Espaço Desmanche realiza festa Existe Amor em SP no feriado

10 rolês incríveis para curtir o maior feriado do ano em SP

É a chance conhecer a Pinacoteca do Estado de São Paulo!
Até
20
de novembro 2018
Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Diversos horários - veja tudo abaixo!

Cidade

Tem shows de Vanessa da Mata, da MC Flora Matos, apresentação do DJ KL Jay, festas e muito mais!

O mês de novembro chegou e com ele um dos feriados mais aguardados: a emenda entre a Proclamação da República e o Dia da Consciência Negra, entre os dias 15 e 20.

Não vai sair da cidade durante o maior feriado do ano? Sem crise! A fim de facilitar seu rolê, selecionamos 10 opções culturais para aproveitar ao máximo o feriado em São Paulo – e o melhor de tudo é que tem muita coisa baratinha e gratuita. Prepare sua agenda e vamos lá!

  • Confira os rolês da vez e bom feriado!
  • 1. Espetáculo sobre racismo no Sesc Pompeia

    Crédito: Lígia Jardim - DivulgaçãoLegenda: Espetáculo "Três Pretos: Valor de uso", fala sobre rasicmo

    Espetáculo “Três Pretos: Valor de uso”, da Sociedade Abolicionista de Teatro
    De 15 de novembro a 1º de dezembro, as quintas, sextas e sábados, às 21h., aos domingos e feriados, às 18h, e apresentação extra no dia 20 de janeiro, terça-feira, às 18h
    Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93 – Pompeia
    Duração: 60 min
    Classificação: 18 anos
    Ingressos:R$ 25 (inteira), R$ 12,50 (meia-entrada) e R$ 7,50 (credencial plena)

    Com direção de José Fernando Peixoto de Azevedo e atuação de Raphael Garcia, Ailton Barros e Lilian Regina, o novo espetáculo da Sociedade Abolicionista de Teatro debate o racismo. Em “Três Pretos: Valor de uso”, o espectador vê um território conflagrado por lutas milicianas, desertores cavam em busca de um “mar de águas pretas”, fonte de uma riqueza sem fim que traria a todos a “libertação final. A escavação converte-se em espera, e a espera se revela um tempo atravessado por demandas de reparação e salvação, demandas para as quais as tentativas de realização resultam em continuidade e aprofundamento da guerra e suas carnificinas.

    A peça integra o projeto de mesmo nome que, desde setembro, trouxe para o Sesc Pompeia debates sobre obras produzidas por autoras e autores negros por meio da atividade Pensamento Negro Brasileiro. Além desses encontros, o projeto também englobou uma residência artística imersiva, paralela ao processo de produção do espetáculo.

    A Sociedade Abolicionista de Teatro é uma plataforma coordenada por José Fernando e seu programa de trabalho consiste em viabilizar associações entre artistas, principalmente artistas pretos, que possam, juntos, realizar projetos a partir do encontro de perspectivas e práticas poético-políticas.

  • 2. Museus no feriadão

    Legenda: Museu da Imigração - instituição cultural voltada à compreensão e reflexão do processo migratório paulista e que busca relembrar as condições de chegada e a adaptação dessas pessoas que ajudaram a construir São Paulo e o Brasil, através de atrações interativas. O museu ainda disponibiliza consulta a documentos de registros de entrada dos imigrantes que por ali passaram.

    Feriadão nos museus
    15 a 20 de novembro
    Grátis

    A programação em alguns museus da cidade inclui oficinas, shows, debates e jogos!

    Museu da Casa Brasileira -Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano
    De 15 a 20 de novembro, das 10h às 18h: exposições “32º Prêmio Design MCB”, “A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado”, “Remanescentes da Mata Atlântica & Acervo MCB” e painéis “Nossa Casa” e “Pioneiros do Design – Percival Lafer”
    17 de novembro, às 10h: “Oficina de Desenho”, com Jejo Cornelsen
    18 de novembro, às 11h: “Música no MCB” homenageia o Dia da Consciência Negra com o show “O Balanço do Samba”, do grupo Magno Bissoli Quarteto, com canções de sambistas brasileiros, como Paulinho da Viola, Cartola e Djavan

