Imagem do Topo

Musical ‘Amor Barato’ conta a história de um amor impossível

Espetáculo urbano e carregado de crítica social reúne 11 artistas no palco do Sesc Copacabana e pode ser visto a partir de R$ 7,50

Por: Redação | Comunicar erro
Até
26
de agosto 2018
Domingo - Sexta - Sábado
Sexta e sábado, às 20h30
Domingo, às 19h

Referências reais, fábulas tradicionais e romances clássicos serviram de inspiração para a montagem do musical “Amor Barato – O Romeu e Julieta dos Esgotos”, que ocupa o palco do Teatro de Arena do Sesc Copacabana, no Rio, até 26 de agosto, sempre às sextas e finais de semana. Os ingressos custam R$ 30, R$ 15 (meia) e R$ 7,50 (habilitado Sesc).

Urbano e com forte crítica social, o espetáculo, dirigido por Fábio Espírito Santo e Ana Paula Bouzas, traz 11 atores e músicos (quinteto) em cena, que dão voz e corpo a dezenas de personagens criados para narrar e viver as aventuras de um amor impossível entre famílias rivais. A trilha sonora, assinada pelo diretor, Jarbas Bittencourt e Ronei Jorge possui 37 composições originais.

Cena do musical 'Amor Barato – O Romeu e Julieta dos Esgotos'
Crédito: João Caldas/Divulgação'Amor Barato – O Romeu e Julieta dos Esgotos' leva 11 atores e músicos ao palco do Sesc Copacabana
Cena do musical 'Amor Barato – O Romeu e Julieta dos Esgotos'
Crédito: João Caldas/DivulgaçãoHistória de um amor impossível é contada em cena, mesclando referências reais, fábulas e romances clássicos
Cena do musical 'Amor Barato – O Romeu e Julieta dos Esgotos'
Crédito: João Caldas/DivulgaçãoEspetáculo fica em cartaz até 26 de agosto e pode ser visto às sextas, aos sábados e domingos

Na trama, Dona é uma jovem com sérios conflitos com seu pai, Dr. Barata, um empresário da comunicação. Ela se apaixona por Dom, um jovem playboy inconsequente, fruto do casamento fracassado de Madame e o corrupto Senador. Frutos de famílias diferentes e inimigas, Dona e Dom vivem, sob o olhar irônico da narradora, uma intensa paixão, apesar de toda adversidade presente nos subterrâneos do poder.

Uma pitada generosa de humor, ironia e referências reais dos noticiários transformam a história de amor entre um rato e uma barata nos esgotos de uma metrópole num musical adulto e absolutamente atual.

O resultado é um lugar híbrido entre espetáculo musical, show e jam, que o público pode conferir às sextas e sábados, às 20h30, e domingos, às 19h. Partiu?