, em São Paulo? Além da exposição sobre o Hitchcock, que fica em cartaz entre 13 de julho e 21 de outubro, o museu realiza uma mostra sobre o Stanley Kubrick (1928 – 1999), entre os dias 24 e 28 de julho.

Cena do filme
"O Iluminado" terá sessão especial no dia 29 de julho, às 15h, no MISReprodução
Cena do filme
"Nascido para Matar" terá sessão no dia 24 de julho, às 18h30, no MISReprodução
Cena do filme
"Glória Feita de Sangue" terá sessão no dia 24 de julho, às 20h40, no MISReprodução
Cena do filme
"Dr. Fantástico" terá sessão no dia 25 de julho, às 16h, no MISReprodução
Cena do filme
"Spartacus" terá sessão no dia 25 de julho, às 18h30, no MISReprodução
Cena do filme
"Barry Lindon" terá sessão no dia 26 de julho, às 19h, no MISReprodução
Cena do fillme
"Lolita" terá sessão no dia 27 de julho, às 16h, no MISReprodução"
Cena do filme
"2001: Uma Odisseia no Espaço" terá sessões nos dias 27, e 28 de julho, às 19h, no MIS "Reprodução"
Cena do filme
"De Olhos Bem Fechados" terá sessão no dia 28 de julho, às 13hReprodução
Cena do filme
"Laranja Mecânica" terá sessão no dia 28 de julho, às 16h, no MISReprodução

Grandes clássicos do diretor poderão ser vistos por R$ 12 (inteira) e R$6 (meia entrada). Além disso, no dia 29, às 15h, tem um bônus: o Cinematographo, aquela exibição especial acompanhada por música ao vivo, será com o suspense “O Iluminado” (1980), seguida também por um bate-papo.

Na história, durante o inverno, um homem (Jack Nicholson) é contratado para ficar como vigia em um hotel no Colorado e vai para lá com a mulher (Shelley Duvall) e seu filho (Danny Lloyd). Porém, o contínuo isolamento começa a lhe causar problemas mentais sérios e ele vai se tornado cada vez mais agressivo e perigoso, ao mesmo tempo que seu filho passa a ter visões de acontecimentos ocorridos no passado, que também foram causados pelo isolamento excessivo.

Os ingressos para a sessão Cinematographo estarão à venda na recepção MIS e no site a partir do dia 20 de julho. Já a mostra normal abrirá as vendas no site e na recepção no dia 17 de julho. A programação será atualizada aqui.

Cartazes mais do que especiais

O museu também deixará exposto 12 cartazes feitos pelo designer Fernando Tucunduva em homenagem aos 50 anos do filme “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968). Para criar a série, o artista pesquisou o contexto da indústria cinematográfica no final da década de 1960, observando os recursos utilizados, o estilo de imagem, as cores e os pôsteres da época.

Dessa forma, os cartazes foram criados na proporção do monolito 4:9 e as técnicas de alto contraste das fotografias, bem como a textura granulada e levemente desfocada, foram bastante exploradas.

Programação

Na terça, dia 24 de julho, às 18h30, será exibido o filme “Nascido Para Matar” (1987). Na história, um sargento (R. Lee Ermey) treina de forma fanática e sádica os recrutas na intenção de transformá-los em máquinas de matar para combater na Guerra do Vietnã. Após serem transformados em fuzileiros navais, eles são enviados para o confronto e se deparam com seus horrores.

https://www.youtube.com/watch?v=hDOTx44fGgA

Mais tarde, às 20h40 do próprio dia 24, será a vez de “Glória Feita de Sangue” (1957). Em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, Mireau (George Meeker), um general francês, ordena um ataque suicida e como nem todos os seus soldados puderam fazer isso, ele exige que sua artilharia ataque as próprias trincheiras. Como seu pedido não é obedecido, ele resolve pedir o julgamento e a execução de todo o regimento por se comportar covardemente no campo de batalha.

Na quarta, dia 25, às 16h, o filme escolhido é “Dr. Fantástico” (1964). No longa, um general norte-americano acredita que os soviéticos estão sabotando os reservatórios de água dos Estados Unidos e decide fazer um ataque anticomunista, bombardeando a União Soviética para se livrar dos “vermelhos”. Com as comunicações interrompidas, ele é o único que possui os códigos para parar as bombas e evitar o que provavelmente seria o início da Terceira Guerra Mundial.

No dia 25, às 18h30, será exibido “Spartacus” (1960). Spartacus (Kirk Douglas) é um escravo que labuta para o Império Romano enquanto sonha com o fim da escravidão. Ele foi condenado à morte por morder um guarda em uma mina na Líbia, mas seu destino é mudado por um lanista (negociante e treinador de gladiadores). Um dia, Spartacus é escolhido para duelar até a morte com um gladiador negro que, apesar de vencer a luta, se recusa a matar seu opositor, o que custa a sua vida. Essa injustiça enfurece Spartacus, que passa a liderar uma revolta de escravos.