    Museu Afro BrasilAvenida Pedro Álvares Cabral, Portão 10, s/n – Parque Ibirapuera
    17 de novembro, às 15h: “Oficina de Boneca Abayomi”, em que serão propostas, durante a confecção das bonecas, reflexões sobre a identidade afro-brasileira, racismo, preconceito e herança cultural
    20 de novembro, às 13h: “Encontro com o Artista”, com o quadrinista Marcelo D’Salete
    20 de novembro, às 14h30: apresentações do Bloco do Beco e do grupo de maracatu Baque Atitude

    Museu do FutebolPraça Charles Miler, s/n – Pacaembu
    17 de novembro, das 10h às 13h: “Fórum de debate: Futebol e discriminação racial”, com o historiador Marcel Tonini, que traça uma breve história das tensões envolvendo o racismo no esporte, e o pesquisador Marcelo Carvalho, que apresenta dados do “Observatório da Discriminação Racial no Futebol”
    17 de novembro, às 13h: roda de capoeira com Projete Liberdade
    20 de novembro, às 12h: o museu comemora a data com o show “A Voz dos Tambores”, do Grupo Afro Bumbo, que traz arranjos musicais dos ritmos ijexá, maculelê, côco, côco de roda, samba de reggae, samba de roda e escola de samba. O show cria uma dramaturgia musical que apresenta a libertação dos escravos, a transformação dos povos e a valorização dos ritmos afro brasileiros
    20 de novembro, às 11h: o público é convidado para um jogo da memória sobre personalidades negras do cenário esportivo, cultural e social
    20 de novembro, às 14h: atividade “Qual é a História?” propõe que os visitantes usem a imaginação para criar novas histórias utilizando cartas com trechos de contos africanos

    PinacotecaPraça da Luz, 2 – Luz
    18 de novembro:
    ação “Arte e Poesia: Gritaram-me Negra”, que leva o público a uma visita à obra “Me gritaran negra”, da artista afro-peruana Victoria Eugenia Santa Cruz Gamarra, que integra a mostra “Mulheres radicais: arte latino-americana 1960-1985”, em cartaz na Pinacoteca até o dia 19; seguida de uma escuta ativa da poesia “A menina que nasceu sem cor”, da poeta paulistana Midria da Silva Pereira. Ao final, os visitantes são convidados para uma roda de conversa sobre questões acerca da posição da mulher negra na sociedade atual.

    Museu Catavento – Avenida Mercúrio, Parque Dom Pedro II, s/n – Brás
    20 de novembro: monitoria especial “Herança Linguística Africana no Brasil”, sobre as heranças linguísticas que os africanos trouxeram durante o período da escravidão e que se perpetuaram em nosso linguajar. A atividade é recomendada para crianças a partir de 10 anos.

    Museu da Imigração – Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca
    Em todos os sábados e domingos de novembro, às 11h: visita temática “Crianças que migram”, em que o público é convidado a conversar sobre infância e processos migratórios
    17 de novembro, às 15h: “Oficina Ponto a Ponto” ensina o bordado ponto bullion e suas variações
    18 de novembro, às 15h: “Mutirão na Horta”, em que os visitantes ajudam no cuidado e manutenção da horta do museu, além de colherem ervas e hortaliças. Para as duas atividades (dias 17 e 18) as inscrições são gratuitas e devem ser enviadas para o e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br
    20 de novembro, às 15h: performance “Bagagem”, do artista congolês Shambuyi Wetu, retrata a chegada dos imigrantes africanos ao Brasil

  • 3. Consciência Negra - Presenças e Resistências

    Crédito: Marcos Hermes - DivulgaçãoLegenda: Vanessa da Mata faz show gratuito no Sesc Parque Dom Pedro II no dia 17 de novembro

    Mês da Consciência Negra no Sesc Parque Dom Pedro II e no Sesc Carmo
    De 15 a 25 de novembro
    Sesc Parque Dom Pedro II -Praça São Vito s/n – Centro
    Sesc Carmo – Rua do Carmo, 147 – Sé
    Grátis

    O projeto Consciência Negra – Presenças e Resistências acontece em duas unidades do Sesc São Paulo entre os dias 15 e 25 de novembro, com uma programação gratuita de shows, danças, bate-papos e oficinas.

    No Sesc Parque Dom Pedro II alguns dos destaques são o show “Caixinha de Música”, da Vanessa da Mata (17 de novembro, às 18h), as apresentações dos DJs KL Jay e Claudio Costa (17 de novembro, às 16h) e a oficina Cantos e Batuques do Congado Mineiro com Mestre Malaquias (25 de novembro, às 10h30).

