Múmia humana é exibida em exposição sobre Egito no CCBB

Exposição é a mistura do Brasil com a Itália e Egito, já que as 140 peças que vêm pra cá são do italiano Museu Egípcio de Turim

Por: Redação Comunicar erro

Imagina só poder ver de perto uma múmia humana datada de 700 anos A.C? Isso vai ser possível na exposição “Egito Antigo: Do Cotidiano À Eternidade“, planejada pelo CCBB, que abre suas portas em fevereiro de 2020.

A múmia é o corpo de uma senhora que se chamava Tararo. Ela pertencia a 25ª dinastia, que ficou conhecida como Dinastia Núbia ou Faraós Negros. Eles eram oriundos da Núbia, área que corresponde ao atual Sudão.

modelo de mumia exibido no museu do cairo
Crédito: Foto ilustrativa: iStock/@ttattyEssa não é a múmia de Tararo, que vai ser exibida no CCBB SP! Mas já podemos ter uma noção do que vem por aí!

Tararo vem acompanhada por seu bau-caixão, onde se encontram hieróglifos e pinturas. A tradução deles mostra como os egípcios usavam “fórmulas mágicas” para dar orientações para a alma encontrar o corpo mumificado.

ENQUANTO A MÚMIA NÃO VEM: MAIOR EXPOSIÇÃO DE LEGO DO MUNDO REÚNE PERSONAGENS DC COMICS EM SP

Esse era o modo como essa civilização acreditava proteger o espírito contra os perigos da passagem da vida para morte.

esfinge de gizé
Crédito: ReproduçãoAlém da múmia, na mostra do CCBB você vai se sentir no Egito com projeções 3D de importantes monumentos de lá

E não é só isso! A exposição vai contar também com 140 peças relacionadas à história de uma das mais importantes civilizações da história mundial.

Inclusive, outra peça que deve chamar atenção do público é a estátua de uma divindade chamada Sekhmet. Ela tem a cabeça de leoa e é como se fosse a Deusa da guerra. Sua representação em granito tem mais de dois metros e pesa cerca de 500 quilos.

estátua de Sekhmet do museu egípcio de turim
Crédito: © Museo Egizio/DivulgaçãoEssa é a outra grande atração da mostra ‘Egito Antigo: Do Cotidiano À Eternidade’, a estátua de dois metros da deusa Sekhmet

Para quem nunca foi ou conhece pouco do Egito, um vídeo introdutório no começo da exposição vai projetar imagens 3D dos mais importantes monumentos de lá, como o templo de Karnak e a esfinge de Gizé.

A múmia humana, a estátua de Sekhmet e os outros artefatos originais da exposição “Egito Antigo: Do Cotidiano À Eternidade” vão ocupar todos os andares do CCBB São Paulo a partir do dia 19 de fevereiro de 2020. Todas as peças vêm do Museu Egípcio de Turim, na Itália.

corredor do museu egípcio de turim, na itália
Crédito: ReproduçãoO Museu de Antiguidades Egípcias de Turim possui uma das maiores coleções egiptológicas do mundo, com cerca de 6.500 obras expostas e 26.500 em reserva

Ainda não há informações sobre valores de ingressos, nem duração da mostra. Mas fica ligado aqui na Agenda da Catraca Livre, que a gente conta tudo pra você assim que possível! ;)

Aprendendo com nosso passado:

O Museu Afro Brasil conserva um acervo com mais de seis mil obras produzidos entre o século XVIII e os dias de hoje, confira aqui nossa matéria especial sobre o espaço!