Obras realistas ocupam o CCBB Rio em exposição gratuita

Além das esculturas, o acervo também tem pinturas, vídeos e instalações interativas

Por: Redação Comunicar erro
Até
29
de julho 2019
Segunda - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Das 9h às 21h

Sabe aquela escultura que parece gente de verdade? E a pintura tão detalhista que a gente jura ser foto? Tem isso e muito mais na exposição “50 Anos de Realismo – Do Fotorrealismo à Realidade virtual”, em cartaz no CCBB Rio até 29 julho, com entrada gratuita!

No térreo e no segundo andar, estão 92 obras realistas de técnicas diversas: esculturas que representam fielmente a figura humana, pinturas baseadas em cenas fotografadas, além de vídeos e instalações interativas com experiências voltadas à realidade virtual.

Exposição 50 Anos de Realismo – Do Fotorrealismo à Realidade Virtual': 'Mother and Child', 2016 (John DeAndrea); 'Daquilo que conduz ao Anímico', 2015 (Fábio Magalhães); 'Sozinho', 2014 (Giovani Caramello)
Crédito: DivulgaçãoÉ de verdade? Mostra ’50 Anos de Realismo – Do Fotorrealismo à Realidade Virtual’ traz 92 obras de 30 artistas

Feitos entre 1970 e 2018, os trabalhos são assinados por 30 artistas de várias gerações e diferentes lugares do mundo, dentre eles cinco brasileiros e 25 estrangeiros. A proposta da curadora brasileira Tereza de Arruda, radicada em Berlim, é apresentar um panorama internacional da representação da realidade na arte contemporânea nos últimos 50 anos: do surgimento do fotorrealismo ao hiper-realismo, até a realidade virtual.

As obras estão divididas em quatro segmentos: histórico, contemporâneo, tridimensionalidade e novas mídias. Logo no centro da rotunda, uma escultura de um homem, maior do que o tamanho real, impressiona:

Exposição ‘50 anos de Realismo – Do fotorrealismo à realidade virtual’ - Escultura do artista brasileiro Giovani Caramello
Crédito: Ccbb.rj/FacebookEscultura ‘Nikutai (corpo de carne)’, do brasileiro Giovani Caramello

Programão, hein! O Rio é a terceira e última itinerância da exposição, que recebeu mais de 240 mil visitantes nos CCBB’s de São Paulo e Brasília. Aqui, ela pode ser vista de quarta a segunda, das 9h às 21h. Partiu?!