    Já o Sesc Carmo discute a representatividade negra nos games com uma Vivência do Jogo A Nova Califórnia no dia 21 de novembro, às 14h. O game é uma inédita adaptação da descontraída, popular e histórica da obra do escritor brasileiro Lima Barreto, autor autodeclarado negro, em um game forjado ao estilo ação/aventura e guiado pela história. No dia seguinte, a unidade traz um bate papo sobre o tema às 14h.

    Acompanhe a programação completa no site do Sesc.

  • 4. Festival de filmes: 13 melhores publicidades que mudaram o mundo

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: I <3 NY

    Para comemorar o Dia Mundial da Criatividade, no dia 17 de novembro, serão mostradas as 13 melhores publicidades da história que melhoraram o mundo.

    Uma delas, por exemplo, é o símbolo do coração ajudou a mobilizar a popular a salvar a cidade de Nova York, na época na maior crise financeira de sua história – I Love NY.

    O festival faz parte do projeto Mestres da Criatividade, do Catraca Livre, em parceria com a Cause – uma consultoria que apoia marcas a trabalhar com causas sociais. As publicidades serão comentadas por publicitários, explicando sua importância e processo criativo.

    Com apoio das universidades São Judas e Una, do grupo Ânima, o evento acontece na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, no dia 17 de novembro, das 18h às 19h. A entrada é gratuita.

    Quem não puder comparecer, pode acompanhar a transmissão ao vivo nas nossas redes. Fique de olho na página do Facebook da Catraca Livre.

    Curtiu? Então clique aqui e saiba todos os detalhes!

  • 5. 20 anos da Filarmônica Afro Brasileira de São Paulo (Filafro)

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: Filafro convida Rolando Luna para apresentações durante o feriado

    Comemoração de 20 anos da Filarmônica Afro Brasileira de São Paulo (Filafro)
    16 de novembro, às 21h, no Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer (ingressos a R$ 30) – Avenida Pedro Álvares Cabral – Parque Ibirapuera
    18 de novembro, às 16h no Sesc Parque Dom Pedro II (grátis)Praça São Vito, s/n – Brás

    Como parte das comemorações dos 20 anos da Filarmônica Afro Brasileira de São Paulo (Filafro), e para celebrar o Dia da Consciência Negra, a Filafro Pop Orquestra, formação composta por cordas, sopros e percussão, faz duas apresentações em São Paulo. O repertório mistura compositores brasileiros e cubanos, como Chiquinha Gonzaga, Ernesto Lecuona, Rafael Hernández e Ignácio Cervantes, além de composições do maestro Josoé.No dia 16, o convidado especial é Rolando Luna, que já realizou concertos no Albert Hall (Londres), Concertgebouw (Amsterdã) e no Tokyo Jazz Festival e colabora frequentemente com o Buena Vista Social Club.

    Já no dia 18, há participação especial do pianista e violoncelista cubano Yaniel Matos.

    FILAFRO

    FILAFRO – Espetáculo Pra Não Ficar Parado

  • 6. LAMÍNIMA em programação especial no Itaú Cultural

    Crédito: Carlos Gueller - DivulgaçãoLegenda: Companhia La Mínima apresenta programação especial e gratuita no Itaú Cultural

    La Mínima no Itaú Cultural
    13 a 20 de novembro
    Itaú Cultural – Avenida Paulista, 149 – Bela Vista
    Grátis

    A Companhia La Mínima, fundada por Fernando Sampaio e Domingos Montagner (1962-2016), apresenta uma programação super especial no Itaú Cultural. O destaque fica para o novo espetáculo do grupo, “Ordinários”, com roteiro de Newton Moreno e Alvaro Assad. Na história, um pelotão de soldados se questiona quem está adequado à guerra, abordando com humor o embate e a tensão da disputa de poder. A peça tem sessões nos dias 14, 16, 17 e 19 de novembro, às 20h, e nos dias 15,18 e 20 de novembro, às 19h.

    Para quem quiser conhecer a história da companhia mais a fundo, no dia 13, às 16h, Fernando Sampaio participa de um bate-papo aberto ao público sobre os processos de criação do grupo e sobre a preparação feita antes de entrar no palco. A conversa será mediada pelo jornalista e crítico teatral Valmir Santos, do Teatrojornal – Leituras de Cena.

