Mostra projeta filmes do Quebec no CineSesc

Por: Redação Comunicar erro

Que tal aproveitar a semana para curtir um cineminha canadense? Entre 20 e 26 de junho, o CineSesc exibe a mostra Projeta: Filmes do Quebec, em parceria com o Governo do Quebec e o Escritório do Quebec em São Paulo. Com ingressos por até R$ 12, a programação oferece ao público a chance de assistir a 15 filmes realizados por cineastas independentes dessa província no Canadá.

Incêndios tem sessão no dia 21 de junho, às 21h
Incêndios tem sessão no dia 21 de junho, às 21hReprodução
C.R.A.Z.Y. Loucos por amor tem sessão no dia 26 de junho, às 21h
C.R.A.Z.Y. Loucos por amor tem sessão no dia 26 de junho, às 21hReprodução
Laurence Anyways é a atração do dia 22 de junho, às 21h
Laurence Anyways é a atração do dia 22 de junho, às 21hReprodução
A mostra projeta
A mostra projeta "Mommy" no dia 25 de junho, às 21hReprodução
O Declínio do Império Americano tem sessão no dia 25 de junho, às 17h
O Declínio do Império Americano tem sessão no dia 25 de junho, às 17hReprodução

A curadora  Katia Adler, que também é diretora do Festival de Cinema Brasileiro de Paris, mesclou obras de profissionais consagrados, como Denys Arcand, Denis Villeneuve e Xavier Dolan, com produções novíssimas e inéditas no Brasil.

Entre os grandes sucessos estão o memorável “O Declínio do Império Americano” (1986), de Denys Arcand, que marcou uma geração e logo se tornou um clássico; “C.R.A.Z.Y. – Loucos por Amor” (2006), de Jean-Marc Vallée, sobre um jovem que tenta se descobrir; “Incêndios” (2010), de Denis Villeneuve, que já foi até adaptado pela atriz Marieta Severo para o teatro; e os filmes “Laurence Anyways” (2012) e “Mommy” (2014), de Xaxier Dolan.

Para quem quer descobrir novos universos, algumas produções inéditas no Brasil são “Pegadinhas” (2016), de Vincent Biron, que aborda aspectos agridoces de amizades que nascem na adolescência; “Cão de guarda”, de Sophie Dupuis, que fala sobre relações tóxicas; O jardineiro”, de Sébastien Chabot, sobre o Les Quatre Vents, o maior jardim do mundo; e “Tatuagens falsas”, de Pascal Plante, filme romântico com um casal pouco convencional.

Para os amantes de curtas-metragens, o brasileiro Daniel Schorr, que vive em Montreal há 20 anos, apresentará filmes de seus alunos do célebre John Abbott College. Ele também é responsável pela programação do Cine Clubinho nos dias de festival.

Confira aqui a programação completa da mostra.

  • Quer mais cineminha? Confira:

Compartilhe:

1
02:35
Dique Tororó: encontro com a natureza e a ancestralidade de Salvador
O Dique Tororó é um cartão postal com muito potencial para ser ponto de entretenimento para quem viaja a fim …
2
04:04
SP: Calçadão Urbanóide, volta ao mundo sem sair da garagem
Se você for dar um pulo pela região da avenida Paulista com a rua Augusta, não pode deixar de visitar …
3
03:02
Por que todo mundo ama o Jardim Botânico?
O Jardim Botânico de Curitiba é um dos cartões-postais mais visitados da cidade. E por que não do Brasil? A grande …
4
02:23
Casa de Cultura Mário Quintana: lazer para todo mundo em POA
Se você estiver andando pelas ruas do centro histórico de Porto Alegre e der de cara com uma construção de …
5
04:22
Santa Teresa: o charme da boemia carioca
Com casarões dos anos 1940 ainda preservados, suas ruas de paralelepípedo e o famoso bondinho, Santa Teresa nos remete à …
6
03:23
Torre Malakoff e mais 3 lugares incríveis para você curtir em Recife
Quem pensa no Recife e só enxerga praia pode se surpreender ao saber que existe um enorme universo artístico, histórico …
7
04:52
Mira: um mirante com vista incrível e comida boa
Você sabia que o Mirante 9 de Julho agora é MIRA e conta com gestão 100% feminina? Não? Então #Colaí, que …
8
02:08
SP tem rodízio de mini-burgers e milk-shakes fofos
Uma casa especializada em rodízio de mini-burgers e milk-shakes em boias fofas. Fomos visitar a segunda unidade no bairro dos …