No dia 26, às 19h, o público poderá assistir “Barry Lyndon” (1975). No século 18, Barry (Ryan O’Neal), um aventureiro irlandês, transgride a lei e é obrigado a deixar sua cidade. Junta-se ao exército para logo em seguida tornar-se espião e traidor. Seu principal objetivo é chegar até a aristocracia por meio do casamento. Ele consegue, mas após um breve período de felicidade, um triste destino o aguarda.

Na sexta, dia 27, tem sessão de “Lolita” (1962), às 16h. Inspirado no livro de Vladimir Nabokov, o longa conta a história de um erudito professor universitário britânico que vai trabalhar nos Estados Unidos e lá fica tão obcecado por uma ninfeta de 14 anos que se casa com sua mãe para estar próximo dela. Porém, quando a esposa morre atropelada, ele acredita ser o momento adequado para seduzir a enteada. No entanto, algo acontece que pode prejudicar seus planos.

Um pouco mais tarde no dia 27, às 19h, tem bate-papo seguido pela exibição do filme “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968). Desde a “Aurora do Homem” (a pré-história), um misterioso monolito negro parece emitir sinais de outra civilização, interferindo na Terra. Quatro milhões de anos depois, no século 21, uma equipe de astronautas liderados pelo experiente David Bowman (Keir Dullea) e Frank Poole (Gary Lockwood) é enviada à Júpiter para investigar o enigmático monolito na nave Discovery, totalmente controlada pelo computador HAL 9000. Entretanto, no meio da viagem, HAL entra em pane e tenta assumir o controle da nave.

https://www.youtube.com/watch?v=LN8gtW9uGRo

Já no dia 28, tem três sessões programadas. Para começar, às 13h, o último filme de Kubrick: “De Olhos Bem Fechados” (1998). Bill Harford (Tom Cruise) é casado com a curadora de arte Alice (Nicole Kidman). Ambos vivem o casamento perfeito até que, logo após uma festa, Alice confessa que sentiu atração por outro homem no passado e que seria capaz de largar Bill e sua filha por ele. A confissão desnorteia o sujeito, que sai pelas ruas de Nova York assombrado com a imagem da mulher nos braços de outro. Ele acaba em meio a uma reunião secreta em uma mansão afastada.

Depois, às 16h, tem exibição de “Laranja Mecânica” (1971). No futuro, o violento Alex (Malcolm McDowell), líder de uma gangue de delinquentes que matam, roubam e estupram, cai nas mãos da polícia. Preso, ele recebe a opção de participar em um programa que pode reduzir o seu tempo na cadeia. Alex vira cobaia de experimentos destinados a refrear os impulsos destrutivos do ser humano, mas acaba se tornando impotente para lidar com a violência que o cerca.

Por fim, às 19h, mais uma exibição de “2001: Uma Odisseia no Espaço”.

1
Ópera do Arame: símbolo emblemático de Curitiba
Entre lagos, vegetação típica e cascatas, numa paisagem singular, está a Ópera do Arame. Colaí que eu vou te contar porque …
2
Cisne Branco: Espaço cultural flutuante em Porto Alegre
Verdadeiro ícone de Porto Alegre, o barco Cisne Branco é referência quando se fala de rolê flutuante! Colaí pra navegar nessas …
3
As obras de Niemeyer espalhadas por BH
Você sabia que há várias obras de Niemeyer espalhadas por BH? Colaí que eu vou mostrar pra você!
4
Poço da Panela: um roteiro imperdível e relax no Recife
Pensando em roteiros diferentes e alternativos para curtir o Recife? Que tal conhecer o histórico bairro do Poço da Panela? …
5
O melhor acarajé de BH é na Feira Hippie
A Feira Hippie é a maior feira da América Latina! Lá você encontra de tudo, inclusive, o melhor acarajé de …
6
Um pulo na ponta do Humaitá e no Forte de Monte Serrat, em Salvador
Um dos lugares mais charmosos de Salvador, com privilegiada vista da Baía de Todos os Santos e um pôr de …
7
Teatro Oficina Uzyna Uzona: patrimônio vivo em SP
Que tal conhecer o grupo de teatro mais antigo e em atividade do Brasil? Sessentona, a Companhia Teatro Oficina Uzyna Uzona …
8
Confeitaria Colombo: gastronomia certa no Rio de Janeiro
Um combo perfeito de arquitetura, decoração e gastronomia, tem um nome: Confeitaria Colombo. Colaí que vamos te mostrar este rolé inesquecível!