CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Mostra projeta filmes do Quebec no CineSesc

Por: Redação

Que tal aproveitar a semana para curtir um cineminha canadense? Entre 20 e 26 de junho, o CineSesc exibe a mostra Projeta: Filmes do Quebec, em parceria com o Governo do Quebec e o Escritório do Quebec em São Paulo. Com ingressos por até R$ 12, a programação oferece ao público a chance de assistir a 15 filmes realizados por cineastas independentes dessa província no Canadá.

Incêndios tem sessão no dia 21 de junho, às 21h
Incêndios tem sessão no dia 21 de junho, às 21hReprodução
C.R.A.Z.Y. Loucos por amor tem sessão no dia 26 de junho, às 21h
C.R.A.Z.Y. Loucos por amor tem sessão no dia 26 de junho, às 21hReprodução
Laurence Anyways é a atração do dia 22 de junho, às 21h
Laurence Anyways é a atração do dia 22 de junho, às 21hReprodução
A mostra projeta
A mostra projeta "Mommy" no dia 25 de junho, às 21hReprodução
O Declínio do Império Americano tem sessão no dia 25 de junho, às 17h
O Declínio do Império Americano tem sessão no dia 25 de junho, às 17hReprodução

A curadora  Katia Adler, que também é diretora do Festival de Cinema Brasileiro de Paris, mesclou obras de profissionais consagrados, como Denys Arcand, Denis Villeneuve e Xavier Dolan, com produções novíssimas e inéditas no Brasil.

Entre os grandes sucessos estão o memorável “O Declínio do Império Americano” (1986), de Denys Arcand, que marcou uma geração e logo se tornou um clássico; “C.R.A.Z.Y. – Loucos por Amor” (2006), de Jean-Marc Vallée, sobre um jovem que tenta se descobrir; “Incêndios” (2010), de Denis Villeneuve, que já foi até adaptado pela atriz Marieta Severo para o teatro; e os filmes “Laurence Anyways” (2012) e “Mommy” (2014), de Xaxier Dolan.

Para quem quer descobrir novos universos, algumas produções inéditas no Brasil são “Pegadinhas” (2016), de Vincent Biron, que aborda aspectos agridoces de amizades que nascem na adolescência; “Cão de guarda”, de Sophie Dupuis, que fala sobre relações tóxicas; O jardineiro”, de Sébastien Chabot, sobre o Les Quatre Vents, o maior jardim do mundo; e “Tatuagens falsas”, de Pascal Plante, filme romântico com um casal pouco convencional.

Para os amantes de curtas-metragens, o brasileiro Daniel Schorr, que vive em Montreal há 20 anos, apresentará filmes de seus alunos do célebre John Abbott College. Ele também é responsável pela programação do Cine Clubinho nos dias de festival.

Confira aqui a programação completa da mostra.

  • Quer mais cineminha? Confira:
1
5 blocos incríveis para curtir o Carnaval de rua no Rio
Carnaval está aí e é chegada a hora da gente decidir quais blocos nós vamos arrasar as nossas fantasias, confetes, …
2
5 blocos incríveis para curtir o carnaval de rua de SP
O Carnaval está aí! É chegada a hora de escolher os blocos para arrasar na passarela das ruas, ostentando fantasias, …
3
BH: Jetiboca tem café incrível a R$ 3, pão de queijo e muito amor
Um dos lugares mais incríveis e inusitados no centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é o Mercado Novo. Há …
4
3 trilhas no Rio com vistas de tirar o fôlego
Esse vídeo é para os amantes de ecoturismo, ou mesmo para quem quer começar a fazer trilhas e se conectar …
5
Parque da Pedra Branca no RJ: a maior floresta urbana do país
Pega um calçado confortável, passar protetor e repelente e Colaí nessa caminhada pelas trilhas do Parque da Pedra Branca, a …
6
Roteiro zen para fugir do caos de SP
Viver em SP é estar sempre ligadão no 220. Mas é legal dar uma freada no corre corre, né não?Colaí …
7
3 rolés pra curtir no Baixo Tijuca no Rio de Janeiro
A região do Baixo Tijuca tem muito o que oferecer quando o assunto é cerveja gelada!Colaí que eu tenho as …
8
Arena Digital de Curitiba: cinema e planetário no mesmo lugar
Ver as estrelas, mergulhar no fundo do mar, conhecer de pertinho todo o sistema solar. Tudo isso é possível em …