  • 7. Feira Preta

    Crédito: Fernando Cavalcante | Coeltivo IMA | Leo MartinsLegenda: Só showzão na programação da Feira Preta

    Feira Preta
    18 a 20 de novembro, a partir das 12h
    Praça das Artes – Praça Ramos de Azevedo – República
    Grátis

    Na Praça das Artes acontecem shows de Elza Soares e Luedji Luna, Rincon Sapiência, Bia Ferreira e Preta Rara, Flávio Renegado e Simoninha, Slam das Minas – SP e The R.A.P Party (Rhythm and Poetry, do Reino Unido), o Baile Black Bom diretamente do Rio de Janeiro, Jah!Spora (SP) e a festa Batekoo.

    Já o Teatro Municipal de São Paulo recebe os espetáculos “Pequeno Príncipe Preto” e “Contos Negreiros do Brasil”. Além das obras, rolam diálogos criativos sobre temas urgentes. As inglesas Reni Eddo-Lodge, autora de “Por que não falo mais com brancos sobre raça”, e Jude Kelly, fundadora do Festival Women of the World (WOW), assim como a senegalesa Mariéme Jamme, fundadora da Accur8Africa, estão entre as confirmadas.

    Confira a programação completa no evento do Facebook.

  • 8. Saída do Afoxé Amigos de Katendê do Sesc 24 de Maio

    Saída do Tradicional Afoxé Amigos de Katendê
    18 de novembro, das 10h às 18h
    Sesc 24 de Maio – Rua 24 de Maio, 109 – República
    Grátis

    No dia 18 de novembro, acontece a tradicional saída do Afoxé Amigos de Katendê, do Sesc 24 de Maio até a Praça da Republica.

    Angoleiro Sim Sinhô

    Afoxé Sesc Pinheiros

  • 9. Pré Feriado: Flora Matos No Mundo Pensante

    Crédito: DivulgaçãoLegenda: UMA ARTISTA DESSAS, BICHO!

    Pré Feriado: Flora Matos No Mundo Pensante
    14 de novembro, às 23h
    Mundo Pensante – Rua Treze de Maio, 830 – Bixiga
    Ingressos: R$ 35, podem ser comprados pela internet

    Para começar o feriadão em grande estilo, o Mundo Pensante recebe um show da Flora Matos, considerada uma das melhores MCs do Brasil e deixando muito homem no chinelo! Vai perder? Mas corre, porque os ingressos estão acabando.

    Flora Matos – Quando você vem (videoclipe oficial)

    Ouça em todas as plataformas digitais: https://ONErpm.lnk.to/FloraMatos Me siga no Instagram! https://www.instagram.com/floramatos/ ProduçãoMusical: Flora Matos Download exclusivo no site da ONErpm: http://bit.ly/2ktS2xH Instagram: https://www.instagram.com/floramatos/ Facebook: https://www.facebook.com/FloraMatosOficial/?fref=ts Twitter: https://twitter.com/floramatos SoundCloud: https://soundcloud.com/floramatos/quando-voce-vem-de-percussao Letra QUANDO VOCÊ VEM EU FICO ACHANDO TUDO TÃO BONITO AQUI ENFEITA MINHA REALIDADE AQUI E EU FICO ACHANDO TUDO TÃO BONITO EIM?

     

  • 10. Tieta - Música Brasileira na Cobertura

    Crédito: Lou Alves @mrlouz Legenda: O Tokyo 011 é um prédio modernista e tombado de nove andares que conta com rooftop, bar, karaokê, restaurante, exposições, cinema, teatro, design, tattoo, experimentações, instalações e pista de dança

    Tieta – Música Brasileira na Cobertura!
    18 de novembro, das 16h às 23h
    Grátis

    Domingo à tarde também é dia de festejar. Por isso, no dia 18, a partir das 16h, a Tokyo 011 recebe um evento recheado de brasilidades. Tem Caetano Veloso, Novos Baianos, Gilberto Gil, Alceu Valença, Os Mutantes, Chico Buarque, Cazuza, Daniela Mercury, Criolo, Ney Matogrosso, Maria Bethânia e muito mais! Só vem!


20 shows incríveis (e baratinhos) para curtir nos Sescs de SP

Compartilhe:

Autor: Por: Redação