EM ALTA

Mostra online comemora os 10 anos da SP Escola de Teatro

Evento conta com nove espetáculos feitos por artistas incríveis e que se formaram na instituição!

Ouça este conteúdo

Até 29 de novembro de 2020

Todos os dias

Às 20h

Quem AMA teatro não pode perder esta dica! A SP Escola de Teatro, um dos principais centros de formação da cidade em artes cênicas, comemora sua primeira década com a “Mostra Teatral SP 10 Anos”.

São nove espetáculos, feitos por artistas que se formaram na instituição, para você assistir online e de graça até o dia 28 de novembro. Para conferir a programação e reservar seu ingresso, é só acessar este link aqui.

Eleguá - Mostra Teatral SP 10 Anos
Crédito: DivulgaçãoO infantil “Eleguá, Menino e Malandro” é destaque na mostra da SP Escola de Teatro

O empoderadíssimo musical “Bertoleza”, da Cia Gargarejo Teatral, é transmitido no dia 18, às 20h. Livremente inspirado no clássico naturalista “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo, o espetáculo inverte o protagonismo desse romance.

Quem ganha voz desta vez é Bertoleza, uma mulher negra e escravizada que se relaciona com o português oportunista João Romão. Juntos eles constroem um pequeno patrimônio formado por cortiço, armazém e pedreira. Mas, graças à sua ambição desmedida, ele arma planos nefastos para se livrar dela.

Lu Campos e Bruno Silvério
Crédito: The Brenets Fotografia/divulgaçãoMusical “Bertoleza” tem canções originais a partir de ritmos brasileiros

Com direção e adaptação de Anderson Claudir, o espetáculo ainda evoca a trajetória de várias mulheres negras que tiveram suas vozes silenciadas no Brasil, como as escritoras Carolina Maria de Jesus e Maria Firmina dos Reis, a jornalista e professora Antonieta de Barros, a guerreira Dandara e a vereadora Marielle Franco.

Outro destaque é “Na Cama”, do Coletivo C.A.S.A., transmitido no dia 19 de novembro, às 20h. A montagem, inspirada no cinema mudo, conta a história de um casal confinado, interpretado por Bárbara Salomé e José Sampaio. Impossibilitados de sair de casa por conta de uma pandemia, os dois passam a viver apenas na cama, convivendo intensamente e redescobrindo um ao outro.

Na Cama
Crédito: DivulgaçãoCasal na vida real, Bábara Salomé e José Sampaio criam comédia muda sobre o isolamento social em “Na Cama”

A criançada vai se divertir bastante com o infantil “Eleguá, Menino e Malandro”, do Clã do Jabuti, transmitido no dia 20 de novembro, às 20h. A peça, dirigida por Antonia Mattos, apresenta para os pequenos a história do Exu, uma entidade da mitologia afro-cubana.

Eleguá é uma criança travessa, zombadora e brincalhona que decide partir em busca de novas descoberta pelo mundo. Em suas andanças ele acaba crescendo, se apaixonando, amadurecendo e ganhando sabedoria com as experiências que adquire pelo caminho.

Eleguá Menino e Malando
Crédito: DivulgaçãoEspetáculo “Eleguá, menino e malando” apresenta para a criançada a história do Exu

Já a Cia. Teatro da Investigação encena no dia 21 de novembro, às 20h, “A Casa de Farinha do Gonzagão”, com texto e direção de Edu Brisa, inspirado na obra de Luiz Gonzaga. Os personagens das canções do rei do baião são transportados para uma casa de farinha, a cozinha do sertão, onde podem contar os “causos” da suas vidas.

Crédito: Gustavo GGGG - divulgação“A Casa de Farinha do Gonzagão” é inspirada nos personagens das canções do Rei do Baião

Conhecida por encenar peças dentro de ônibus, a Zózima Trupe mostra seu novo trabalho, “O Silêncio das Coisas Quietas”, no dia 23 de novembro, às 20h. A peça transforma espaços como bar, templo, mirante e parque em personagens e trata da experiência dessas figuras de estar subitamente em isolamento.

O desaparecimento do riso na sociedade é tema de “Ânima”, com direção de Isaac Ruy e texto de Fernanda Suaiden, encenado no dia 27 de novembro, às 20h. A peça visa tocar o espectador em sua memória circense e emocional a partir da história de uma trupe itinerante que perde uma de suas principais integrantes.

Ânima - Mostra Teatral SP 10 anos
Crédito: DivulgaçãoEspetáculo “Ânima” cria reflexão sobre o desaparecimento do riso

Diante da necessidade, os artistas criam um anúncio e quem responde é uma jovem “clown”. Ela percebe que a trupe está em frangalhos, mas é convidada a acompanhar o ensaio do espetáculo e descobrir o que movimenta a vida dos artistas que ali estão.

Curtiu? Então, confira aqui a programação completa da mostra da SP Escola de Teatro.

Quer mais dicas de teatro? Olhas estas aqui:

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.

Compartilhe:

Tags:#Teatro